10

[Resenha] Simplesmente Irresistível

em segunda-feira, 29 de julho de 2013

Simplesmente Irresistível
Chinooks Hockey Team - Livro 01
Rachel Gibson 
Jardim dos Livros 
389 páginas

Rachel Gibson começa com o casamento, no Texas, da recém-formada Georgeanne com o milionário Virgil, um homem três vezes mais velho que ela. Os únicos talentos de Georgianne são cozinhar e falar muito, mas o que Virgil realmente aprecia nela é o corpo curvilíneo e perfeito. 

Percebendo que não é capaz de desposar um homem com idade para ser seu avô, Georgeanne larga o noivo no altar e foge com o astro do hóquei John Kowalsky, que joga no time do qual Virgil é proprietário.

 John não faz ideia da encrenca em que se meteu, e só percebe que está ajudando a noiva do seu chefe quando já é tarde demais. Uma longa noite se estende diante deles, e nenhum dos dois resiste à tentação de passá-la juntos. Mas, no dia seguinte, John dispensa Georgeanne para não comprometer sua carreira, deixando-a com o coração partido e sem rumo.

Sete anos depois, os dois se encontram novamente. Georgeanne é sócia numa empresa de catering em seattle e ele deixou os dias de rebeldia para trás. Outra surpresa aguarda John: ele descobre que aquela noite de amor produziu uma filha adorável e incorrigível, de cuja vida ele quer fazer parte. 

A paixão por Georgeanne renasce; mas será que ele vai se arriscar, novamente, a incorrer na cólera do seu patrão? Ela vai aceitá-lo, depois de ter levado um fora dele? Diversão garantida também é o romance de Mae e Hugh, amigos dos protagonistas, nesta trama hilária, cheia de personagens impagáveis, de uma das autoras mais lidas e apreciadas da atualidade.

Simplesmente Irresistível é o primeiro livro da série Chinooks Hockey Team escrito por Rachel Gibson, que conta a história de jogadores de hóqueis. Os mocinhos são os típicos ogros, que exalam testosterona, mas que mostram uma “fofurice” sem igual, nos fazendo suspirar.

Na história, conhecemos Georgeanne, uma jovem disléxica, criada para conquistar o casamento perfeito, já que as pessoas não acreditavam que conseguiria algo no futuro. Como na época a dislexia era pouco conhecida, ensinaram para Georgie tudo o que podiam sobre etiqueta e culinária, transformando-a na esposa perfeita. Ela até tentou se casar com Virgil, mas a diferença de idade a assustou e ela nunca o amou tanto assim.

John Kowalsky é um famoso jogador de hóquei do time Chinooks, no qual Virgil é proprietário. O passado de Jonh é trágico, isso faz com que ele esconda os verdadeiros sentimentos atrás da bebida e de atitudes grosseiras.

A paixão entre Georgie e Jonh é instantânea e arrebatadora. Com medo dos próprios fracassos, John larga Georgie sozinha em um aeroporto, sem se importa com o destino da moça, sem saber que ela está grávida.

A filha do casal é a coisa mais fofa da história. Fala muito e como toda criança, comenta situações constrangedoras dos adultos, deixando a mãe Georgie e a amiga Mae, envergonhadas.

As histórias criadas pela Rachel Gibson são os típicos romances onde o mocinho e a mocinha vivem brigando, mas ficam juntos no final. Spoiler? Não, nenhum. Como disse, é um romance onde sabemos qual é o final, mas não conseguimos largar.

O único ponto que não gostei na história é que John sofre pouco para ficar com Georgie. O rapaz tem uma tórrida noite de amor com a mocinha, depois a abandona no aeroporto apenas com a roupa do corpo sem nenhuma ajuda; depois de sete anos, reaparece e quer participar da vida filha e do nada, fica com a mocinha... Sério, eu queria que ele sofresse mais, se arrastasse para conseguir a mocinha de volta. Já sei, sou malvada mesmo (risos).

