28

[Resenha] O fim de todos nós

em segunda-feira, 10 de junho de 2013


O fim de todos nós

Megan Crewe

Fallen World - Livro 01

Editora Intrínseca

267 páginas

Kaelyn acaba de ver o melhor amigo partir. Ela tem dezesseis anos e voltou agora para a ilha onde nasceu, depois de um período morando no continente; ele está fazendo o caminho inverso, para estudar fora. O que sentem um pelo outro não está muito claro, ela o deixou ir embora sem nem mesmo dizer adeus, e a última coisa que passa por sua cabeça é nunca mais vê-lo. Mas, pouco tempo depois, isso está bem perto de acontecer.

A ilha de Kaelyn foi sitiada e ninguém pode entrar nem sair: um vírus letal e não identificado se espalha entre os habitantes. Jovens, velhos, crianças - ninguém está a salvo, e a lista de óbitos não para de aumentar. Entre os sintomas da doença misteriosa está a perda das inibições sociais. Os infectados agem sem pudor, falam o que vem à mente e não hesitam em contaminar outras pessoas. A quarentena imposta pelo governo dificulta as pesquisas em busca da cura, suprimentos e remédios não chegam em quantidade suficiente e quem ainda não foi infectado precisa lutar por água, energia e alimento.


Nem todos, porém, assistem impassíveis ao colapso da ilha. Kaelyn é uma dessas pessoas. Enquanto o vírus leva seus amigos e familiares, ela insiste em acreditar que haverá uma salvação. Caso contrário, o que será dela e de todos?

O fim de todos nós escrito por Megan Crewe é o primeiro volume da série Fallen World, que narra uma história distópica sobre um vírus que atinge toda a população de uma ilha.

A narração é contada pelo ponto de vista de Kaelyn, uma jovem de dezesseis anos que acompanha de perto, toda a evolução do vírus. A história é escrita em forma de um diário contado por Kaelyn, onde ela narra os acontecimentos para o amigo Leo, que se encontra no continente.

Aos poucos acompanhamos a sobrevivência da ilha, assim como o comportamento dos moradores com a descoberta desse mortal vírus que assola a comunidade.

Um diferencial do enredo é que podemos acompanhar desde os primeiros acontecimentos de uma história distópica. O comum é o leitor ser inserido em uma sociedade destruída e aos poucos descobrir detalhes do que aconteceu no passado. No livro, podemos acompanhar a degradação desde o começo, como surgiu o vírus, como a população está se comportando diante de toda a destruição. 

A narração da autora é ágil, e mesmo sendo contado através de um diário, isso não atrapalha a descrição da situação atual da ilha. Conseguimos sentir a preocupação dos personagens e ver, pouco a pouco, as pessoas morrendo através de um vírus que surgiu inexplicavelmente.

O final do volume é impactante e deixa qualquer leitor desesperado pela continuação. Confesso que não entendo a maldade dos autores em fazer isso com o final dos livros (risos). Agora é aguardar a publicação do segundo livro para saber como será a continuação dessa série.

Eu não vou aguentar esperar pela continuação...


28 comentários:

  1. MAIS UMA SÉRIE, ISSO COMPLICA A VIDA DE QUALQUER UM.

    Pelo menos a história parece ser bem interessante. Vou pensar bem no caso, será que começo, será que não?
    ótima resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lena!
      Não sei mais o que fazer para acompanhar tanta série o.O
      Bjs!

      Excluir
  2. Série de livros que você conhece no começo e que só lançou os primeiros livros é a tortura de qualquer leitor. Já li algumas resenhas desse livro e todas são bem positivas. Eu adoro distopia então estou louca para ler.
    Xxxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Sara!
      Torcendo para que goste do livro \o/
      bjs!

      Excluir
  3. Desde o lançamento eu venho me interessando pela série, e sua resenha só fez aumentar esse interesse. Pode ser que no momento não dê para eu começar mais uma série, mas se tiver oportunidade de ler ela algum dia, eu o farei. Adoro a ideia do vírus, nunca li nada assim...

