33

[Resenha] Uma curva na estrada

em quarta-feira, 3 de abril de 2013


Uma curva na estrada 
Nicholas Sparks
Editora Arqueiro 
303 páginas


“Onde de fato começa uma história? Na vida, são raros os inícios bem marcados, aqueles instantes dos quais um dia podemos dizer: “Foi ali que tudo começou.” Mas às vezes o destino cruza o nosso caminho e inicia uma sequência de acontecimentos que levam a um desfecho imprevisível.”

Foi com esse simples parágrafo que eu iniciei a leitura de Uma curva na estrada,de Nicholas Sparks, esperando que não tivesse surpresas desagradáveis no final da história. Mas, para a minha alegria, o autor mais uma vez me surpreendeu.

Os livros do autor tem uma capacidade rara de me levar da alegria à raiva em questão de segundos. Admiro as histórias criadas, a delicadeza dos fatos narrados, a simplicidade com que ele conta o desenrolar dos fatos, fazendo com que eu me sinta próxima dos personagens. Mas o autor ainda tem a capacidade fantástica de acabar com um ótimo enredo, criando um final absurdo.

Mas para minha surpresa, não foi o que aconteceu com esta história e ela entrou para a minha lista de livros queridinhos.

Conhecemos a vida do jovem subxerife Miles Ryan, que tenta após dois anos, superar a perda da amada esposa. Missy foi seu primeiro amor, sua companheira, esposa e mãe carinhosa, mas que teve sua vida ceifada em uma fatídica noite, onde é atropelada, próximo a casa em que morava.

Mesmo com os melhores amigos investigando o que realmente aconteceu naquela noite, Miles se tortura por não ter conseguido salvar a esposa, assim como não ter encontrado o responsável pelo crime. Após dois anos, continua a ter esperanças de que encontrará a pessoa que não prestou socorro a sua esposa, mas em meio ao sofrimento, não percebe as dificuldades que o pequeno filho, Jonah, está enfrentando.

Por pena da situação de Jonah, os antigos professores não cobraram do garoto maiores esforços no estudo, e ele mal consegue acompanhar os estudos na sala de aula. Ele não consegue ler, escrever, não conhece nenhuma das outras matérias. E a única pessoa que percebe isso, é a nova professora da cidade, Sarah Andrews.

Sarah se mudou para a cidade para refazer a vida após o divórcio. Depois de um golpe do destino, Sarah precisa se recuperar do final do casamento, e encontra forças na paixão da sua vida: lecionar para as crianças. Logo percebe que Jonah tem dificuldades em todas as matérias, e afeiçoada ao garoto, decide se encontrar com Miles para apresentar meios para ajudar Jonah nos estudos. Só não esperava se apaixonar por Miles...

Em pouco tempo, Sarah e Miles estão envolvidos em um relacionamento, e aos poucos, recuperam-se das tristezas impostas pelo caminho. Mas nenhum dos dois tem ideia de que um segredo os une e os obrigará a tomar uma decisão difícil, que pode mudar suas vidas para sempre...

Alternando capítulos entre acontecimentos entre Sarah e Miles, somos apresentados ao motorista do carro que atropelou Missy. Sem nunca revelar a identidade, conhecemos mais da personalidade dessa pessoa que não prestou socorro a jovem esposa. Em toda a história, não conseguimos ver esse personagem como um vilão, apenas uma pessoa comum que sofre com o arrependimento do que fez.

A história pode ser dividida em duas partes, sendo a primeira o relacionamento entre Miles e Sarah, e a segunda, os acontecimentos que nos levam a descobrir o que aconteceu naquela fatídica noite e como isso está refletindo nos personagens no presente.

Eu não me recordo da última vez que fiquei aflita com as histórias do Nicholas Sparks. Conforme conheci todos os detalhes da morte de Missy, assim como Miles, Jonah e Sarah estavam envolvidos no presente, estava temerosa de que o autor colocasse algo no final que me fizesse odiar a história. Quanto mais próxima do final eu chegava, imaginava: “pronto, é agora...deixa eu pegar o pacote de lencinhos”. Com o coração na mão, acompanhei todo o desfecho e para minha alegria, percebi que o Nicholas Sparks não tem um coração tão maldoso e criou um final digno para os personagens.

Dosando romance e drama na medida certo, sem ser meloso ou trágico em demasia, Uma curva na estrada mostra com simplicidade de delicadeza a importância de uma segunda chance, do perdão e principalmente, de amar. Um belo romance que faz acreditar que mesmo diante das dificuldades da vida, com amor e perdão, podemos superar qualquer infortúnio.

Uma curva na estrada é a história ideal para as pessoas que adoram romance sobre superação e segundas chances. Um enredo delicado que fará qualquer leitor se emocionar, mostrando que no fundo, o Tio Nicholas gosta dos nossos corações, e criou uma história deixando de lado sua maneira trágica de concluir os enredos.

Só posso desejar aos futuros leitores do romance: boa leitura! E não se preocupem, o final será uma surpresa agradável ;)



33 comentários:

  1. Jura que o Tio Sparks não ataca dessa vez?! kkkkk

    Esperando meu exemplar para ler, agora ansiosa por isso, kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Lena!
      Você vai até "estranhar", pois ele não colocou nada de tragédia na história, rs.
      Depois quero ler a sua resenha \o/
      bjs!

