30

[Resenha] Cruzando o Caminho do Sol

em terça-feira, 13 de agosto de 2013


Cruzando o Caminho do Sol
Corban Addison
Editora Novo Conceito
448 páginas

Sita e Ahalya são duas adolescentes de classe média alta que vivem tranquilamente junto de seus familiares, na Índia. Suas vidas tranquilas mudam completamente quando um tsunami destrói a costa leste de seu país, levando com suas ondas a vida dos pais e da avó das meninas. Sozinhas, elas tentam encontrar um modo de recomeçar a vida. Mas elas não devem confiar em qualquer um...
Enquanto isso, do outro lado do mundo, em Washington, D. C., o advogado Thomas Clarke enfrenta uma crise em sua vida pessoal e profissional e decide mudar radicalmente: viaja à Índia para trabalhar em uma ONG que denuncia o tráfico de pessoas e tenta reatar com sua esposa, que o abandonou. 

Suas vidas se cruzarão em um cenário exótico, envolto por uma terrível rede internacional de criminosos. 

Abrangendo três continentes e duas culturas, Cruzando o Caminho do Sol nos leva a uma inesquecível jornada pelo submundo da escravidão moderna e para dentro dos cantos mais escuros e fortes do coração humano.

Cruzando o caminho do Sol escrito por Corban Addison é uma história tocante com um tema forte, que ira mexer com o coração de muitas pessoas. Confesso que não estava preparada para o que eu encontrei na história, e mesmo que já tenha lido alguns livros com enredos semelhantes, fiquei emocionada em vários momentos.

O tema escravidão, estupro e prostituição é algo forte, cruel e infelizmente, atual. Já assistimos matérias, notícias, documentários sobre o tema e sabemos o quanto isso é real e quantas meninas, mulheres, sofrem por causa disso. Mulheres que moram em determinados países sofrem por inúmeros abusos, simplesmente por ser do sexo feminino. A história não é verídica, mas a riqueza de detalhes faz com que pensemos que fosse. O autor mostra uma parte da sujeira que não podemos ver. Um mundo que algumas vezes, fechamos nossos olhos.

A narrativa de Corban é envolvente, bela, fluída, você não percebe o desenrolar da história. Fiquei emocionada em diversos momentos, com a crueldade do ser humano, com o quanto ele pode ser destrutivo, ao mesmo tempo em que temos exemplos de superação, coragem, demonstração de um amor incondicional que supera qualquer maldade. Impossível não derramar algumas lágrimas durante a leitura.

Indico o livro para aqueles que têm o coração mais forte, pois a história é cruel em alguns momentos e você fica com aquele nó no peito. Mesmo com o tema, consigo classificar a obra como uma história bela, tocante, cruel e emocionante. O interessante é que o livro não nos passa apenas uma história para emocionar, mas traz questionamentos que nos fazem refletir. Refletir para se modificar, melhorar e aos poucos ajudar, nos tornando seres humanos melhores.



30 comentários:

  1. Esse com certeza foi um livro inesquecível para mim.
    Tocante, dilacerante e emocionante, deixou marcas e lembranças.
    Recomendo hoje e sempre!

    ResponderExcluir
  2. Van/Blog do Balaio13 de agosto de 2013 10:34

    Livro forte e muito bem escrito, vale a pena ser lido e relido!

    Recomendo também.

    Beijo, Vanessa - Blog do Balaio

    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Tenho bastante curiosidade em conhecer a história, apesar de parecer sofrida e cruel, com certeza é emocionante e deve haver alguma mensagem que vale a pena ser lida. Com a resenha e os comentários já postados fiquei mais ansiosa ainda!



    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Depois de sua resenha fiquei com vontade de ler,tenho o kit que ganhei mas ainda não li.
    Livro emocionante,começa pela capa, apresenta temas centrais são tão impactantes : tráfico humano, escravidão moderna e pedofilia.
    Realmente uma historia envolvente.

    ResponderExcluir
  5. Danielle CGA Souza13 de agosto de 2013 18:35

    Ai Carlinha, desde que lançaram e parece que foi séculos atrás, tenho vontade de ler. Gosto do estilo, mesmo imaginando que lágrimas vão rolar.
    A historia deles se entrelaçando deve ser bem legal de acompanhar apesar da crueldade que vc citou.

