4

[Resenha] O Amante

em sexta-feira, 13 de junho de 2014
O amante
This Man – vol. 1
Jodi Ellen Malpas
Editora Essência
422 páginas

O amante escrito por Jodi Elllen Malpas é o primeiro volume da trilogia This Man que narra o tórrido romance entre Ava e Jesse.

A jovem designer de interiores, Ava O’Shea foi chamada para trabalhar com o misterioso Sr. Jesse Ward, proprietário do imóvel O Solar. Ela esperava um homem velho, acima do peso, usando terno e gravata, mas não imaginava encontrar o oposto da sua imaginação. Jesse é lindo, charmoso, confiante, vaidoso, arrogante, controlador sem limites.

Ava não quer se sentir atraída por ele, mas é cada vez mais impossível. Cada instinto diz para ela correr, mas Jesse não quer a deixar escapar. Ele está determinado em tê-la ao seu lado. Ava sabe que está prestes a entrar em um relacionamento intenso e conturbado, mas o que fazer quando Jesse não a deixa partir?

Essa é uma das resenhas mais difíceis de escrever, pois sofri uma reviravolta de emoções durante a leitura, estando dividia entre o amor e o ódio com as atitudes dos personagens.

Ava terminou recentemente um relacionamento e não tem a intenção de começar outro. Ela está focada na carreira, que devido a oportunidade de seu atual chefe, cada vez mais ela é reconhecida no mercado. Quando conhece Jesse, a atração entre eles é explosiva, e mesmo tentando se afastar, ele insiste em demonstrar que existe algo entre eles. Ava não é uma mulher inocente e é extremamente racional. Ela sabe do perigo em se apaixonar por Ward, mas é impossível se afastar dele.

Jesse é milionário, lindo, poderoso, confiante, mas quando conhece Ava, torna-se extremamente controlador, obsessivo, arrogante, fazendo de tudo para controlar todos os passos de Ava. Ele sente uma forte atração pela jovem, e faz de tudo para convencê-la. Jesse sempre usa aquela palavra que tanto amamos no romance “você é minha”, e é impossível não se derreter com a sua persistência em fazer de tudo para conquistá-la.

O romance entre eles é explosivo, e recheado de cenas sensuais, e acompanhamos o envolvimento entre eles.

Vocês devem estar se perguntando o que tanto eu não gostei na história. Ela tem todos os elementos que adoramos no romance: uma mocinha decidida, um homem sexy e poderoso, cenas sensuais para completar o pacote. Mas a autora peca pelo excesso.

Durante a história, o casal fica na eterna briga e reconciliação, quando imaginamos que eles começarão o relacionamento, Ava inventa uma desculpa pela racionalidade e se afasta, deixando Jesse louco.

Jesse é extremamente controlador. Ele quer saber de tudo o que Ava faz, monopolizando todo o seu tempo. Desde a simples escolha da roupa, até o horário do trabalho ele quer controlar, decidir, ter para ele.

As brigas entre o casal são por motivos bobos, e até infantis, que em determinado momento, eu estava cansada durante a leitura, por ver a mesma situação se repetindo desde o início da história.

Não vou negar, eu gostei da história proposta pela autora, a complexidade do passado de Jesse, a racionalidade de Ava, e também o conturbado relacionamento entre eles. A escrita de Jodi é envolvente, contagiante e não conseguimos parar a leitura. Eu estou muito curiosa com a continuação, mesmo sabendo que provavelmente ficarei irritada com as atitudes de Jesse. Eu sei, sou uma pessoa complicada que gosta de homens complicados (risos).

Para um primeiro volume, se tivesse alguns capítulos a menos, acredito que não teríamos a repetição de brigas entre o casal, deixando a história mais concisa, sem perder a originalidade e cenas marcantes.


Como falei, foi uma história onde meus sentimentos duelavam entre o amor e o ódio, e até agora estou com o enredo na cabeça. Não vejo a hora de ler o próximo volume, e saber como continuará o romance entre Jesse e Ava.

Nota:


4 comentários:

  1. Oi Ka, comprei esse livro e vou esperar sair o próximo para lê-lo na sequência.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rô!
      Eu devia ter feito isso também kkkk
      Bjks!

      Excluir
  2. Gosto desse estilo de books, terminei de ler um hoje ssim. Só que para o estilo "homem bonitão, metido e complicado" com "garota resistente-ao-charme focada na carreira", fica meio batido pra uma saga, acho que fica bom em um livro só. Boa resenha :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi!
      Não vou mentir, não vejo mais o porquê tudo ser trilogia, um livro só está ótimo, rs.
      Bjks!

      Excluir

 
Google+