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi ketelin!
      Ah! Então você vai gostar \o/
      Bjs!

      Excluir
  4. Nossa! Já quero ler essa série! Adoro distopias, se forem catastróficas então, melhor ainda. Acho que é um truque dos autores terminarem os livros de forma bem tensa para nos obrigarem a ler o próximo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi leila!
      ahahah estou vendo uma pessoa viciada ahhah
      bjs!

      Excluir
  5. Nossa Carla mais uma série é complicado esperar pela continuação.Depois de Jogos Vorazes comecei a gostar e ler,esse livro parece até roteiro de filme de cinema.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Van!
      Pode falar, como aguentamos esperar mais continuação ...
      Bjs!

      Excluir
  6. Imaginei o caos nessa ilha... a morte por perto, a briga por alimentos e água, a desinibição total, falta de senso e ajuda... nossa! Tremi aqui. E sendo uma série, muitas dificuldades ainda devem se apresentar... eu, hein? Não quero ler, não, rsrs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Manu!
      Está fugindo da tentação kkkkk
      Bjs!

      Excluir
  7. Eu nuca parei para ler uma resenha desse livro, ele não tinha chamado a minha atenção. Mas parece bem interessante e tenso do inicio ao fim. Também é bom saber que pelo menos essa distopia conta como esse caos foi formado, só não dá pra saber se isso vai atrapalhar futuramente.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Amanda!
      Não vejo a hora de conferir a continuação \o/
      Bjs!

      Excluir
  8. Oi Carlinha, tu és ímã para série garota. haha
    Gostei do enredo, parece bem legal acompanhar desde o princípio o que a população sofre, ao invés de ver o caos já pronto.
    Gostei da sua resenha.
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dani!
      O que eu faço? Eu sou uma pessoa que se vicia fácil kkkkkkk
      Bjs!

      Excluir
  9. Nossa!!! Já foi pro topo da minha lista. Amo distopias, só fico triste porque temos que esperar a continuação. :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi karlene!
      Eu não gosto de esperar =(
      bjs!

      Excluir
  10. Gostei desse negócio de acompanhar a degradação do mundinho atual. Não fica aquela sensação de 'ta e dai? pq eles estao aqui? pq eles n fizeram nd antes?'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Alê!
      Eu pensei a mesma coisa quando li o livro kkkkkkk
      bjs!

      Excluir
  11. Oi, Carla! Ainda não li nada do gênero distópico, então não sei se gostaria de ler o livro. Mas achei bem interessante que a história vai se desenrolando no decorrer do livro e o leitor pode acompanhar os acontecimentos desde o seu surgimento. Outra coisa que gostei foi a história ser contada pela personagem e em forma de diário. Gosto muito de narrativas feitas dessa forma!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Andreza!
      O livro é bom, o problema é a continuação o.O
      bjs!

      Excluir
  12. Mais uma série distópica Carlinha!
    Ainda não me aventurei no mundo distópico, mas não quero começar por uma trama tão caótica, quero algo mais light, rsrs.

    Bjo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gladys!
      Eu consegui mais algumas para ler kkkkkkk
      Bjs!

      Excluir
  13. É primeira vez que vejo esse livro e curti muito ele, ainda não li nenhum livro do gênero distopia, mas to louca pois sempre ouço falar muito bem, e confesso que também não entendo por que os autores são tão malvados conosco, não gosto de ficar esperando pela continuação de um livro. Mas o livro parece ser muito bom, e a leitura deve valer muito a pena.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camila!
      Ah! Assim que começar a ler histórias desses gênero, não vai parar kkkk
      Bjs!

      Excluir
  14. Já li algumas resenhas desse livro e me parecem ser legais, nunca li nenhum livro deste gênero. Mas já ouvi falar que e bom estou ansiosa para começar a ler ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ewellyn!
      Estou vendo que vai se viciar kkkk
      bjs!

      Excluir

 
Google+