15

[Resenha] Feliz Natal, Alex Cross

em quinta-feira, 26 de dezembro de 2013


Feliz Natal, Alex Cross
James Patterson
Editora Arqueiro
171 páginas

Feliz Natal, Alex Cross escrito por James Patterson, faz parte da série que traz mais um caso impossível e perigoso para o protagonista Alex Cross.

Na trama, Cross tenta se reunir com a família na véspera do Natal, após deter um ladrão que estava roubando a caixa de doações da igreja.


“No segundo em que ouvi o contato de metal, fechei os dedos, puxei a arma e avancei para encontrar e cumprimentar o homem do ano, que voltara para roubar os pobres. Na igreja. Na véspera de Natal.”

Mas é chamado para ajudar uma família que mantida refém. Henry Fowler, um famoso advogado que viu sua vida e carreira serem arruinadas, ameaça matar os filhos, a ex-mulher e seu novo marido. Psicótico e viciado em metanfetamina, Fowler precisa ser detido. Cross precisa descobrir o que aconteceu com o advogado para acabar com a carreira e com a família.

“Uma arma disparou. Escutamos vidro se quebrando e mais choro.
- Está vendo isso? – berrava Fowler. – Está vendo, doutorzinho? Cale essa boca ou vai ficar igual a tudo o que está debaixo da árvore re Natal. – Ele começou a cantar. – Feliz Natal a todos! Feliz Natal a todos!”

Além do caso do advogado Fowler, Cross é convocado pelo FBI para ajudar na captura de uma antiga inimiga: a terrorista Hala Al Dossari,  que foi reconhecida por uma das câmeras da Union Station. Em pouco tempo acontecem mortes e explosões. Mas como nem tudo é fácil para Cross, o atentado esconde um plano maior.

“No momento, Hala estava na sexta posição da lista dos mais procurados pelo FBI, devido à sua ligação com o envenenamento do suprimento de água de Washington no verão anterior e por suspeitas do assassinato de pelo menos seis expatriados sauditas, inclusive o falecido marido Tariq.”

Assim como em todos os livros do Alex Cross, os casos são complexos e perigosos. O psicólogo detetive precisa correr contra o tempo para desvendar a mente criminosa e perturbada dos envolvidos, e assim conseguir salvar os inocentes. Sem contar que ainda quer passar o Natal com a família.

Nana cobra a presença de Cross na confraternização, chegando a repreendê-lo por deixar a família de lado para ajudar na captura dos bandidos. Ao mesmo tempo, ela se preocupa e fica a rezar para que ele chegue em segurança.

A narração é balanceada em momentos contados por Cross, outros pela Nana, e também pelos terroristas. Os capítulos são curtos, e o leitor nem percebe o virar das páginas.

A história é curta e terminei a leitura em poucas horas. Comparado a outros livros da série, o enredo é mais “leve”. Tem a tensão característica, os casos complexos, mas não tem a descrição sanguinária que encontramos em alguns enredos.

Para aqueles que estão a procura de uma história de investigação, com um protagonista que precisa correr contra o tempo para equilibrar a vida profissional com a pessoal, e quem sabe conseguir comemorar uma data especial com a família, não pode deixar de conferir o livro.

Nota: 
 



15 comentários:

  1. James Patterson é bastante versátil, pelo que eu percebi. Já vi vários
    livros de vários gêneros e as opiniões são bastante divididas. Um dia
    desses, andando pela Americanas, encontrei um outro Alex Cross e me
    senti tentada a comprar, mas não sabia se tinha uma ordem e poderia ser
    lido independentemente, por isso não o fiz. Mas me arrependi depois
    dessa resenha. É o gênero que eu mais gosto. Algo meio Agatha Christie,
    uma história rápida, mas que possuem uma grande surpresa no final e não é
    nada do que você espera.

    ResponderExcluir
  2. Oi Carla!


    Li recentemente e curti esse Natal agitado do Cross, rs.


    Bj!

    ResponderExcluir
  3. Oi Carlinha, eu preciso conhecer o Cross.
    Eu gostei bastante da capa e do título, mas ele é tãooo fininho. Tenho medo de me empolgar na melhora parte o fim chegar. XD
    Ainda assim vou tentar conferir, eu gostei muito dos dois livros dele que eu li. =)
    Posso entender a Nana, não deve ser nada fácil estar casada com um detetive.

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não li nenhum livro do Alex mas vi o filme e tenho vontade de conhecer!!!

    http://conversandodragoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Eu tenho muita vontade de ler a série mas queria os primeiros, mas acho que não me perco lendo fora de ordem, sinto insegurança ler fora de ordem.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi Carla, não disse que vinha conferir? Pensei que você ia dar uma notinha melhor para a trama, ou foi pela falta do sangue característico que você citou que a nota ficou na média?
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Achei bem bacana a sinopse desse livro, é um dos meus gêneros preferidos. Tenho curiosidade em ler os livros da série Alex Cross, mas prefiro ler na ordem de publicação. hehe

    ResponderExcluir
  8. Oi Andreza!
    Essa é uma série que acho que nunca vou conseguir ler desde o primeiro kkkkk
    Bjks!

    ResponderExcluir
  9. Oi Rose!
    Faltou uma pitadinha mais de suspense na história, sabe? Parece que tudo foi resolvido rapidamente, rs.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Oi Juliana!
    Eu comecei a série fora da ordem e não me senti perdida no enredo, não sei se isso te anima na leitura, rs
    Bjks!

    ResponderExcluir
  11. Oi Kate!
    E ai, gostou do filme?
    Bjks!

    ResponderExcluir
  12. Oi Dani!
    Esse é bem rapidinho mesmo, rs. Quando percebe já está no final, rs
    Bjks!

    ResponderExcluir
  13. Oi Gladys!
    É bem agitado mesmo ahah
    bjs!

    ResponderExcluir
  14. Oi Mallu!
    Menina, estou sentindo que vai gostar desse protagonista \o/
    Pode ler tranquila, você não vai se sentir perdida no enredo =D
    Bjks!

    ResponderExcluir

 
Google+