23

[Resenha] O Destino do Tigre

em terça-feira, 7 de maio de 2013


O Destino do Tigre
Série A Saga do Tigre – volume 4
Colleen Houck
Editora Arqueiro
400 páginas


Honra. Sacrifício. Amor. Poderia o fim de tudo levar a um novo começo?

Kelsey, Ren e Kishan sobreviveram a três aventuras dramáticas e muitas provações. Mas, antes que possam partir na busca pelo último presente da deusa Durga, têm que enfrentar o feiticeiro Lokesh em seu próprio território. O vilão sequestrou Kelsey e já detém o poder de três amuletos. Ela precisa escapar de suas garras para quebrar a maldição do tigre, libertando seus amados príncipes. Esse, porém, é apenas o início da história em que escolhas difíceis e decisivas devem ser feitas por todos. O elemento principal agora é o fogo, e em meio a lava, demônios, animais fantásticos e zumbis, o trio enfrenta seu derradeiro desafio. O caminho é arriscado e cheio de reviravoltas potencialmente fatais. Só uma coisa é certa: ninguém pode fugir de seu destino. A saga dos tigres chega ao auge. Nunca antes Kelsey, Ren e Kishan sofreram tanto, estiveram tão unidos e precisaram lutar contra inimigos com tamanho poder.

O Destino do Tigre é o quarto volume da série “A Saga do Tigre”, escrito por Colleen Houck, que traz uma sensação de encerramento da série, mas que me deixou insatisfeita com os rumos tomados na história.

O livro inicia-se com Kelsey no cativeiro, obrigada a mentir e se esquivar das investidas de Lokesh. Enquanto aguarda a chegada de Ren e Kishan, Kelsey começa descobrir mais detalhes do passado do vilão e da maldição que ainda rodeia os dois tigres.

Após o resgate, inicia-se a busca pelo último objeto de Durga que poderá dar o aguardado fim à maldição. No decorrer da busca, um fato trágico acontece deixando o trio abalado, mas algo necessário para quebrar a maldição. 

Exatamente neste trágico acontecimento que comecei a perceber que a autora resolveu acrescentar detalhes desnecessários na trama, ocasionando pontos sem explicação na narrativa.

Como sempre, a busca pelo novo objeto é recheada de desafios impossíveis e com a posse de todos os artefatos, eles podem enfim cumprir o destino designado. Alguns personagens são introduzidos na trama, como Anamika e seu irmão gêmeo, que estão conectados ao destino de Kelsey, Ren e Kishan. 

Confesso que uma série que iniciou como uma aventura para quebrar a maldição, e caminhou para um destino a ser cumprido ... acabou tornando-se falha. Fico a imaginar se em algum momento os personagens tiveram alguma escolha em todos os acontecimentos, ou se realmente tudo estava predestinado e independente do que eles escolhessem, o destino seria cumprido. Não quero entrar em muitos detalhes da história para não prejudicar a emoção das pessoas que ainda não começaram a leitura, por isso minhas descrições vagas nesta resenha. Se eu colocar realmente tudo o que senti na narrativa, vou contar detalhes importantes que o leitor só pode ficar sabendo no momento e não antes (risos).

Como falei no livro anterior, a autora persistiu no triângulo amoroso. Após uma cena logo nos primeiros capítulos, esse assunto poderia ter sido resolvido. Nós, leitores da série, já sabíamos com quem Kelsey iria ficar, mas a autora explorou esse triângulo amoroso até o final, o que se tornou excessivo e cansativo. Kishan voltou a sua velha forma, e foi adorável acompanhar isso. Ren continua perfeito como sempre, e é impossível resistir aos dois irmãos.

Um ponto que me desagradou neste quarto volume é que a autora resolveu introduzir uma “viagem ao passado” na trama. Todas as histórias que envolvem uma volta no tempo precisam ser escritas com muito cuidado, pois é um assunto que tem muitos detalhes. É exatamente por esta mudança que fiquei com várias dúvidas e senti que um acontecimento no final do livro foi totalmente desnecessário. E no final, meu pensamento era: “WTF... por que a autora resolveu fazer isso com a história?”.

O Destino do Tigre tem aquela sensação de conclusão, com quase todas as perguntas respondidas (isso mesmo, se você imaginou que tudo seria explicado, se enganou (riso)), um encerramento esperado e outro que me deixou com raiva. Desculpe, amigos leitores, mas ainda não estou conformada com o que a autora colocou no final do livro. 

