4

[Resenha] O Verão que Mudou a Minha Vida

em segunda-feira, 26 de maio de 2014
O Verão Que Mudou Minha Vida
Verão - Livro 01
Jenny Han
Galera Record

O verão que mudou a minha vida escrito por Jenny Han é o primeiro volume da trilogia Verão que narra a história de Belly e os irmãos Jeremiah e Conrad.

Belly passou todos os verões com o irmão na casa de praia junto de Susannah, única e melhor amiga de sua mãe, e seus dois filhos, Jeremiah e Conrad. Belly era a caçula e a única menina entre os garotos, e sempre fazia de tudo para participar das brincadeiras, para se sentir incluída. Belly sempre adorou o verão que significava reencontrar os irmãos Fisher.

A véspera de completar 16 anos, Belly percebe que a vida dos quatro logo mudará, e talvez eles não consigam se reunir nos próximos verões. No próximo ano todos estarão ocupados demais e talvez alguns deles já nem esteja mais entre nós...

Desde que li a sinopse dessa trilogia, eu deixei de lado a leitura por imaginar que não gostaria do tema proposto pela autora. A fórmula “uma jovem que se apaixona por dois irmãos” é algo que sempre me deixa um pouco irritada, pois o triângulo amoroso torna-se confuso no decorrer da leitura. Confesso que estava enganada com a história de Jenny Han.

Belly é uma adolescente que não percebe o quanto está tornando-se bonita. Ela sempre foi vista como a irmã mais nova, que está por perto tentando chamar a atenção para ser incluída no grupo de garotos. Mas ela está se tornando uma mulher, e isso chama a atenção de Jeremiah e Conrad.

Conrad é o irmão mais velho, sempre reservado, concentrado, organizado, e aquele que Belly ama secretamente. Jeremiah é o irmão mais novo, que gosta de agradar e sempre tem um sorriso fácil no rosto.

Belly é apaixonada por Conrad desde sempre, e não sabe como chamar a atenção do garoto. Ela é inexperiente, tornando-se inocente em suas atitudes, algumas vezes sendo infantil. Mas nesse verão, Belly começa a amadurecer, sente-se atraída por outro rapaz e aos poucos ela começa a se descobrir.

A narrativa de Jenny Han é leve, fluída com um toque nostálgico. Carregada de sentimentos, acompanhamos o amadurecimento dos personagens, assim como a passagem da adolescência para a vida adulta. Eles sofrem, choram, se divertem, têm dúvidas normais para idade. Foi um enredo que não consegui parar até chegar à última página. A autora narra a história misturando os fatos do presente e os do passado, mostrando a forte ligação que une os irmãos Belly e Steven com Conrad e Jeremiah. Impossível não se apaixonar por esses personagens e torcer pela felicidade deles.


O livro termina de uma forma em que precisamos do segundo volume urgentemente, impossível se segurar para começar a leitura. 

Nota:



4 comentários:

  1. Já li muitas críticas positivas a respeito deste livro, e cada vez quero mais lê-lo! A história foge um pouco do habitual triângulo amoroso, e parece um romance mais maduro do que os dramas adolescentes que tem por aí (não que sejam ruins, mas não é a mesma coisa).

    Beijos! || ape56.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. eitah, cada resenha q li dos 3 livros, mais eu me convenço que vou ficar estressada com o triangulo :p mas a nota foi tao boa, que acho q a leitura deve valer a pena... mas vou atrasar pra começar, pq estou com raiva de tudo q envolve muito triangulo

    ResponderExcluir
  3. Olá Carla...Sempre via este livro,mas confesso que foi a primeira resenha que li sobre ele, e confesso que já algum tempo não tenho nada sobre um triangulo amoroso e esta historia realmente parece ser super interessante pois creio que a forma da escrita me agradaria muito!! Ótima resenha!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Carlinha, Acho essas capas tão clean que agradam ao olhar. =)
    Triângulo amoroso e com irmãos é complicado mesmo, mas fiquei bem curiosa. Até pq senti que o Jeremiah é o que gosta da Belly, mas é apenas suposição. =)
    Gostei muito da resenha.

    ResponderExcluir

 
Google+