7

[Jardim dos Livros] Entrevista - Rachel Gibson

em terça-feira, 25 de junho de 2013


Olá, pessoal!

Confiram a entrevista da escritora Rachel Gibson falando sobre o livro Simplesmente Irresistível, publicação da Jardim dos Livros:

Quando e por que começou a escrever livros?
Comecei a escrever livros em 1989 quando a minha televisão quebrou. Não tinha muito que fazer, então decidi reescrever E o vento levou para matar o tempo. Depois que reescrevi o livro com um final feliz, deixei-o de lado e comecei a escrever um romance contemporâneo.

Você faz muitas pesquisas antes de escrever os seus livros?
Isso depende muito do livro. A série militar que atualmente estou escrevendo (o primeiro livro foi Rescue Me) exige muita pesquisa. Os livros de hockey – como See Jane Score e Any Man Of Mine, também demandou pesquisa, mas não tanta assim. Escrevi uma série baseada em escritores e não tive que fazer pesquisas.

Qual é a coisa mais interessante que encontrou durante a pesquisa dos seus livros?
A mais interessante, e com certeza a mais memorável, foi quando eu falei com jogadores de hockey gostosões e suados no vestiário deles. Aquele dia eu levantei com o é direito!

Você se considera uma escritora de chick-lit? O que acha do gênero?
Não sou autora de chick-lit. Escrevo romances, mas adoro ler um bom chick-lit
Qual é a melhor parte no seu trabalho como escritora?
Economia de tempo e de transporte.
Saio da cama quando quero. Pego o bule de café e vou até o andar de cima onde está o meu escritório

Como você faz para que os seus livros sejam tão divertidos? Como mantem o frescor das cenas e diálogos engraçados, como é possível ver em Simplesmente Irresistível?
Nunca foi minha intenção sentar e escrever humor. As pessoas são engraçadas. A vida pode ser engraçada. Eu escrevo sobre pessoas e sobre a vida.

Por que machões e mocinhas em perigo são frequentes em seus enredos?
Por que machões? Por que não! Toda mulher tem um segredo, que não é tão secreto assim:  fantasia ser resgatada por um homem másculo que não tem escolha a não ser ficar loucamente apaixonado por ela. Não importa o quanto ele tente, ele não pode lutar contra isso...

Qual foi sua inspiração para criar Simplesmente Irresistível?
O jogador de hockey Mark Messier. Ele parece um homem primitivo com o capacete enfiado na cabeça. Mas, por alguma razão, o acho sexy.

Eu li em algum lugar que Simplesmente Irresistível é o livro que você mais se orgulha. Por quê?

Simplesmente Irresistível foi o primeiro livro que vendi em 98, e que ainda vende bem 18 anos depois.

Os personagens principais são inspirados em pessoas reais?
Não, mais usei minha mãe como um personagem secundário quando escrevi Daisy's Back In Town.

Quais são suas expectativas em relação aos leitores brasileiros? Por que você acha que seus romances são tão amados por aqui?
Não tenho expectativas em relação aos meus leitores. Só espero que gostem do meu trabalho e  que possam “fugir” comigo por algumas horas. Acho que mulheres em todas as partes do mundo gostam de ler um bom romance.

Está trabalhando em algum livro no momento?
Estou escrevendo um
romance ambientado em Nova Orleans, Louisiana. É bem sexy e picante, com direito a homens machões.




7 comentários:

  1. Adorei a entrevista, eu ainda não li nenhum livro da Rachel, mas eu morro de vontade. Ri demais quando ela contou sobre os jogadores de hockey. Achei bem interessante o fato dela ter começado a escrever reescrevendo E o vento levou *_*
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi fernanda!
      Se você gosta de romance, precisa ler os livros dessa autora \o/
      Bjs!

      Excluir
  2. Ai ela parece uma pessoa bem simpática e divertida. Tô ansiosa para ter esse livro e nem sabia que tinha sido o primeiro, e já faz bastante tempo, 15 anos. =)
    Livro bom é assim mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani!
      Sim!! Precisamos dos livros kkk
      Bjs!

      Excluir
  3. Já tinha visto essa entrevista em outros blogs.

    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gladys!
      Ainda bem que me visitou mesmo assim , ou estaria chorando kkk
      Bjs!

      Excluir

 
Google+