29

[Resenha] Sal

em quarta-feira, 25 de setembro de 2013


Sal
Leticia Wierzchowski
Editora Intrínseca
239 páginas


Um farol enlouquecido deixa desamparados os homens do mar que circulam em torno da pequena e isolada ilha de La Duiva. Sob sua luz vacilante, a matriarca da família Godoy reconstitui as cicatrizes do passado. 

Em sua interminável tapeçaria, Cecília entrelaça as sinas de Ivan, seu marido, e de seus filhos ausentes, elegendo uma cor para cada um. Com uma linguagem poética, a premiada escritora gaúcha Leticia Wierzchowski, autora de A casa das sete mulheres, dá voz e vida a cada um dos integrantes da família Godoy, criando uma história delicada e surpreendente, enriquecida por múltiplos e divergentes pontos de vista.

Sal escrito por Leticia Wierzchowski traz a história da família Godoy, uma família que vive na pequena e isolada ilha de La Duiva. Com capítulos alternados, acompanhamos os acontecimentos que marcaram a vida dos membros dessa família. Cada membro da família é representado por uma cor, que corresponde a cor da linha que a matriarca da família, Cecília, usa no bordado do interminável tapete. A cada capítulo, não encontramos o nome do personagem no topo da página, mas sim, a cor que ele corresponde na linha do bordado.

De forma gradativa, conseguimos visualizar as diferenças marcantes dos membros da família, a ponto de que mesmo que não lembre a cor correspondente de cada personagem, e apenas pela personalidade de cada um, o leitor consegue definir quem está narrando em cada momento.

Letícia narra a história de forma poética, enfatizando os sentimentos de cada personagem, e isso faz com que a narrativa seja morosa, e demora para os fatos acontecerem. Como existe essa alternância entre os personagens, antes mesmo de chegar à página 100, o leitor já sabe tudo o que aconteceu com a família.

Devido a essa demora dos acontecimentos, a história torna-se cansativa, e o leitor precisa encontrar algo para prender a curiosidade para ler o livro até o final. 

O enredo de Sal é semelhante àquelas novelas repletas de reviravoltas, recheada de muito drama. Não é um livro que indico para todas as pessoas, pois o leitor pode sentir alguma dificuldade para se prender com o estilo de narração de Letícia.

Não estou dizendo que o livro é ruim, já que encontrei opiniões diferentes da minha. Apenas que o leitor ter em mente, que encontrará uma narrativa voltada estritamente para os sentimentos de cada personagem, em os todos os seus meios e anseios. 

Em suma, gostei da história apresentada, mas a demora para a autora apresentar os acontecimentos deixou a história um pouco cansativa. A edição da editora está perfeita, e gostei de alguns detalhes da diagramação. 

Para quem vai ler a história, depois me conte o que achou ;)

Boa leitura!



29 comentários:

  1. Andréia Regina Nogueira Cruz25 de setembro de 2013 12:04

    Oi Carla,
    não li nada dessa autora ainda. Morro de vontade de ler A casa das sete mulheres devido a minisérie. Eu até gosto de livros assim mais sentimentais. Vou ver se um dia (nessa infinita lista de livros a ler) eu consigo lê-lo.
    Bjos!!!

    ResponderExcluir
  2. Carla, já estou com livro aqui em casa e louca para ler. Saber que a narrativa é poética me deixou mas ansiosa ainda! Bjs, Isabela.

    ResponderExcluir
  3. Eu li e achei esse livro muito , muito chato, enfadonho... se virasse uma mini-série, tendo um roteiro adaptado para tv, talvez fizesse sucesso. Acho que a autora tem esse perfil, de histórias para tv, mas para um livro, não gostei. bjks

    ResponderExcluir
  4. Oi Carla tudo bem?
    Então eu vou confessar que nunca tive muita vontade de ler esse livro e agora muito menos depois da sua resenha, eu tenho certeza que sou do tipo de pessoa que não vai gostar da leitura ;/ Alguns pontos que você comentou com certeza não me agradariam como o fato de a narrativa ser muito voltada para os sentimentos dos personagens, descrevendo os medos, acho isso tudo muito viagemmmmmmm, muito monótono para mim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Tenho curiosidade na leitura pois li A Casa das Sete Mulheres que é da mesma autora be gostei muito, desde então quero ler tudo dela...

