8

Entrevista com a escritora Janethe Fontes

em quinta-feira, 19 de abril de 2012

Olá, pessoal!

A escritora Janethe Fontes, autora do livro Sentimento Fatal, concedeu uma entrevista e fala um pouco sobre seu novo trabalho. Confiram:

O que lhe inspirou a escrever Sentimento Fatal?
Não sei lhe dizer exatamente o que me inspirou. O fato é que quase todos os dias somos bombardeados por notícias que envolvem violência contra a mulher, pedofilia e abuso sexual. E não há como não se impressionar com isso... Como não se sensibilizar com esses casos. O pior é que parece que o índice de violência e abuso está crescendo a cada dia, mas não há como afirmar isso com cem por cento de certeza. Afinal, a história nos mostra que esses tipos de violência (abuso sexual de crianças e violência contra a mulher) sempre existiu... Muita gente sofreu calada horrores entre quatro paredes, e apenas agora está tendo coragem de denunciar seus agressores... Estima-se, porém, que o índice de crianças abusadas sexualmente e mulheres agredidas seja ainda maior. Segundo pesquisas, apenas 10% dos casos são registrados na polícia.


Como você vê a relação amor e agressão que é aceita por muitas mulheres que dizem estar apaixonadas?

A paixão é um sentimento muito complicado... irracional, na verdade. Mas quanto à “aceitação” da agressão por muitas mulheres, acho que é muito mais fácil criticar a conduta do que encontrar as respostas. Por isso, é preciso ter muita cautela ao falar desse tipo de assunto. Quem nunca ouviu falar “que um tapinha não dói”?
Pois é, a sociedade é muito controversa, cobra um tipo de conduta, mas prega outra... 

Quais os tipos de incentivos que se podem dar as mulheres que perderam a alegria dentro de relacionamentos destruídos pelas agressões?

Nossa, que pergunta complicada! Não sei se vou conseguir responder a contento... Pelas minhas pesquisas e leituras sobre o assunto, geralmente, uma mulher que viveu esse tipo de relacionamento leva anos para recuperar sua autoestima. Elas sentem vergonha ao falar do assunto. A culpa pela inação, em alguns casos, perdura por toda a vida. Talvez, só o “apoio moral” dos amigos e familiares ajude. Mas esse apoio não pode estar acoplado à crítica, o que é muito comum nesse tipo de situação. 

Existem maneiras de identificar esse tipo de amor doentio antes que se torne agressivo? 

Acredito que sim, mas não é tão simples. Se fosse, já teria tratamento para isso há muito tempo. Há quem pense que “amar é doar-se completamente ao outro”, que o ciúme ajuda a “apimentar” a relação. Para mim, amor não é isso. Mas, quem disse que eu estou certa?

Que tipo de retorno você busca receber com o livro Sentimento Fatal?

Procuro não colocar expectativas demais sobre os meus livros. Espero apenas poder proporcionar ao leitor bons momentos de leitura... e de reflexão também.

Acredita que as leis ainda são brandas e falhas perante crimes de pedofilia, violência sexual e doméstica?

No Brasil, as leis são brandas e falhas não somente para crimes de pedofilia, violência sexual e doméstica. Aqui, a justiça é lerda e burra para tudo o que é tipo de crime!! Veja a quantidade de crimes cometidos por motivos extremamente fúteis! Diariamente, pessoas são agredidas nas ruas, sejam por serem negras, homossexuais ou nordestinas. E onde estão os criminosos? Soltos, claro!
Acredito que para combater a violência, além de leis mais severas, faz-se necessário um trabalho intenso de conscientização junto à sociedade. 

Como chegou até a Editora Dracaena?

Não lembro em qual blog literário eu vi um artigo sobre a editora. Então, procurei maiores informações na net, para conhecer a linha editorial da Dracaena, e aí eu enviei minha obra. 

Projetos para 2012?

Nossa, são tantos!! (rsrs) E eu estou super entusiasmada com alguns projetos que estou iniciando... Espero apenas dar conta de tudo; afinal, não tem sido fácil administrar a carreira literária com a profissional, mas como tenho uma personalidade "ativa demais", não consigo "aquietar". Estou sempre com a cabeça a mil por hora, voando alto e em alta velocidade. Não posso falar sobre todos esses projetos agora. O bom senso me diz que devo esperar um pouco mais. Então, em breve divulgo as novidades. Aguardem!

Sinopse: Por amor se mata? O amor destrói?
E o ciúme, pode ou não ser controlado? Sentimento Fatal levará você a pensar nessas questões e rever seus conceitos... todos os seus conceitos em relação ao amor. "Dividida entre a paixão avassaladora do marido Roberto, que tem um ciúme doentio, e o grande amor de infância de Daniel, que ela torna a encontrar dez anos depois, Adriana Diniz Martinez terá de vencer o medo e reencontrar a si mesma... Lutar pela própria integridade e também pela filha Letícia, pela qual é capaz de tudo, sobretudo suportar a violência do marido, sobretudo suportar a própria infelicidade."


 

8 comentários:

  1. Admiro demais o trabalhos dos autores nacionais :-) Adorei a entrevista !

    ResponderExcluir
  2. Adorei Carla!

    A Janethe falou tudo sobre amor doentio, tbm acho isso, hoje em dias as pessoas acham que amar é matar um ao outro, não há mais tanta verdade e amor de verdade nos relacionamentos e sim possessividade, um virando prorpiedade do outro.
    Eu tenho Vitímas do Silêncio, mas ainda não li, mas com certeza está entre as prioridades, além de ser uma escritora nossa que temos de valorizar cada vez mais.


    Faby - Adoro Romances de Aracaju

    ResponderExcluir
  3. Amei a entrevista Carla!!!
    Eu super gostei do tema abordado pela autora nesse livro. Eu ainda não conhecia o trabalho da autora e com certeza ele entra pra minha lista de leituras. O melhor dessa entrevista é o quanto percebemos como a autora demonstra sensibilidade ao falar sobre o tema abordado no livro.
    Sem contar que eu simplesmente e ao contário de algumas pessoas amo, simplesmente amo autores nacionais, e acho que devemos cada vez mais priorizar a nossa literatura...

    Beijos Carla...
    livrosobrelivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Estou com Vitimas do Silêncio para ler. Este também parece ótimo e ela é super gentil né.
    Bjos

    Fiz minha primeira promoção no bloguinho, sinta-se convidada.

    http://enquantoescrevoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Luka!

    Eu estou gostando das editoras que estão abrindo mais espaço para os autores brasileiros, pena que arevisçao ainda está a desejar, mas isso é em qualquer livro o.O

    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi Faby!

    Eu também tenho Vitimas do Silêncio e ainda não li o.O *que vergonha*

    A falta de tempo fala mais alto kkkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Oi Ronaldo!

    Eu tenho um livro da autora, mas ainda não li. Várias pessoas que conheço que já tiveram a oportunidade de ler todos os trabalhos, dizem que o livro é tocante e profundo, e a autora escreve muito bem.

    Está correto, nós precisamos valorizar cada vez mais os talentos da casa \o/

    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Oi Fer!

    Muito obrigado pelo convite \o/

    Aiaiai, eu preciso ler esse livro também kkk

    Bjs!

    ResponderExcluir

 
Google+