16

[Resenha] A Sabedoria do Condado

em quinta-feira, 10 de outubro de 2013


A Sabedoria do Condado
Noble Smith
Editora Novo Conceito
176 páginas

Um guia do Hobbit para a vida de milhões de fãs do J.R.R. Tolkien.

Smith mostra que uma toca-hobbit é, na verdade, um estado de espírito e como até as menores pessoas podem ter o valor de um Cavaleiro de Rohan. Ele explora assuntos importantes para os hobbits, como cerveja, comida e amizade, mas também assuntos mais sérios, como coragem, vida em harmonia com a natureza e bem versus mal. 

Como prazeres simples como jardinagem, longas caminhadas e refeições deliciosas com amigos podem fazer você significativamente mais feliz? Por que o ato de dar presentes no seu aniversário em vez de recebê-los é uma ideia tão revolucionária? E como podemos carregar nosso próprio “anel mágico” sem sermos devorados por ele?
A Sabedoria do Condado tem a resposta para essas perguntas.

Antes de qualquer coisa, é importante frisar que A Sabedoria do Condado é um livro de auto-ajuda. E posso dizer que como em todo o livro, ele tem aquele toque que o deixando especial.

A maneira mais fácil para se aprender ou memorizar algo, é através da visualização ou experimentação. Como sabemos se algo é quente ou frio se não encostarmos a mão no objeto? Ou se algo é bom ou ruim se não vivenciarmos isso? Só através da experiência que aprendemos alguma coisa.

Noble colocou através dos inúmeros exemplos retirados das histórias do Tolkien, situações do cotidiano. Ele aproximou a fantasia com a realidade. Através desses exemplos, ele passa dicas de como melhorar o cotidiano, com base na vida tranquila dos Hobbits.

Tolkien criou a história em um momento crítico para o mundo, a Segunda Guerra Mundial. Então, vários acontecimentos do enredo se baseiam no que o autor estava vivendo naquele momento. Noble, um apaixonado pelas histórias do Tolkien, criou um livro mostrando que podemos conquistar aquela tranquilidade do Condado, ou os valores de alguns personagens. De forma simples, ele mostra vários pontos que podemos mudar no cotidiano.

É claro, que é um livro que não agradará a todos. Mas como disse, ele tem o seu charme, que consiste nessa aproximação da fantasia com a realidade.

Não é um tipo de leitura que eu costume fazer com frequência, mas valeu a pena conhecer mais algumas dicas para melhorar no dia a dia.



16 comentários:

  1. Rita, que tudooo! Amo Hobbit e o universo do Tolkien, não sabia da existência desse livro... Quero ler urgente! Bjs, Isabela.

    ResponderExcluir
  2. muito legal bem interessante

    @livroazuis

    livro-azul.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Rita!

    Parece ser um livro de auto ajuda bem diferente... Não sei se eu leria, mas gosto de Senhor dos Aneis, então deve ser no mínimo uma leitura interessante. Gostei da dica.

    Beijos,

    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  4. Nao sou fan de livros de auto ajuda, mas esse acho que abriria uma brecha por conta que ele consegue co-relacionar o livro com com os Hobbtis.


    xx

    ResponderExcluir
  5. É verdade, é um livro que não agradará a todos, eu mesma, não senti vontade de le-lo, infelizmente! :)

    ResponderExcluir
  6. Já vi muitas pessoas associarem esse livro a "auto ajuda"...

    Te espero lá no meu cantinho, =D

    http://meuhobbyliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu não senti vontade de lê-lo, não curto auto-ajuda, tenho um bloqueio nesses temas.
    bjs

    ResponderExcluir
  8. Oi Gladys!
    Tem um pouco de auto-ajuda, mas as dicas que o autor transmite são interessantes \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Oi Jessica!
    Sim, ele passa ótimas menagens positivas \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Oi Rossana!
    Torcendo para que goste do livro \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
  11. oi Isa!
    aaehhhh torcendo para que goste da leitura =D
    Bjs!

    ResponderExcluir
  12. Carla, uma dica interessante principalmente pela continuação do filme O Hobbit, a história de J.R.R. Tolkien que conquistou o coração de fãs e esse livro é algo a mais para conhecer um pouco mais sobre o mundo dos Hobbitse também por ter esse lado de auto-ajuda .

    ResponderExcluir

 
Google+