3

[Resenha] Convergente

em terça-feira, 11 de março de 2014


Convergente
Divergente – livro 3
Veronica Roth
Rocco Jovens Leitores
526 páginas

Convergente escrito por Veronica Roth é o terceiro e último volume da aclamada trilogia distópica Divergente, trazendo um encerramento que deixará os leitores estarrecidos.

 Após os acontecimentos finais do segundo volume, a sociedade na qual Tris sempre conheceu desmoronou diante das disputas violentas, marcada por perdas e traições. Com chance de explorar o mundo desconhecido, Tris não hesita diante dessa oportunidade, acreditando que é o caminho que precisará seguir para ter uma vida simples, afastando das mentiras e memórias dolorosas.

Não vou me estender na sinopse da história, ou contar mais do que esse breve início, pois o livro é repleto de revelações do início ao fim. Cada detalhe que eu possa deixar escapar na sinopse poderá estragar as emoções durante a leitura.

A história é narrada pelo ponto de vista de Tris e Tobias, o que foi uma surpresa e um novo fôlego para o enredo, mostrando mais sobre as dúvidas e convicções desse personagem tão complexo.

Tris mostra-se mais centrada e sem aquelas atitudes impulsivas e suicidas que me irritaram no segundo volume. Mesmo sabendo da sua dor e de tudo o que passou no decorrer da história, eu não consegui impedir a minha irritação com a personagem. Mas nesse volume, ela mostra o porquê me conquistou com suas atitudes.

A partir do momento que começamos a ler os capítulos narrados pelo ponto de vista de Tobias, aprendemos mais com o personagem, e a sua luta interna para não se deixar influenciar pelo passado violento que precisou enfrentar. Tobias continua sendo outro ponto da balança nas atitudes de Tris, e é contagiante acompanhar a interação do casal no decorrer da leitura.

O enredo traz o pior do ser humano, o quanto pode ser odioso, ciumento, mesquinho e egoísta. Ao mesmo tempo, podemos notar o lado bom, altruísta, disposto a dar o melhor de si para colaborar com a sociedade ao redor. 

Os personagens retratados por Veronica Roth são falhos e humanos, e é exatamente por isso que nos identificamos tanto com eles. Por mais que nos volumes anteriores o leitor foi conduzido a imaginar um vilão, eu não consegui visualizar isso no decorrer da leitura. Todos os personagens, sem distinção, trazem traços de maldade e bondade, e a diferença entre eles está na escolha de cada um.

Todas as questões levantadas nos livros anteriores são respondidas, e nada foi deixado para trás. Mesmo com alguns pontos que não concordei com o caminho optado pela autora, não posso deixar de admitir que ela conseguiu fazer uma história com começo, meio e fim, evidenciando os detalhes da distopia que tanto esperamos encontrar nesse gênero. As revelações trazidas no decorrer da trama não eram nada o que eu imaginava, e a cada detalhe exposto, ficava a pensar na genialidade da autora.

Ainda estou tentando digerir que a trilogia chegou ao fim, e parece que nada conseguirá atingir o nível de envolvimento que tive no decorrer da leitura. Sabendo que sofrerei por alguns dias com o final da leitura, apenas tenho a dizer que a autora conseguiu encerrar a trilogia, respondendo todos os questionamentos levantados desde o primeiro volume. Para aqueles que acompanharam a trilogia até agora, se preparem que o livro é impactante do começo ao fim.

Tentando voltar a normalidade após a leitura de Convergente.
 Nota:




3 comentários:

  1. Acredita que peguei Divergente pra ler hoje?! Estou no comecinho ainda, mas já estou amando. Como se trata do último livro da série, não quis ler nada sobre, até porque ainda tem muita coisa pra acontecer tanto nesse primeiro, como no segundo livro. Mas só por esse gif aí no final, já sei que vou gostar e muito!

    ResponderExcluir
  2. Danielle CGA Souza17 de março de 2014 17:45

    Não li a resenha pq pretendo conferir a trilogia, mas fiquei contente por encerrar com nota 5. =)
    Acredita que não tinha percebido a quantidade de páginas? *-*
    Quando ler vou tentar vir aqui e comentar.

    Minha Velha estante
    Leitura Nossa de Cada Dia

    ResponderExcluir
  3. Olá Carla...Ainda nem iniciei esta trilogia,mas só de saber que você gostou dela fico mais animada!!Necessito ler e mês que vem quero começar a comprar ela!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir

 
Google+