7

[Resenha] Invisível

em segunda-feira, 18 de agosto de 2014
Invisível
David Levithan e Andrea Cremer
Galera Record
318 páginas

Invisível escrito em parceria por David Levithan e Andrea Cremer, traz um romance sobrenatural, onde um jovem casal fará de tudo para quebrar uma maldição.
Stephen foi amaldiçoado desde o nascimento, onde ele é invisível, não apenas para si mesmo, mas para todos. Não conhece o próprio rosto, vive a acompanhar a vida das outras pessoas sem poder se envolver. Ele vaga por Nova York, em um esforço contínuo para não desaparecer completamente. Sua mãe faleceu, e o pai foi embora, deixando apenas um cartão de crédito. Ele está cada vez mais sozinho, sem esperanças.

Até que um milagre acontece. Um milagre chamado Elizabeth.

Elizabeth é a nova vizinha de Stephen e procura aquilo que ele mais odeia, ser invisível, de passar despercebida. Ela sofreu a rejeição dos amigos, após o irmão revelar a opção sexual, e agora, ela não quer se aproximar de mais ninguém.

Elizabeth é a única pessoa que consegue enxergar Stephen, e não sabe o motivo disso. Eles se apaixonam e são jogados em um mundo fantástico de feitiços, onde precisam decidir até onde decidir ir para quebrar essa maldição.

Assim que descobri o lançamento de Invisível que foi escrito por dois autores que adoro, não demorei a começar a leitura. A narrativa de David e Andrea é fluída, delicada, onde o leitor não consegue parar a leitura por nada.

O enredo traz elementos do sobrenatural, sobre feitiços, maldições, quem envolve o passado de ambos os protagonistas. Cada detalhe é importante para compor a trama, e os personagens são marcantes, carismáticos, onde o leitor torce por um final feliz para eles. É um livro que agradará aos apaixonados pelo gênero, com todos os elementos que fazem um romance sobrenatural inesquecível, assim como uma escrita de qualidade. Mas a história não funcionou comigo.

Confesso que quando comecei a leitura do enredo, pensei encontrar mais elementos reflexivos, sem a explicação dos feitiços e maldições. Não estou dizendo que a história é ruim, apenas que senti que li mais do mesmo quando percebi que era um romance sobrenatural sobre encantadores, conjuradores e rastreadores. O livro não faz parte de uma série, e fiquei insatisfeita com o final, onde senti que ficou em aberto. Existe um encerramento para a trama, mas alguns detalhes foram deixados de lado.

Mesmo não apreciando totalmente a história, não deixo de indicar para os amantes do gênero, ou também, para aqueles que gostam da narrativa de David e Andrea. Invisível é um romance sobrenatural, com personagens marcantes que desafiam a própria morte em busca de solução para quebrar uma maldição. 

Nota:


7 comentários:

  1. Poxa eu comprei esse livro ontem porque quando li atrás do livro gostei, pensei
    que fosse como uma história que trás uma boa mensagem, não pensei que fosse
    algo sobrenatural. Me desanimei agora pra ler ele, estou terminando um livro aqui
    e o próximo já ia ser ele.

    http://talento-feminino.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Carla!
    Ainda não li nenhum livro desses dois autores, mas eu gosto de romance sobrenatural, então me interessei!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  3. Não sabia que tinha essa temática, e gostei bastante, creio que amaria, pois gosto muito de fantasia.

    ResponderExcluir
  4. jura que é um romance sobrenatural?criatura,pensei que fosse drama!eu já li resenha dele e pensei que você daqueles dramas bem dramas mesmo!agora eu leio! rs
    quando o vi, gostei um pouco do que se tratava,mas estou fugindo de drama e agora descubro que não é! estou muy feliz!!!

    beijão!

    ResponderExcluir
  5. Eu sou fã da Andrea a muito tempo e fiquei encantado com o David desde que li o livro Todo Dia...Ao ler sua resenha vi que meu medo se concretizou. Fiquei com receio de que seria mais um livro de romance juvenil em que coloca o tema sobrenatural no meio....e pelo que percebo é nbem isso que ocorre...Mas, aionda pretendo ler o livro e ver o enfoque que ocorre sobre as situações em que o Stephen se sente perdido, solitário..Gostei bastante de sua resneha..bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu me interessei pela história, pois quero saber como ele conseguiu a maldição e se conseguem quebrá-la. Que triste que há pontas soltas e o fim não te satisfez completamente.
    bj

    ResponderExcluir
  7. MEsm oque o final não tenha sido satisfatorio para você, eu morri de vontade de ler. Conseguem quebrar a maldição? Ele viu seu próprio rosto? COmo seus pais davam comida a ele quando bebe? Mil perguntas na minha cabeça, rsss.

    ResponderExcluir

 
Google+