6

[Resenha] A Redenção de Gabriel

em quarta-feira, 25 de junho de 2014
A Redenção de Gabriel
Sylvain Reynard
Editora Arqueiro
427 páginas

A Redenção de Gabriel escrito por Sylvain Reynard é o último livro da Trilogia O Inferno de Gabriel, onde acompanhamos o romance entre o professor Gabriel e a aluna Julia.

Após o escândalo em que se viram envolvidos no livro anterior, Julia e Gabriel estão recém casados. Gabriel está dando aula na Universidade de Boston e Julia faz o doutorado em Havard. Querendo mostrar o seu trabalho, Julia precisa se empenhar ainda mais nos artigos e dissertações para sair da sombra do marido famoso, mesmo que para isso precise discutir com ele. Quando Julia é convidada para dar uma palestra, Gabriel não concorda com a linha de pesquisa e logo inicia a primeira crise do casal.

O casal se confronta com antigos rivais, pessoas que querem a todo custo atrapalhar a vida do casal, sempre criando empecilhos e escândalos.

Além do conflito com a carreira, existe outro assunto que está desestabilizando a felicidade do casal. Gabriel quer ter um filho, mas Julia ainda não se sente preparada e quer esperar terminar o doutorado primeiro. Involuntariamente, Gabriel pressiona Julia sobre a gravidez, e ela se sente cada vez mais sobrecarregada, não querendo atrapalhar a felicidade do marido.

Mas para realizar o sonho de formar uma família, Gabriel e Julia precisarão enfrentar velhos medos. Será que eles serão capazes de deixar antigos medos para traz e constituírem uma família?

Correndo risco de receber críticas dos fãs da trilogia, para mim, ela se encerrou com uma chave de prata. Não posso negar que adorei acompanhar mais da vida de casado de Gabriel e Julia, mas alguns pontos nesse terceiro livro me incomodaram.

Durante todo o livro fiquei a esperar um momento de conflito, de forte emoção, como os que ocorreram no livro anterior. Aquele momento em que ficava com o coração na mão, imaginando como eles conseguiriam resolver determinada situação. Mas em toda a crise, eles logo se entendiam, como estivessem casados há anos, e não há poucos meses. Sim, aconteceram algumas brigas, alguns momentos tensos, mas logo resolviam as diferenças.

Gabriel continua a mostrar e a reverenciar todo o seu amor para Julia, sempre a protegendo e atendendo todos os seus desejos. Julia mostra determinação em querer continuar o doutorado e que sabe mostrar as garras quando o assunto é falaram sobre seu grande amor, Gabriel.

Esse terceiro livro amarra todas as pontas soltas que ficaram nos livros anteriores. Temos a conclusão de todos os personagens que apareceram no decorrer da trilogia, alguns foram satisfatórios, outros, fiquei a pensar o motivo do autor escolher esse caminho. O autor foca a história em determinada crise do casal, e devido a isso, senti falta de um epílogo para saber como estão os personagens após alguns anos.

A escrita de Sylvain é deliciosa de se ler e carregada de sentimentos e fatos históricos. Impossível não pesquisar mais sobre o assunto após a leitura do livro. A história desse terceiro volume é essencialmente romântica, onde acompanhamos o crescimento dos personagens, e o quanto eles aprenderam a confiar e a se apoiar um no outro nos momentos conturbados da vida.


O encerramento da trilogia é previsível, mas não deixa de ser emocionante, evidenciando o poder de transformação do amor, perdão e o quanto devemos aproveitar as segundas chances.

Nota:



6 comentários:

  1. Apesar de não ter sido o melhor livro da trilogia, parece que fechou bem a série. O amadurecimento, as atitudes, as dificuldades, as crises pessoais e relacionais.. tudo isso fez parte da jornada de Gabriel e Julia. E são aspectos como esses que fazem os personagens tão reais e humanos.
    Ainda não li nenhum dos livros, mas o que mais me chamou a atenção foi esse background da história. Livros do gênero acabam ficando superficiais sem esse desenvolvimento dos personagens.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ana!
      Não vou dizer que isso aconteceu porque a minha expectativa estava alta com relação ao último livro, mas o autor acabou deslizando com alguns detalhes...
      Gostei muito do encerramento, mas algumas coisas foram desnecessárias.
      Bjks!

      Excluir
  2. Eu gosto muito de ver a evolução e amadurecimento dos personagens ao longos dos livros. Mas não se teria paciência para ler essa trilogia. Enfim é bom um romance em que o casal não se apaixona e se resolve rápido, só tenho lido isso ultimamente kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabi!
      Você não é a primeira que me diz que não teria paciência para esse romance kkk
      Bjks!

      Excluir
  3. Essa trilogia não é muito minha praia, mas é ótimo ler um livro onde você pode acompanhar o crescimento e amadurecimento dos personagens. A realidade do casal é muito parecida com quase todos os casais recem casados, um dos dois quer constituir carreira e o outro aumentar a familia e isso abala um pouco o relacionamento. Acredito mesm oque o final seja previsivel, acho que até eu que nao li nenhum deles ja sei, rss.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Katia!
      ahahaha
      Realmente, não tem como não prever o final ahaha
      Bjks!

      Excluir

 
Google+