O livro tem todos os ingredientes que gostamos em um romance: mocinha que amadurece com o tempo, mocinho turrão, mas que é um fofo, uma criança extrovertida e adorável, uma pitada de drama, outra de comédia, e muito romance. Quem não se apaixona por uma história assim?

Ah! Outro detalhe da história foi publicada originalmente em 1998, então é engraçado ler no texto algo como fita cassete, walkman, tocador de fita. Confesso que adorei a capa utilizada pela editora, onde podemos notar claramente que a modelo é uma mulher curvilínea. O que é ótimo, pois a todo tempo no texto, Georgie é caracterizada com uma mulher cheia de curvas.

Agora é torcer pela publicação dos outros livros da série. Como sabem, não consigo resistir aos romances com mocinhos ogros e turrões (risos).

1.  Simply Irresistible (1998) - Simplesmente Irresistível
2. See Jane Score (2003) 
3. The Trouble With Valentine's Day (2005)
4. True Love and Other Disasters (2009)
5. Nothing But Trouble (2010)
6. Any Man of Mine (2011)


10 comentários:

  1. Ainnnn, Carla, eu não sou muito fã de mocinhos ogros >< Gosto daqueles mocinhos fofos! Haahahah Mas pelas resenhas que tenho lido, acho que gostaria bastante desse livro :)


    Beijos,
    Nanie

    ResponderExcluir
  2. Nossa Carla já li Sem Clima Para o Amor e Loucamente Sua e agora Simplesmente Irresistível com certeza na lista de leitura e adorei a capa do livro!

    ResponderExcluir
  3. Danielle CGA Souza29 de julho de 2013 17:31

    Oi Carlinhaaaaaaaaaaa!!!
    Essa capa é tãooo lindaaa, tô de olho nele desde o lançamento. Não li nadinha da autora, mas tem cara de ser maravilhoso.

    Eu amooo livros com esses ingredientes. Lembrou levemente um outro personagem de um livro da Harlequin.
    Acho um fora quando a autora deixa o caminho fácil pro mocinho reconquistar a garota. Concordo que ele deveria sofrer para pagar o que fez antes.
    Eu não resisto a crianças que são fofas e causam momentos constrangedores e hilários. haha
    Um ponto legal do mocinho é que se interessou pela filha. =)
    Aiii, são seis livros? Mas pelo que entendi cada livro com um personagem diferente, né?
    Bj!!! (desculpa o mega comentário, me empolguei)

    ResponderExcluir
  4. Oi Dani!
    Sim, cada um é um personagem, então pode ler qualquer um deles \o/
    Olha, eu queria que o mocinho sofresse mais kkk sim, sou bem malvada! Nada de vida fácil para eles kkkkk
    Imagina! Pode comentar! Eu não importo!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Oi Van!
    Menina, é o primeiro livro dela que eu leio o.O
    Preciso ler os outros kkkk
    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Oi Nanie!
    O livro é uma gracinha! Pena que o mocinho sofre pouco kkkkkkkk
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Michelli Santos Prado30 de julho de 2013 09:20

    Não sabia que era uma série, agora sim fiquei interessada *-* (sou apaixonada por histórias grandes e com vários livros :P). Não li nada da autora ainda.
    Acho muito legal a forma das resenhas aqui no blog. ♥

    Bjocas

    ResponderExcluir
  8. Sério que foi publicado em 1998??? Eu não sabia! Adorei a historia, também sou fã de mocinho turrão,rsrs! Adoro livros que mesclam, drama, comédia e romance, é uma combinação perfeita, mas...mais uma série é? O que mata é isso, a gente nunca consegue terminar a série, eles demoram um século pra publicarem todos os livros por aqui...

    ResponderExcluir
  9. Oi Michelli!
    Muito obrigada \o/
    É o primeiro livro da autora que eu leio, e quero ler mais! Gostei da história, mesmo com esses detalhes que eu comentei, rs.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Oi Adriana!
    Sim, foi publicado em 98 o.O
    É mais uma série =( O bom é que podemos ler os livros separadamente, pois cada volume é com um casal \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir

 
Google+