16

Resenha: Private

em segunda-feira, 9 de julho de 2012
Private – Agência Internacional de Investigação
James Patterson e Maxine Paetro
Editora Arqueiro
207 páginas

Só há um lugar seguro para os segredos dos poderosos.
Anos após seu pai ter abandonado o negócio, Jack Morgan assumiu a Private. Sob sua direção, a empresa de Los Angeles se expandiu, abrindo filiais em Nova York, Londres e Paris. É a ele que os homens e as mulheres mais influentes do mundo recorrem quando precisam de total eficiência e máxima discrição. A agência é o único recurso quando a polícia não pode fazer mais nada. Além de Jack, a agência reúne um seleto time de investigadores: a psiquiatra Justine Smith, o impulsivo ex-fuzileiro naval Rick Del Rio, o charmoso Emilio Cruz e os gênios do laboratório Dr. Sci e Mo-bot.
Os criminosos estão à solta. A equipe – Justine em especial – está completamente dedicada a pegar um criminoso que há dois anos vem matando colegiais a intervalos regulares Surgem também, dois outros casos, bem mais pessoais. Fred, tio de Jack, procura-o pedindo ajuda com um escândalo financeiro que pode destruir a liga profissional de futebol americano. E a esposa do melhor amigo de Jack, Andy Cushman, é encontrada morta. Juntos, esses três casos quase levarão Jack ao limite de sua energia.
Com a Private, nenhum caso fica sem solução. Os três mistérios parecem insolúveis, mas Jack conta com os melhores investigadores e com o que há de mais avançado em tecnologia – recursos que, muitas vezes, não estão à disposição da polícia. Além disso, a agência não responde a instituições oficiais, portanto, nem sempre precisa jogar de acordo com as regras.


Logo que o leitor inicia a leitura, percebe que não encontrará um livro carregado com cenas sangrentas (típicas da série Alex Cross). Quem já leu algum livro da série “O Clube das Mulheres contra o crime” se sentirá familiarizado com o ritmo da narrativa assim como o enredo, onde são investigados vários casos ao mesmo tempo e a atenção é dividida entre várias linhas. Os personagens principais são carismáticos, apresentam problemas, defeitos, medos, mas senti que eles não foram totalmente explorados, alguns deles quase não apareceram na história (acredito que isso se deve ao fato de ser o primeiro livro dessa série). 

O fato interessante (que desconhecia até pesquisar) é que como a agência Private tem filiais espalhadas pelo mundo, os outros livros se baseiam no grupo que representa a agência em outro país. Então não ficaremos “presos” apenas a essa agência e teremos a oportunidade de conhecer mais sobre as outras investigações.

Entre os três casos apresentados, nenhum deles apresentou um mistério tão grande. Apenas um deles que fiquei em expectativa para saber como seria o desfecho, mesmo sabendo quem era o assassino. Uma característica que admiro em Patterson em seus livros investigativos, é que ele coloca alguns capítulos com o ponto de vista do assassino/bandido, de certa forma, revelando quem está por trás de toda a violência, levando o leitor a ficar apreensivo para saber como será a conclusão da obra.

O livro é viciante, com um grupo de investigadores que tem muito a evoluir durante as próximas histórias. James Patterson desenvolve um enredo de suspense com uma pitada de humor, sua narrativa é ágil e fluída não deixando a história cansativa. Como os capítulos são curtinhos, quando percebe já acabou o livro. O próximo livro é com a equipe Private de Londres, e já estou curiosa para conhecer esse grupo.

Boa leitura!

16 comentários:

  1. Nossa você me pegou... pensei que ia ser desanimador, mas você acabou reavivando a curiosidade. =)
    Também curto quando tem o ponto de vista do vilão... mesmo que seja de arrepiar é bom termos ideia do maluco que apronta. hahaha
    Interessante ele não usar uma única equipe, esse ponto é novo para mim!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Acabei de descobrir seu blog através de um link no Nanie's World e como é sobre um livro de James Patterson eu vim rapidinho ler o q vc achou.
    Conheço o Patterson pelo Clube das Mulheres Contra o Crime e gosto demais! Esse até comprei, só por ser dele, mas ainda não li.
    Que bacana que gostou e já quer o próximo! Patterson tem uma narrativa super ágil e gostosa de ler. Quero mto começar a ler Private.
    Bjs e parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  3. Acho que eu só venho aqui nos dias que você posta resenha desse autor, já reparou?
    Não vou repetir meu blablabla, kkkk


    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Carla!
    Quero muito ler esse livro. Ainda não li nada do James Patterson mas só vejo elogios.

    Beijos,Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  5. Olha que legal.... Uma leitura mais leve de Patterson! Curti! Pelo visto a qualidade e mistério desses livros policiais de Patterson permancem... O que diminui são a cenas mais macabras, típica da série Alex Cross! Esse ainda não li, mas me interessei!

    ResponderExcluir
  6. Adoro este autor, os livros dele você pega e só larga quando termina.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Oi Dani!

    Eu achei bastante interessante ter outras equipes, o leque que ele pode abrir de opções é impressionante \o/

    Estou curiosa para conhecer os outros livros da série kkk
    Bjs!

    ResponderExcluir
  8. Oi Rose!

    Seja bem vinda! Muito obrigado pelo carinho!

    Se você gostou da série Clube das Mulheres Contra o Crime, então vai gostar desse também \o/

    Depois que ler, fale para mim a sua opinião \o/

    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Oi Gabi!

    Eu não estou combinando nada com você kkkkkk

    Vou avisar quando for resenha dele kkkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Oi Sora!

    O bom que desse autor dá para escolher o enredo, pois ele escreve vários enredos \o/\o/

    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. OI Gabi!

    Eu achei bem leve esse livro (comparado ao do Alex Cross) kkkk

    Curiosa para os próximos livros \o/

    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Oi Rose!

    Verdade! Eu não consegui de parar esse livro \o/\o/

    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Oi Carlinha!
    Eu só li do Patterson, O Diário de Suzana para Nicolas e adorei!


    Quero muito ler os livros com as tramas policias / investigativas!
    Tô achando que vou gostar muito!


    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Hummm interessante, será que leio ???? Gosto de bons policiais, e pela resenha, esse é um dos que fazem o meu estilo. Vou ver se assalto um aposentado na saida do banco pra conseguir uns $$$$$ kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  15. Oi Livia!

    O livro "O Diário de Suzana para Nicolas! é bem drama kkk

    Os dos Patterson dá para escolher, se você quer com mais sangue ou com menos ahaha
    Tem para todos os gostos kkk
    Bjs!

    ResponderExcluir
  16. Oi Pá!

    Só não vale assaltar o cofrinho de Santo Antonio e tirar o pão dos pobres ahahahah

    Bjs!

    ResponderExcluir

 
Google+