4

[Resenha] Veneno

em sexta-feira, 7 de março de 2014


Veneno
Saga Encantadas -  Livro 1
Sarah Pinborough
Única Editora
224 páginas

Veneno escrito por Sarah Pinborough é o primeiro volume da trilogia Encantadas, onde narra alguns dos contos de fadas sem o encanto e pureza infantil que conhecemos.  

Neste primeiro volume acompanhamos Lilith, madrasta da Branca de Neve, que nutre um rancor e ciúmes pela jovem que é tão amada e querida por todos do reino. Lilith se viu obrigada a casar com um rei para conseguir se salvar da acusação de bruxaria e isso faz com que ela não acredite nos sentimentos, apenas na ilusão de que precisa de cada vez mais poder. Como não consegue o amor do seu povo, ela o obtêm através do medo e da dor. 

Quando o rei parte para a guerra deixando Lilith e a Branca para trás, a rainha não pensa duas vezes para mostrar seu controle, subjugando todos do castelo.

Branca de Neve é jovem linda, sedutora, altruísta que sempre está a fazer o bem para o povo. Gosta de vestir como roupas masculinas e a cavalgar por todo o reino, sempre visitando seus melhores amigos, os anões. 

Lilith quer transformar Branca em uma dama para casá-la com um príncipe e afastá-la do castelo. Com isso, a rainha não poupa esforços para sufocar a garota com regras e roupas apertadas, espartilhos, proibindo todos os antigos amigos de entrar em contato com ela. Mesmo com tantas regras, Branca é insubordinada, e sempre consegue burlar os castigos, aumentando a raiva de Lilith.

Seguindo alguns dos fatos conhecidos da clássica história, mas modificando o conteúdo para conquistar o público adulto, Sarah Pinborough não define os mocinhos e os vilões. Branca de Neve se mostra uma jovem mimada e inconsequente, que mesmo com o seu altruísmo, me irritou com sua falta de maturidade; a Rainha Má continua com suas maldades, mas existem justificativas; o Príncipe Encantado que não é o homem perfeito que imaginamos que ela seja.

Mesmo utilizando como pano de fundo um enredo infantil, a história foi escrita para conquistar o público adulto, com momentos surpreendentes. O volume acaba de uma forma que deixa o leitor curioso para saber como a autora continuará no próximo volume.

Não existe um “Final Feliz” no volume, e foi esse detalhe que me chamou a atenção na trama, me conquistando para acompanhar a trilogia. Confesso que adorei a capa do volume, e já comecei o segundo livro, Feitiço, pois a minha curiosidade é imensa (risos).

Nota:
 



4 comentários:

  1. Oi Carla, a capa é mesmo um charme e esta falta de um final só aumenta mesmo nossa curiosidade com a estória. Uma série que com certeza também vou querer ler.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. Só tenho lido coisas positivas sobre essa saga Encantadas. Nunca fui
    muito fã de contos de fadas, mas dependendo da releitura (como é o
    exemplo de Once Upon a Time), dificilmente eu resisto. Acho que deve ser
    uma leitura que valha a pena. E ah, outro detalhe: a capa é linda! Vou aguardar a resenha do próximo livro pra tirar minhas conclusões.

    ResponderExcluir
  3. Oi Carla!
    Adoro contos de fadas, então claro que quero ler este livro!
    A capa é muito linda *-*

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  4. Michelli Santos Prado11 de março de 2014 10:56

    Gosto também das releituras dos contos.
    O livro parece bem interessante e tenho certeza que vou gostar, afinal gosto da séries da teve baseados nos contos de fada.
    E desde que foi lançada esta trilogia, minha curiosidade esta bem grande...
    Espero poder conferir em breve =)

    ResponderExcluir

 
Google+