16

[Resenha] Trocada

em quarta-feira, 24 de abril de 2013


Trocada
Trilogia Trylle – volume 1
Amanda Hocking
Editora Rocco – Jovens Leitores
Wendy Everly tinha apenas seis anos quando passou pela pior experiência da vida. Na festa de aniversário, a mãe de Wendy, Kim, convencida que a filha era um monstro e que matou o próprio irmão, tenta assassinar a própria filha.
“- Ela matou o seu irmão, Matthew! – insistia, encarando-o com seus olhos desvairados. – Ela é um monstro! Alguém precisa detê-la!”
Após onze anos do fato ocorrido, Wendy tenta se adaptar na nova escola. Depois de várias expulsões por comportamento inadequado, Wendy não quer mais fazer com que o irmão desista dos seus sonhos apenas para acompanha-la nas novas escolas. Ela não consegue encontrar seu lugar no mundo, gosta de poucos tipos de comidas e não tem nenhum amigo.

Nesse novo colégio, Wendy conhece o charmoso e enigmático Finn, um rapaz que sempre está a observá-la. Cada encontro a deixa profundamente abalada, mesmo que não queira admitir a forte atração que sente pelo rapaz. Mas Finn decide logo revelar toda a verdade: Wendy foi trocada no nascimento. Ela é uma changeling, uma criança que foi trocada secretamente por outra.

Wendy está prestes a embarcar em um mundo mágico e desconhecido, ansiando encontrar sua verdadeira família e assim se sentir pertencente algum lugar. Mas isso exige que ela abandone a antiga vida, e se transforme que em algo que sempre esteve destinada a se tornar...

Trocada escrito por Amanda Hocking é o primeiro volume da trilogia Trylle, que conta a história de Wendy, uma chageling que descobre repentinamente sobre seu passado. Mais uma vez a autora me surpreende com suas histórias e estou cada vez mais cativada com a sua narrativa.

Noto como característica da autora um enredo enxuto, sem muitas enrolações, que mesclam doses de humor, romance, drama e suspense nas medidas certas. O ritmo da história é alucinante e você não consegue largar o livro até chegar a última página. Por ser uma trilogia, esse primeiro volume introduz todo o mistério da trama, sem revelar nada para o leitor, o que pode ser um pouco irritante. Alguns pontos até são previsíveis, outros me deixaram ansiosa para saber como a autora irá desenrolar os fatos. 

Wendy, mesmo sendo corajosa e enfrentando as maiores dificuldades, me irritou por não perguntar muito sobre o seu passado. Ela é inserida em um mundo mágico abruptamente, e aceita normalmente, com poucos questionamentos. Fiquei confusa com a forma como aceitou com que as outras pessoas decidissem tudo por ela e desejo que a personagem amadureça no próximo volume. Não estou dizendo que a personagem é mesquinha, mimada que deixa o leitor enraivecido com cada fala, apenas que ela parece não questionar os fatos que estão acontecendo ao seu redor.

Adorei a romance da história, aquele amor proibido que nos deixa angustiada, torcendo para um final feliz. Mesmo com mais um personagem masculino introduzido na trama, demonstrando afeição por Wendy, não notei que a autora irá utilizar do nosso conhecido triângulo amoroso. Posso até estar enganada, mas não senti que a autora usará desses clichês em seu enredo.

Adorei a edição da Editora Rocco, onde a capa tem aquela aspecto aveludado, sem contar que adorei a ilustração. Gostei da tradução da Priscila Castão, onde optou por permanecer sem tradução alguns termos na história, mantendo a originalidade do texto.

Além da história, somos presenteados com um conto extra, “Os Vittra atacam”, e não vou falar muito sobre ele para não soltar nenhum spoiler da história (risos).

Com um enrede ágil, cheio de mistério e romance, Trocada é uma história que deixará qualquer leitor vidrado para saber da continuação. Agora é só torcer para que a publicação do segundo volume aconteça logo (risos).



16 comentários:

  1. Acho que a vida.. vem de historias sem fim.

    Chega mais, nas minhas:

    www.queminteressa.blogspot.com

    Graci

    ResponderExcluir
  2. Sabe, eu acho a premissa deste livro bem pesada, com o episódio da mãe querendo matar a filha e tal, mas acho que pode ser bom acompanhar o desenvolvimento da personagem...esta capa é linda!

    Van - Blog do Balaio
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Van!
      Isso é bem no comecinho, depois não aparece mais nada do gênero ;)
      Bjs!

      Excluir
  3. Resenha super instigante!
    Adorei!
    Bjks

    ResponderExcluir
  4. Realmente o livro chama a atenção pela capa de bom gosto, belas cores. A sinopse não fica pra trás, fiquei curiosa com a leitura.
    Mas, como toda série, vamos experimentar aquela coisa do primeiro livro ser forte, mas nada revelador, para deixar para depois as explicações, o clímax e o desfecho. Como vc falou que não largou a leitura até o fim, do jeito q sou ansiosa, acho q só começarei a ler qdo a série estiver completa, rsrs, assim termino um e emendo no próximo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manu!
      Eu não gosto de começar qualquer trilogia sabendo que ainda não foram publicados os outros livros o.O
      Parece que não vou aguentar a publicação do próximo livro, rs.
      Bjs!

      Excluir
  5. Eu estava curiosa. Agora quero ler , mesmo :)
    bjks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rô!
      Ah! Depois me conta o que achou da história \o/
      bjs!

      Excluir
  6. Eu gostei bastante da capa e da sinopse do livro, mas eu não sei realmente o que achar dele, porque tanto vejo resenhas positivas, quanto negativas, então ainda estou em cima do muro. hahah
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda!
      Espera a publicação do segundo volume, assim você consegue ter uma melhor visão de como será a trilogia \o/
      bjs!

      Excluir
  7. Hummm, esse livro tem causado burburinho pela blogosfera, não não faz meu gênero. A mãe querer matar a filha é bem pesado né!
    Super gripada, mas não podia deixar de comentar em um dos meus blogs favoritos, =D

    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gladys!
      Ah, sua linda!
      Muito obrigada pelo carinho!!!
      bjs!

      Excluir
  8. Eu acompanho a série Watersong, da Amanda Hocking, e gosto muito de sua escrita. Acho que eu adoraria essa trilogia, faz bem meu estilo de leitura!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ketelin!
      Eu acompanho a série Watersong também e adoro!
      Essa aqui não é diferente, rs.
      Bjs!

      Excluir

 
Google+