11

[Resenha] Annástria e os Sete Escolhidos

em sexta-feira, 1 de março de 2013


Annástria e os Sete Escolhidos
Selène D’Aquitaine
Ícone Editora
452 páginas 

Stellnaja é uma jovem francesa que estuda em um estimado internato exclusivo para garotas. Sua vida era confortavelmente normal até a jovem começar a ter sonhos estranhos.

Certa noite a garota descobre que sua vida está prestes a mudar drasticamente ao perceber o surgimento do desenho de uma cobra impregnada em seu pulso. A diretora do internato e tutora de Stellnaja, Anita Collin, revela à sua protegida a verdade sobre o destino que aguardava a jovem menina. 

O poder de se transformar em cobra é considerado por muitos algum tipo de maldição. Stellnaja aceita sua missão. Ela precisa reunir sete annastrianos que viveram em diferentes épocas e os manter seguros. Cada um deles foi escolhido pela deusa de Annástria, Florença. Darin e Ímpar continuam a missão em busca de reunir as penas das asas de Darin, porém a todo momento inimigos tentam fazer com que os jovens fracassem. 

Satine e seus aliados estão cada vez mais fortes, ela finalmente consegue dominar boa parte da dimensão dos humanos e ameaça perigosamente a missão de Darin e Ímpar. William ainda alimenta esperanças de fazer com que Ímpar se alie a ele.

A aventura torna-se cada vez mais tensa. Mistérios sobre o passado de William e Aradios começam a ser revelados. Stellnaja, uma jovem de mente crítica pouco feliz com a vida no internato junto a sua amiga Gina, descobre poder se transformar em cobra. Ela precisa reunir sete annastrianos e os manter a salvo até o momento certo. Darin e Ímpar enfrentam perigos cada vez mais tensos que podem por a perder tudo o que já conseguiram.

Annástria e os Sete escolhidos é o segundo volume da Trilogia Annástria escrito por Selène D’Aquitaine. A autora conseguiu me surpreender ainda mais neste volume, onde fiquei ansiosa a cada página, tentando imaginar o que aconteceria no enredo.

O livro é composto por quatro partes, cada uma sendo narrada pelo ponto de vista de um personagem. Entre todas, a que mais gostei foi a que a narração é por conta da personagem Ímpar. No primeiro volume, visualizamos um pouco da imaturidade de Ímpar, e neste segundo livro, ela enfrenta as consequências de seus atos. A personagem passa por diversas provas onde me senti aflita, desejando que ela conquistasse uma parcela de felicidade.

Não posso dizer que esse volume é aconselhável para o público jovem, já que a autora aborda temas e situações tensas e pertubadoras, se comparado com o primeiro volume. Os temas abordados não são leves, e por mais que a capa indique que é um livro para o publico jovem, albuns fatos narrados são perturbadores e pode impressionar os leitores que não estão acostumados com estes temas.

No decorrer da história, acompanhamos as dúvidas e os medos de cada personagem, assim como suas dificuldades para enfrentar todas as provas impostas pelos deuses. Eles amadureceram e estão conscientes de suas responsabilidades.

Mais uma vez, a história me surpreendeu e desejo o terceiro volume para ontem! Estou curiosa para saber o que a autora reserva para todos os personagens, principamente para Ímpar, um personagem que passei à admirar neste segundo volume.

Boa leitura!



11 comentários:

  1. Parece ser uma ótima história de aventura, mas, no momento, estou passando bem longe de séries. ;)
    As aventuras desses personagens dariam um bom filme, o que vc acha?
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jenniffer!
      Estou tentando ficar longe das séries, mas está complicado, rs. Sempre começo uma ;)
      Bjs!

      Excluir
  2. Oi Carla!
    O livro parece ser legal, mas ainda não li o primeiro volume! Pela capa pensei que fosse infantil, ainda bem que você comentou sobre isso.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sora!
      Confesso que imaginei que o livro seria infantil, mas não tem nada disso \o/
      Adorei a história!
      Bjs!

      Excluir
  3. A capa engana heim Carla.
    Pensei que fosse um livro bem infantil...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gladys!
      Os temas abordados são tensos, não indico para o público mais jovem. Alguns não gostaram, por isso comentei do tema ;0
      bjs!

      Excluir
  4. Pois é, já vi outros livros que enganam pela capa...
    Mas parece muito bom o livro, apesar de que eu não sei se algum dia vou chegar a ler a séris.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ketelin!
      Já fui "enganada" por algumas capas o.O
      É complicado ....
      bjs!

      Excluir
  5. Oi Carla,adorei a capa,muito criativa.
    Stellnaja com certeza vai passar por várias mudanças,ela vai ter poder e responsabilidades,interessante acompanhar a história sendo narrada pelo ponto de vista de um personagem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Van!
      Confesso que estranhei alguns nomes durante a narrativa, rs.
      Bjs!

      Excluir

 
Google+