3

[Resenha] O Sol Voltou a Brilhar

em quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014



O sol voltou a brilhar

Célia Xavier de Camargo

Pelo espírito Erick

Editora Petit

459 páginas



Londres, século 19. Na capital do Império Britânico, durante o reinado da rainha Vitória, um rico e respeitado comerciante vive luxuosamente, cercado de criados. Helen, mimada pelo pai, quer se divertir e vai ao encontro do perigo: um espírito perverso trama sua perdição... Arrastada pela obsessão, Helen entrega-se ao prazer. George, ao resgatar a filha, conhece o lado sombrio de Londres, onde imperam a miséria e o vício. Helen assume outra personalidade e ataca violentamente o pai. George não acredita em Deus, mas o desespero o conduz a uma sessão espírita. Diante de um fenômeno de materialização, George entenderá que o sol um dia voltará a brilhar no horizonte de sua vida.

Os autores Erick e Célia nos apresentam um romance vivido pelos personagens na época em que o espiritismo estava sendo apresentado ao mundo, atravessando fronteiras e invadindo a mais alta sociedade cheia de tabus e preconceitos.

Quando a dor bate em nossa porta, somos obrigados a buscar remédios, quando esse remédio só vem com a revelação de uma existência de uma nova doutrina, levando para o ralo tudo o que aprendemos até ali, temos que reagir.
Através do belo romance você vai conhecer a dor e o sofrimento de um rico e conceituado casal, vendo sua única filha a beira da morte, através da loucura e da depressão. Tendo o diagnóstico do seu fiel e amigo médico da família, uma perigosa obsessão, fazendo com que tudo seja difícil de acreditar e assimilar.
Aprenda com eles como mudar, como aceitar o novo, o atual, como sobrevivesse a toda essa mudança. Só acreditando em Deus, em sua sabedoria infinita e tudo o que ele nos faz para nos ver livre da dor e dos inimigos. Emoção não vai faltar.

Nota:
 



   

3 comentários:

  1. Gostei da resenha Carla. A premissa é bem interessante e acredito que seja um pouco forte também, por envolver obsessão. Só achei essa capa meio medonha...rs. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei bastante deste livro.

    Achei uma trama suave e bem construída apesar do tema forte, sem contar que a capa é simplesmente linda né?!

    Beijo, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Esse livro eu passo, nao gosto desse tipo de leitura infelizmente, mas tenha uma otima leitura!


    xx

    ResponderExcluir

 
Google+