      Excluir
  2. Oi Carla, adoro o Nick, mesmo quando seus finais não são os que eu faria.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rose!
      Alguns livros dele eu simplesmente odeio kkkkk
      Em compensação, outros eu amo \o/
      bjs!

      Excluir
  3. Eu já li muitas resenhas sobre vários livros Nicholas Sparks , eu gostei dessa história .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!
      A história é muito boa \o/
      Bjs!

      Excluir
  4. Sei que os livros do Nicholas as vezes nos decepcionam, entretanto, é inegável a qualidade com que são feitos e mesmo que tratem um tema de uma maneira simples, desperta sentimentos no leitor. Uma Curva na Estrada trás as características do autor e pra quem gosta é um prato cheio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathalia!
      Sim, as histórias são delicadas e emocionantes, com romance e drama \o/
      Adoro!
      Bjs!

      Excluir
  5. Quando se trata de Nick você pode esperar tudo...
    é muito agradável e ao mesmo tempo doloroso ler muitos de seus livros.

    muitas vezes quando você acha que vai dar certo, que vai ficar tudo bem.. ele acaba com tudo.. e destrói nossos corações..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda!
      Ele já destruiu várias vezes o meu coração o.O
      Só ele para fazer isso kkkkk
      Bjs!

      Excluir
  6. Eita que a última leva do Sparks está saindo de maneira bem agradável. =)
    Isso me anima e muito, pq ainda não li nenhum. hahaha. Me sinto um et.
    Sério, eu já tava pensando que o culpado era a moça, mas não é... então pode ser alguém próximo da Sarah e até mesmo do Myles, adoooro quando o culpado passa meio despercebido. hahaha
    Adorei a resenha Carlinha.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Dani!
      Quando eu li a sinopse, pensei a mesma coisa ahahahha
      E você vai se surpreender com o culpado ;)
      Surpresas, surpresas kkkk
      Bjs!

      Excluir
  7. Parece um livro bem agradável!

    ResponderExcluir
  8. Como esse autor adora matar os personagens nos enredos né?! Li o que ganhei do blog (Amor à primeira vista) e fiquei puta da vida com o final! Sei que a mensagem é sobre superação, mas fala sério ... Não me identifico mesmo com esse autor ...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Josi!
      Toca aqui o/\o
      Eu quis jogar o livro na parede, depois daquele final! Até hoje não acredito que ele escreveu aquilo!!!
      Bjs!

      Excluir
  9. Ainda não li esse livro do Sparks, mas confesso que já adorei. Como sempre muito romântico e cheio de reviravolta.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kelry!
      Só ele para nos surpreender \o/
      Bjs!

      Excluir
  10. Ainda bem que esse não tem um final absurdo, rsrs.

    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gladys!
      Pode ler sem medo, o final do livro é adorável, sem tragédia, rs.
      Bjs!

      Excluir
  11. Tio Nicholas? hahaha
    Eu só li um livro dele, acredita? Mas gostei bastante (e chorei no final) por isso estou em busca de mais livros dele. Esse parece muito bom...

    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ketelin!
      E olha que eu queria chamar de Tio Nick, mas Tio Nicholas foi bonitinho, rs.
      Não são todos os livros do autor que eu gosto, alguns quero jogar na parede, rs.
      Bjs!

      Excluir
  12. AAH TIO NICHOLAS *---*
    Serio esse editora a cada semana lança um livro dele, vou ficar falida logo logo! quero esse livro pra mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jéssica!
      Ele é uma máquina de escrever, não sei como consegue fazer tanto, rs.
      Bjs!

      Excluir
  13. Nunca li nada do autor, mas percebo por algumas resenhas, que ele escreve de uma maneira tão humana, que você acaba se envolvendo com enredo, e torcendo pelos personagens, com “Uma Curva na Estrada”, parece não ser diferente, com um enredo envolvente com reviravoltas, ele parece ser um livro marcante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marla!
      Se você gosta de livros que tenham romance e drama, alguns com drama demais, os livros do Nicholas Sparks são os melhores \o/
      bjs!

      Excluir
  14. Tio Nick parece estar mudando seu estilo trágico. Também estava pensando que a Sarah era a culpada. Quero a coleção inteira! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Naty!
      Ele estava de bom humor quando escreveu o livro, só pode, rs.
      Bjs!

      Excluir
  15. Ah, que bom saber que dessa vez não tem tanto apelo pelas lágrimas, mas uma verdade nos fatos, uma história possível. Gosto disso. Gosto da humanidade nos personagens, nem de todo bons, muito menos totalmente maus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manu!
      Não consigo encontrar um "vilão" nas histórias do Tio Nicholas. Sempre são humanos, com falhas e acertos, isso que eu gosto nos livros \o/
      Bjs!

      Excluir
  16. Ai eu adorei esse livro *_* Amoooo demais tudo que vem do Nicholas. Achei essa história bem leve e cativante. Meu personagem preferido foi o Jonah. hahah
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda!
      Estou querendo o próximo livro do autor "O guardião" \o/
      Bjs!

      Excluir

  17. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?
    shopping.uol.com.br/e-book-reverso_2631732.html

    ResponderExcluir

 
Google+