    Beijos, Van - Blog do Balaio

    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi! estou com livro aqui e já vi que irei demorar para lê-lo por não estou com paciência de ler um livro com uma narrativa que não me prenda. Porém quero o ler para saber o que acontece com essa família.
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Então Carla, eu estou bem ansiosa pra ler esse livro, li diversas resenhas dele e todas foram bem positivas, eu gostei de saber que cada personagem é representado por uma cor no começo de cada capítulo e também por saber que o enredo se parece com aquelas tramas cheias de reviravoltas. Mesmo voce dizendo que a leitura é um pouco arrastada e cansativa, eu vou me aventurar a ler, porque isso já estava nos meus planos e ai te digo o que achei, ta? Bjinhos! :)

    ResponderExcluir
  8. Oi Carla,da Autora já li A Casa das Sete Mulheres,com certeza vou ler Sal,talvez até vire minissérie!A capa está bonita e a narrativa pela sua resenha parece ser encantadora!

    ResponderExcluir
  9. Michelli Santos Prado26 de setembro de 2013 16:31

    Olá Carla!!Achei a leitura bem desafiadora, por essas misturas de lembranças e histórias... Mas ele é encantador, amei sua resenha, toda fofa, cheia de detalhes! Quero ler *-*

    ResponderExcluir
  10. Ketelin Natieli Wochner28 de setembro de 2013 09:01

    Não é um livro que eu tenha interesse em ler, a história em si não me desperta curiosidade, e saber que a leitura é morna e arrastada não ajuda em nada. Portanto, Sal não entra para a lista de desejos.

    ResponderExcluir
  11. Oi Déia!
    ahahah nem me fale em pilha infinita de leitura ahahha
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Oi Isa!
    Ah então você gostar!
    bjs!

    ResponderExcluir
  13. Oi Rô!
    Eu gostei do enredo, bem típico de novela, cheio de tramas ahahha
    Mas não gostei da narrativa =(
    Bjs!

    ResponderExcluir
  14. Oi fernanda!
    Tudo bem e você?
    Sim, a história é parada e não tem algo que prende o leitor, sabe? Eu gostei muito do enredo, mas falta algo na narrativa =(
    bjs!

    ResponderExcluir
  15. Oi Van!
    Menina, ainda não esse livro O.O
    Bjs!

    ResponderExcluir
  16. Oi Juliana!
    Torcendo para que goste da história ;)
    bjs!

    ResponderExcluir
  17. Oi Adriana!
    Isso, depois me conta o que ahou =D
    Torcendo para que goste da leitura!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  18. Oi van!
    Ahhh torcendo para que goste do livro!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  19. Oi Ketelin!
    E a lista não aumenta ahhah
    bjs!

    ResponderExcluir
  20. Já li outras resenhas e algumas foram bem positivas, Carla.
    Esse é o tipico livro que só lerei se ganhar...


    Bjo!

    ResponderExcluir
  21. Gosto de livros de capítulos alternados, e o título desse livro chama bastante a minha atenção. E o fato de cada membro da família ser representado por uma cor, achei isso bastante bem legal, pena que a história seja um pouco cansativa, não curto livros assim.
    Beijos


    Elidiane Ferreira
    Leitura Entre amigas

    ResponderExcluir
  22. Sal... realmente essa torre parece aqueles saleros de mesa, rsrs.
    Eu adoooro novelas mexicanas, você acha que terei algum problema em ler esse livro? rsrs
    Amei saber que é cheio de drama *-*
    Quero ler!

    ResponderExcluir
  23. Adoro a Leticia, a escrita dela é apaixonante! Essa história de dramas familiares e conflitos a serem resolvidos são exatamente o que mais gosto numa leitura. Sei que vou me encantar e viajar com a autora nesse universo riquíssimo que é a família e suas dores e necessidades de perdão!

    ResponderExcluir
  24. Ai, amiga... sou fã da autora e este é mais um de seus livros que estou perseguindo! rsrs :D

    ResponderExcluir
  25. Oi Elidiane!
    Mas leia o livro, quem sabe você goste \o/
    bjs!

    ResponderExcluir
  26. Oi Rossana!
    Ahhh então você vai adorar!
    bjs!

    ResponderExcluir
  27. Oi Manu!
    Estou vendo que você vai adorar a história!
    Bjs!

    ResponderExcluir

 
Google+