11

[Resenha] Ladrão de Almas

em quinta-feira, 2 de janeiro de 2014



Ladrão de Almas
Trilogia Taker - Livro 01
Alma Katsu
Editora Novo Conceito 

No turno da noite em um hospital em Maine, Dr. Luke Findley espera ter outra noite tranquila com lesões causadas pelo frio extremo e ocasionais brigas domésticas. Mas no momento em que Lanore McIlvrae — Lanny — entra no pronto-socorro, ela muda a vida dele para sempre. Uma mulher com passado e segredos misteriosos, Lanny não é como outras pessoas que Luke já conheceu. Ele é, inexplicavelmente, atraído por ela... mesmo ela sendo suspeita de assassinato. E conforme ela conta sua história, uma história de amor e uma traição consumada que ultrapassa tempo e mortalidade, Luke se vê totalmente seduzido.


Seu relatório apaixonado começa na virada do século XIX na mesma cidadezinha de St. Andrew, Maine, quando ainda era um templo Puritano. Consumida, quando criança, pelo amor que sentia pelo filho do fundador da cidade, Jonathan, Lanny faria qualquer coisa para ficar com ele para sempre. Mas o preço que ela paga é alto — um laço imortal que a prende a um terrível destino por toda a eternidade. E agora, dois séculos depois, a chave para sua cura e salvação depende totalmente de seu passado.

De um lado um romance histórico, de outro uma história sobrenatural, Ladrão de Almas é uma história inesquecível sobre o poder do amor incondicional não apenas para elevá-lo e sustentá-lo, mas também para cegar e destruir — e como cada um de nós é responsável por encontrar o próprio caminho para a redenção.

Ladrão de Almas escrito por Alma Katsu é o primeiro volume da trilogia Taker, onde traz a história de Lanny, uma mulher que busca a redenção, devido suas futilidades no passado. Foi complicado ler essa história, pois senti diversos sentimentos, ora fui surpreendida, em outra angustiada.

Por mais que a sinopse diga que o livro é um romance, não consegui identificar isso durante a trama. Lanny sente uma paixão que beira a obsessão por Jonathan, mesmo quando ela pensa estar fazendo algo genuinamente para ele, na verdade está tentando prendê-lo ao seu lado.

Ambos são inconsequentes, imaturos, irresponsáveis, não pensam em quem machucarão no caminho, importando apenas em satisfazer os desejos. Mas quando precisam tomar alguma decisão, sempre erram e se afundam mais nas consequências dos seus atos. Em toda a história, eu não consegui encontrar o amor entre eles. Sim, existia um sentimento de cumplicidade, uma amizade, até mesmo uma forte atração, mas eles não se amavam verdadeiramente.

A trama é forte, cruel, e não aconselho a história para os jovens. É uma história adulta que mexerá com qualquer leitor.

Gostei da forma como a imortalidade foi retratada no enredo, como uma maldição. Ver as pessoas queridas morrendo, o tempo passando e você não envelhecendo, foi aos poucos desligando os personagens dos sentimentos. Viviam apenas para amenidades, futilidades, coisas sem sentindo, e sem sentimento.

A autora descreveu muito bem a história, amarrando e explicando a trama. Criou personagens marcados, imprudentes, egoístas... em outras palavras, personagens humanos, reais. A narração é bem descritiva e o enredo não traz nenhuma ação.

A história é alternada entre a descrição do passado e o que ocorre no presente. Confesso que cheguei a pular algumas partes do presente, apenas para satisfazer a minha curiosidade com o que ocorria no passado (risos).

Para quem está procurando um livro que saia dos clichês, dos romances açucarados, ou até mesmo que anseia em ler livros com outros seres sobrenaturais, Ladrão de Almas é uma boa indicação. Com uma trama densa, cruel e envolvente, fará o leitor não desejar parar a leitura.

Nota:


11 comentários:

  1. Minha irmã comprou esse livro recentemente, mas depois de você dizer que não é recomendado para jovens, vou dar um jeito de fazer ela não ler porque ela é muito ingênua e não está preparada para certos sentimentos. Já eu, me interessei, mesmo não curtindo muito o gênero sobrenatural, mas gosto desses livros cruéis, por mais que me afetem bastante, acho que estou precisando de uma leitura mais pesada e humana.

    ResponderExcluir
  2. Carla, sou simplesmente apaixonada por essa série! Se você gostou desse primeiro, não faz ideia do que é o segundo livro dessa série! Vai terminá-lo louca pelo terceiro, eu garanto! Não espere para ler a continuação! O segundo livro é infinitamente melhor que esse primeiro!


    Um beijo,
    Inara
    www.lerdormircomer.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Náh!
    Menina, eu ainda não peguei o segundo para ler =O
    Preciso separar ele e colocar aqui na pilha, rs.
    Bjks!

    ResponderExcluir
  4. Oi Mallu!
    É que a trama é bem intensa, e tem algumas descrições bem cruas. Se o leitor não está acostumado ou não goste, talvez não se sinta confortável com a história :)
    Bjks!

    ResponderExcluir
  5. Oi Carla!

    Ainda não li o livro, faz tempo que eu tenho, só falta ler!

    Beijos,

    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  6. Estou com o livro na minha estante e nunca despertou tanto o meu interesse. Estava louca por ele quando compre. Estória diferente, mais madura e não é cheia daquele coisa melosa. Mas acabei perdendo o interesse após adquiri-lo e está parado na minha estante. Acho que ainda estou mais empolgada para os Romances Policiais e voltar pro sobrenatural agora é falta de cogitação.

    ResponderExcluir
  7. Oi Carla, este livro eu achei um pouco chatinho, mas amei o segundo volume e não vejo a hora de ler o terceiro!
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  8. Oi Rita!
    Ahhh quem sabe você ainda venha apreciar a leitura =D
    Bjks!

    ResponderExcluir
  9. Oi Rose!
    menina, eu ainda preciso ler o segundo livro kkkk
    Bjs!

    ResponderExcluir
  10. Oi Carla!
    Não tenho interesse nessa trama, não é a minha praia.
    Lá vai vc para mais uma série.
    Bj!

    ResponderExcluir
  11. Oi Gladys!
    já falei que eu não tenho jeito kkkk
    Bjks!

    ResponderExcluir

 
Google+