Colleen confirmou o lançamento de um quinto livro onde abordará alguns pontos que não foram esxplorados nas histórias anteriores, assim como as respostas prometidas. Mas ela parou de escrever o livro para se concentrar em no seu próximo lançamento, o que alimentou ainda mais o meu sentimento de frustração. 

Confesso que não sei realmente como será este quinto volume e espero que seja algo notável, que me faça perder essa sensação de tragédia que estou sentindo por terminar a história. Sei que algumas pessoas que já leram o quarto volume gostaram do final e acharam ele plausível, mas eu ainda não consegui me conformar com o rumo que a autora tomou na história.

Já comentei em resenhas anteriores e volto a falar, a série tem suas falhas e clichês, mas acabei me viciando. Durante toda a história dos quatros livros eu me apaixonei pelos personagens, sofri, chorei, me diverti junto com eles, senti depressão pós-livro em todos os finais, esperando ansiosamente o lançamento do próximo volume. Acredito que por ser tão viciada que me incomodei com vários pontos no livro e esperei outro final para um determinado personagem. Não estou dizendo que ele teve um final trágico, mas ao meu ponto de vista, foi triste e totalmente desnecessário. Infelizmente, quando algo ruim acontece em uma série que eu gosto demais, acabo me tornando crítica e analítica ao extremo, e fico com aquele sentimento de insatisfação.

Aguardo o lançamento do quinto volume com ansiedade, mas sem expectativas. Apenas desejo que a autora responda as perguntas que ficaram para trás e encerre devidamente essa série que vai deixar saudades.

E desculpem as minhas palavras. Sei que a minha resenha se transformou em um verdadeiro desabafo, mas não consigo escrever algo impessoal em uma história que desde o início, fui cativada.

À todas as pessoas que acompanham a série: vocês precisam ler O Destino do Tigre. Depois comentem o que acharam do volume, se compartilham do mesmo sentimento de frustração ou se gostaram do final (risos).



23 comentários:

  1. To bem curiosa pra ler esse livro, mas ainda nem tomei vergonha para comprar o primeiro. Por mais que esse livro tenha te deixado frustrada... Parece que a série está conseguindo manter o padrão alto.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Rafa!
      Eu gostei muito da série, mesmo com o deslize da autora com o quarto volume o.O
      Bjs!

      Excluir
  2. Eita que Carlinha publicou um jornal. Sei bem como é quando as coisas não andam como esperávamos. =(
    Triângulo amoroso até os 45 do último tempo? Ah tenha dó. E vc ainda me diz que terá um quinto volume? Eu queria muito ler, mas agora fiquei meio cabreira, pq ela ainda nem escreveu, e talvez esse hiato para escrever o novo acabe piorando, tipo: a emenda sair pior que o soneto. XD
    Entendi errado ou essa mocinha é doce que além de dois mocinhos arrebata o coração do vilão? hahaha
    Adorei seu desabafo. =)
    Bj.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani!
      Esse é o meu problema, quando gosto de algo, falo demais sobre o assunto, rs. Tento me convencer de que existe uma esperança, apenas para me acalmar...

      Realmente, todos gostam da mocinha ahaha
      Agradeço a compreensão \o/
      bjs!

      Excluir
  3. Não li a série, nem pensei em começar, e já consegui frustrada.
    hahahaha
    Que negócio é esse de nao responder tudo no último, para criar outro último que ela nem sabe quando vai terminar? ¬¬

    As capas são lindas, me apaixono cada vez que as vejo em uma livraria, mas PÓPARÁ! Na minha estante eles só vão aparecer quando tiver fim hahahaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alê!
      Faça isso, espere o final, assim você não fica nessa tortura ahahha
      Bjs!

      Excluir
  4. Ainda não li a série, mas parece tão boa...
    Não acredito que o triangulo amoroso dura até aí! Eu sabia da existencia dele na série, mas achei que a mocinha conseguia se resolver logo! haha
    Olha, detesto isso! Como alguém termina uma série e não responde todas as perguntas? Só para poder escrever MAIS um livro e vender mais. Capitalismo idiota... haha Infelizmente é o que muitos autores fazem (ou parecem fazer) hoje em dia: enrolar uma história ao máximo, ir jogando cada vez mais coisas na trama, só para conseguir escrever aquele monte de livros...
    ¬¬

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ketelin!
      Confesso que fiquei frustrada com o final do quarto volume, e ainda mais quando descobri que a autora parou de escrever a continuação o.o
      Sério, por que não acaba logo com a saga antes de se dedicar a outra?
      Frustrada....
      Bjs!