    ResponderExcluir
  6. Oi Carlinha, sofri muito lendo este livro, ficava imaginando quenaquele momento poderia estar acontecendo a mesma coisa com alguém. O livro é muito bom, mas quem vai ler precisa se preparar parea as lágrimas.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Eu já ouvi ótimos comentários a respeito desse livro, e já vi algumas resenhas também.
    Realmente a história dos personagens é muito forte e muito triste, e para piorar é apenas a triste realidade sendo retratada em um livro. Mas ainda não decidi se quero ler ele...

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Não gosto de livros fortes, apesar de emocionante e tudo sempre tenho receio de ler, não gosto mesmo >.<, inclusive sou fraca demais pra uma história dessas, fraca demais. Não ia aguentar todas as maldades.

    ResponderExcluir
  9. Michelli Santos Prado16 de agosto de 2013 11:53

    Sempre acompanho vlogs de livros na internet, e sempre via eles
    falando deste livro e quando li tua resenha me lembrei da forma como eles
    relatavam este livro. Um livro chocante, mas ao mesmo tempo emocionante. É difícil
    ler algo assim pelo simples fato de saber que coisas assim acontecem, mas
    quando lemos um livros devemos tentar sempre levar algo de bom para a nossa
    visa e com este livro não deve ser diferente. Quero poder ler um dia.

    ResponderExcluir
  10. Oi Lena!
    O livro é maravilhoso! Mesmo mostrando uma realidade que não queremos admitir, a história é tocante e emociona \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. Oi Van!
    Esse livro é leitura obrigatória \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Oi Andreza!
    É muito bom! Leitura obrigatória \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Oi Van!
    Para tudo e comece a leitura! Vai adorar!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  14. Oi Dani!
    Esse foi um dos livros que eu li nas férias da faculdade o.O
    Só agora consegui colocar a resenha, rs *a pessoa atrasada*
    Mas está valendo, rs. Dani, leia, o livro é ótimo!!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  15. Oi Rose!
    A história é uma tapa na cara! Não tem como não se emocionar com o enredo \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
  16. Oi Rafa!
    É uma ficção, mas sabemos que isso acontece diariamente com as mulheres =(
    É um horror saber que isso é verdade =(
    Bjs!

    ResponderExcluir
  17. Oi Inês!
    Eu sempre vario a minha leitura, rs. Não consigo ler apenas um gênero kkkk
    Bjs!

    ResponderExcluir
  18. Oi Michelli!
    Torcendo para que goste da leitura ;)
    Bjs!

    ResponderExcluir
  19. Eu não tenho coração forte rs, até queria ler, mas tenho certeza que vou ficar pensado na história por um bom tempo. Deve ser muito cruel e emocionante mesmo...

    ResponderExcluir
  20. É realmente muito difícil ficar imune.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  21. Já li e realmente é muito emocionante. É tão rico em detalhes que parece ser uma história real.

    ResponderExcluir
  22. Oi Cris!
    É melhor preparar os lencinhos antes de começar a leitura \o/
    bjs!

    ResponderExcluir
  23. Oi Natyla!
    É muito bom!! Eu adorei a história!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  24. Carla, adorei a sua resenha! Eu fiquei apaixonada por esse livro - que é lindo demais *-* Assim como a @aurilenevieira também recomendo (e muito!) essa leitura *-*


    Beijos,
    Nanie

    ResponderExcluir
  25. Oi Nanie!
    Esse livro é leitura obrigatória!! Todos precisam ler \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
  26. Parabéns pela linda resenha!!!
    Fiquei bem curiosa para ler o livro, já li alguns com esse tema, mas esse parece ser diferente. Quero ler!!!

    ResponderExcluir
  27. Ana de Cassia Oliveira29 de agosto de 2013 21:19

    Não serve para mim porque o meu coração anda fraquinho hehe É que eu fico pensando muito na história e me angustia, estou preferindo temas mais leves no momento.

    ResponderExcluir
  28. Oi Ana!
    ahahah pelo jeito você é igual a mim, chora em qualquer livro, rs.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  29. muito lindo
    @livroazuis

    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 
Google+