12

[Resenha] No Limite da Ousadia

em quarta-feira, 30 de julho de 2014
No Limite da Ousadia
Pushing the Limits – livro 02
Katie McGarry
Verus Editora
420 páginas

No Limite da Ousadia escrito por Katie McGarry é o segundo volume da série Pushing the Limits, onde acompanhamos o romance entre Beth e Ryan. Beth é a melhor amiga Noah, protagonista do primeiro livro da série. Neste segundo volume, contamos com as aparições de Noah, Echo e Isaiah, mas são poucas as cenas em que eles estão presentes.

Beth é uma jovem durona e tatuada que precisa cuidar da mãe alcoólatra e viciada. Beth apenas tem os melhores amigos Noah e Isaiah para recorrer quando algo acontece em sua vida e ela não confia ninguém mais além dos dois.

Quando assume um crime para salvar a mãe de ir novamente para a cadeia, Beth vê a sua a guarda nas mãos de seu tio, um rico esportista aposentado que largou a jovem ainda criança, e agora quer voltar para ajudá-la. Beth se muda para a pequena cidade onde nasceu para viver junto com o tio. Sentindo-se traída por todos e ainda mais sozinha, Beth precisa frequentar uma escola onde ninguém a compreende e ainda conviver com uma tia que não a quer por perto.

Ryan é o garoto perfeito, com um futuro promissor jogando beisebol e filho de um dos casais mais influentes da cidade. Mas ninguém sabe exatamente o que o jovem enfrenta dentro da própria casa, sendo obrigado a colocar todos os dias uma máscara de perfeição para ninguém descobrir a crise familiar que enfrenta. Ryan e seus amigos gostam de fazer apostas envolvendo desafios que devem cumprir, e Ryan nunca perde... ele não gosta e não pode perder.

Através de aposta, Ryan e Beth não percebem a atração crescente entre eles. O garoto perfeito não imaginava se apaixonar por uma garota que não se encaixa nos desejos da família modelo em que vive. A mocinha vai perceber que tem muito a perder se deixar de lado um garoto que faz de tudo por ela.

Através de uma narrativa fluída e contagiante, acompanhamos o desenvolvimento de uma história de amor que se consolida aos poucos, onde o casal precisa vencer a falta de confiança e a vulnerabilidade que não imaginavam sentir.

Beth teve uma vida dura, onde não tinha ninguém para pedir ajuda. Não confia em ninguém, principalmente nos homens, já que foi abandonada pelas figuras do sexo masculino que deveriam protegê-la. Ela defende com unhas e dentes a única pessoa que não a abandonou, mesmo que essa pessoa passe mais tempo vivendo com o efeito do álcool ou da droga.

Ryan é o típico garoto de ouro onde todos querem ter uma vida igual à dele. Mas não imaginam o que se passa dentro do lar, assim como não sabe os sacrifícios que precisa fazer para atingir a sonhada perfeição do pai.

O relacionamento entre eles acontece de forma gradativa, de forma crível, onde eles não se apaixonam de forma instantânea. É um longo caminho a ser percorrido para eles conseguirem confiar um no outro. Como o início entre eles foi conturbado devido a aposta, é difícil para Beth saber se a atitudes de Ryan são sinceras ou se apenas fazem parte um jogo.

Aos poucos, conhecemos a vulnerabilidade e fragilidade de Beth, que não se deixa confiar em ninguém para não sofrer a dor do abandono. Assim como Ryan, que tem sonhos e planos, mas que são deixados de lado para atingir uma perfeição que os pais desejam.

A autora surpreende mais uma vez com um enredo leve, com um toque de drama, mostrando a complexidade dos sentimentos, com personagens marcantes e imperfeitos, que apenas desejam serem amados pelo que eles são.  Não vejo a hora de acompanhar o próximo livro da série, que trará o romance de Isaiah, um personagem que merece muito alguém que o ame com todas as forças. Os capítulos são alternados entre o ponto de vista de Beth e Ryan, o que traz uma rapidez na leitura devido as características marcantes e contagiantes dos protagonistas, que empolgam e viciam o leitor.

Com um final emocionante, Beth e Ryan ficaram marcados na memória em um romance com doses de drama e realidade. Impossível não se apaixonar por esse casal.

Nota:



12 comentários:

  1. Oi Carla,

    Sabe que eu achei que esse livro fosse mais hot do que romance ? Sei la, talvez pela capa.
    Que historia sofrida de BEth, largada por todos, com uma mae alcoólatra.
    E incrivel que nesses livros a mocinha sempre se apaixona pelo rapaz rico né rsss.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Katia!
      E não é nada hot, rs. A história é muito boa, e não vejo a hora de ler o próximo!
      Bjks!

      Excluir
  2. Eu amei o primeiro livro, e este claro que quero ler.
    Eu achava que ela iria ficar com o menino do primeiro livro...uma pena, mas se fosse assim não teria três livros..rs.
    QUero muito saber como se desenvolve este romance, eu esperava que fosse mais hot, mas pretendo ainda assim, beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Neny!
      Eu adorei o primeiro livro, é ótimo!
      bjks!

      Excluir
  3. Oiee Carla!
    Que perfeição esse livro,adoro quando o cara é o "bonzinho" e a mulher
    é a Bad Girl.A história segue o mesmo roteiro daquelas com as quais eu já
    estou bem acostumada e adoro lê-las diariamente.
    A capa do livro está maravilhosa e a lombada também é uma coisa linda.
    beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Letícia!
      Estou vendo que você vai gostar dessa história =D
      Bjks!

      Excluir
  4. Olá Carla!
    Esse não é o tipo de livro que curto muito. E esperava um livro bem mais hot também, essa capa nos engana. Gosto de livro leves, com personagens marcantes e enredo leve. Mas a trama do livro não me chamou atenção, apesar de ter um tema um tanto sugestivo, "uma jovem que tem que cuidar de sua mãe alcoólatra e viciada". Apesar de tudo, "No limite da ousadia" não entrou pra minha lista. Ótima resenha, parabéeens!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Oi Carla!
    Os livros dessa série parecem ser ótimos! Quero ler os dois!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi Carla, infelizmente eu ainda não pude ler nenhum dos livros desta série, mas com certeza está na listinha dos desejados, adoro um romance com pitadas de drama, e esse parece ser bem legal.
    Gosto de livros em que os capítulos são alternados entre os protagonistas, podendo assim saber o ponto de vista de cada um.
    Espero lê-lo em breve, adorei a resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OI Andreana!
      Torcendo para que goste da trama ^^
      bjks!

      Excluir

 
Google+