      Excluir
  5. Eu tenho uma raivinha dessa autora e olha que eu só li o primeiro livro. Acho que um autor deve saber quando parar e ela não sabe. Mesmo assim pretendo ler as sequencias, mas penso seriamente em esperar até o último sair para não passar mais raiva.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Naty!
      Toca aqui o/\o
      Estou com uma raivinha também do que ela fez com a história =(
      Bjs!

      Excluir
  6. Estou doida pra ler essa série, mas tipo, como assim não "responde todas as nossas duvidas sobre a série"? Isso me mata, kk, sério, imagina se ela termina dessa forma? Decepção né? Mas ai, imagina se ela escreve mais um pra encerrar, e o final estrada tudo? Aauhsua, ok, parei. Mas enfim, pretendo ler a série pra eu ter a minha opinião sobre ela. Parabéns pela resenha, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eduarda!
      Se prepara, pois teremos um quinto livro e o final do quarto não é um dos melhores =(
      Bjs!

      Excluir
  7. Nunca tive muita ansiedade para ler essa série, pretendo... mas não sei quando. Que pena que o era para ser o desfecho te deixou insatisfeita, a autora deve ter acrescentado coisas desnecessárias para ter assunto para um quinto livro. bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Naty!
      Não estou esperando mais o quinto com tanta ansiedade assim...
      Bjs!

      Excluir
  8. Acabei de ler hoje à tarde, e o final também me deixou um tanto decepcionada, mas espero ansiosamente pelo ultimo livro, que ele possa ser melhor. ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie!
      Pode falar, é decepcionante...
      bjs!

      Excluir
  9. Que indecisão dessa autora heim!!
    é por essas e outras que efeito séries... evito muito estresse, rsrs.

    Não duvido nada, que depois a autora resolva lançar um sexto volume, kkkkk

    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gladys!
      ahh, eu não gostei desse livro =(
      Bjs!

      Excluir
  10. Oi Carla!
    Nossa, finalmente outro volume dessa saga maravilhosa,amei a capa, gosto dos personagens, da escrita da Autora Coleen e finalmente Kelsey vai dar uma outra chance ao amor verdadeiro.
    Concordo quando Vc diz que é viciante e que o livro apresenta falhas principalmente quando a Autora pretender dar explicações e insistir num triângulo amoroso que desde o começo já sabíamos quem seria o dono do coração de Kelsey.
    Vamos esperar o próximo livro.

    ResponderExcluir
  11. Estou lendo o terceiro volume da serie, estou achando bem lento até agora. Reparei que os livros desta serie tem incio lento e os finais eletrizantes, estou em um relacionamento de amor e ódio com essa serie, realmente não sei o que pensar sobre ela. Mas por enquanto estou curtido ela.

    ResponderExcluir
  12. oiee.. o final me deixou mto intrigante... quem não leu o livro ainda NÃO LEIA MEU COMENTARIO!!!


    Eu não entendi uma coisa: Se no passado Kishan teve que fazer o que ele fez, escreveu a carta e ficou junto de Durga, como que ele foi nascer na mesma época que o Ren? e Isso não te tornaria um circulo vicioso??

    ResponderExcluir
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  14. Adoro a série, mas a autora poderia ter feito melhor.
    1 - Kelsey nunca assumiu seus sentimentos de verdade. Estava disposta a ser infeliz ao lado de Kishan do que ficar com Ren, mesmo sabendo que o amava. Não tinha coragem de ferir sentimentos em prol de sua própria felicidade.
    2 - O triângulo amoroso não convence. Levou um livro e meio para Ren e Kelsey de apaixonarem e assumirem de fato, e bastou um olhar para Kelsey para que Kishan se apaixonasse platonicamente por ela. Sério?
    3- O livro 2 serve para "tentar desenvolver o triângulo amoroso". Logo, daria para juntá-lo com o livro 3, e fazer um novo livro mais legal e com mais acontecimentos.
    4- Biologicamente, entre uma mulher de olhos castanhos e um homem de olhos azuis, irá nascer uma criança de olhos castanhos (Aa) ou de olhos azuis com probabilidade de um quarto se a mulher for (Aa). Logo, é impossível que o filho de Ren e Kelsey tivesse olhos dourados. Foi muita viagem isso.
    Resumidamente, a séria é boa e viciante, mas não perfeita.

    ResponderExcluir

 
Google+