5

[Resenha] Paixão sem Limites

em segunda-feira, 27 de janeiro de 2014


Paixão sem limites
Abbi Glines
Série Sem Limites
Editora Arqueiro
192 páginas

Paixão sem limites escrito por Abbi Glines é o primeiro volume da trilogia new adult Sem Limites (Too Far), que conta o romance entre Blaire e Rush.

Blaire não teve uma adolescência noraml. Após os últimos três anos cuidando da mãe doente, ela se encontra em uma difícil posição de escolha. Com o falecimento da mãe, Blaire foi obrigada a vender os bens que possuía inclusive a casa onde morava, para pagar as despesas médicas. Agora, aos 19 anos, está sozinha sem lugar para morar. Como não tem para onde ir, ela pede ajuda para pai que a abandonou.

Ao chegar à cidade de Rosemary, na Flórida, Blaire vai até a mansão à beira-mar onde o pai mora, mas tem uma surpresa. O pai viajou com a madrasta para Paris, deixando a jovem sozinha com o irmão postiço, Rush.

Rush Finlay é filho da madrasta de Blaire com um famoso astro do rock. Ele é lindo, rico, sedutor, e tem tudo o que deseja. Avesso ao compromisso, Rush sempre tem uma mulher na sua cama, apenas para dispensá-la no dia seguinte. Rush não gosta da presença de Blaire na casa, e faz de tudo para deixá-la desconfortável.

Blaire sabe que precisa se manter afastada de Rush, mas é impossível negar a atração que sente por ele, principalmente quando o jovem começa a dar sinais que sente a mesma coisa.

Com o tempo, eles acabam se envolvendo em uma paixão proibida. Mas Rush guarda um segredo onde Blaire não pode descobrir, e que pode mudar a vida do casal.

Confesso que estava curiosa com a leitura desse livro desde que li sobre o lançamento. Após muitos comentários positivos, e como não consegui segurar a minha curiosidade, passei esse livro na frente de todos os outros. A leitura desse volume foi complicada, pois senti várias emoções, sempre alternando entre amar e odiar o livro. Posso dizer que tive três momentos durante a leitura.

No primeiro momento, fiquei me perguntando o que a autora queria mostrar evidenciando algumas atitudes de Rush e Blaire. Ingênua e inocente, Blaire mostra força de vontade e determinação, lidando com as dificuldades que a vida lhe impõe. Ao mesmo tempo em que ela mostrava essa determinação, Blaire tinha algumas atitudes infantis que me irritaram durante a leitura.

Rush foi caracterizado como “o pegador”, aquele homem que transa com todas as mulheres que aparecem na frente, sem se preocupar com qualquer compromisso. Mesmo com toda essa aura de homem sexy, não fiquei impressionada com suas demonstrações de homem insensível.

O romance entre o casal começa a acontecer na metade da história, e foi o momento que comecei a apreciar a leitura. As dúvidas relatadas pela autora são fáceis de conquistar o leitor. Mocinha sozinha, pobre que perdeu tudo o que tinha, que se apaixona pelo mocinho rico, sedutor, que demonstra sentir um sentimento profundo, disposto a fazer de tudo para agradá-la. Alguém já ouviu essa história por ai? (risos)

Mas o momento onde eu realmente gostei do livro e não consegui mais parar, foi na revelação do segredo de Rush. Sim, foi nesse momento que eu compreendi o porquê dos leitores apreciarem as histórias de Abbi Glines. E não adianta, não vou contar para ninguém qual é o segredo (risos).

Após essa revelação e a conclusão do volume, eu mudei o meu conceito com a trilogia, e fiquei apaixonada e viciada no romance. Foi impossível largar e estou ávida pela continuação para saber o que acontecerá com o casal.

Como disse, passei por três momentos durante a leitura: o primeiro, não gostando das atitudes dos personagens principais; o segundo, apreciando o início do romance e suas dúvidas; e o terceiro, o impacto da revelação do segredo, onde compreendi várias das atitudes dos personagens. Mesmo com esse início conturbado, eu adorei a leitura do volume, e não vejo a hora de conferir o próximo volume.

Em suma, Paixão sem Limites é um romance que vicia, que não tem como largar, e que é uma necessidade ter o segundo volume em mãos, pois não dá para esperar para ler o próximo. 

Agora, é só aguardar mais alguns dias para poder ler a continuação da história.

Nota:



5 comentários:

  1. Danielle CGA Souza27 de janeiro de 2014 18:34

    Oi Carlinha, eu gostei do livro, mas não muito do linguajar usado. Porém estou bem ansiosa para conferir a continuação. =)
    O Rush é um personagem bacana de acompanhar!!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Carla! Estou ansiosa para ler Paixão sem Limites! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  3. Amei sua explanação sobre o livro. Eui li e senti o mesmo que você; estranhei, gostei, me empolguei, rsrsrs

    Beijokas Ká!

    ResponderExcluir
  4. Eu já tenho esse livro mas só quero ler qdo já tiver a continuação.Leio críticas muito boas a respeito e estou bem curiosa. Tbém já li que a autora poderia ter escrito tudo em 1 livro só.Vamos ver o que eu acho... :D

    bjs!

    ResponderExcluir
  5. Eu fiquei interessada no livro quando o vi nos lançamentos. Achei a sinopse bem interessante e fiquei com uma peninha da Blaire. Sofreu tanto tadinha.
    A medida que fui lendo resenhas sobre a obra o encanto inicial meio que se desfez e não estou tão desesperada pra ler esse livro.
    Claro que se o ganhasse adoraria ler.

    ResponderExcluir

 
Google+