5

[Resenha] Onde Deixarei Meu Coração

em sexta-feira, 31 de outubro de 2014
Onde deixarei meu coração
Sarra Manning
Galera Record
334 páginas

Onde deixarei o meu coração escrito por Sarra Maning traz uma história doce e emocionante, sobre uma jovem que precisa encontrar o próprio caminho.

Bea, uma jovem de 17 anos, se vê como uma adolescente simples, careta e sem graça. Apaixonada por tudo o que é relacionada a Paris, a jovem sonha em um dia visitar a cidade e assim conhecer o pai que abandonou a mãe após descobrir sobre a gravidez. Sempre seguindo as regras, respeitando a tudo e a todos, fazendo aula de yoga com a avó, cuidando dos gêmeos, Bea é o sonho de todas as mães que se preocupam com as rebeldias do filho. Criada pelo protecionismo exacerbado da mãe que engravidou na mesma idade, Bea ainda não vivenciou as experiências da vida, onde vive exclusivamente para aos estudos.

Até que a super descolada Ruby e seu bando de populares passam a se interessar por sua opinião. Mas isso só pode ser uma pegadinha. Certo? Mesmo acreditando que existe um motivo pelo súbito interesse em sua vida, Bea se permite acreditar que as pessoas estão a enxergando como ela realmente é. E ela tem uma surpresa quando Ruby a convida para passarem as férias em Málaga. E com um bônus: Bea pode se afastar da mãe irritante e controladora.

No entanto, depois de apenas 48 horas na Espanha, Bea se flagra mudando o itinerário. Após vários acontecimentos, Bea descobre a verdade por trás da fachada de melhores amigas de Ruby e o seu grupo. A menina decide visitar Paris para encontrar o pai que nunca conheceu. Afinal, a cidade luz pode emprestar um pouco de clareza a um período nebuloso de sua vida familiar.

No caminho, ela conhece Toph, um estudante americano mochilando pela Europa. Enquanto procuram pelo pai dela nos cafés e boulevards de Paris, ela perde a cabeça em vez disso. Será que Bea é a garota de Toph ou a boa menina que sua mãe espera que ela seja? Ou será esse o verão mágico em que Bea finalmente torna-se dona do próprio nariz?

De forma encantadora, Sarra narra uma história sobre descobertas, perdão e amor. É o segundo livro que leio da autora, e estou apaixonada pela sua narrativa leve, mesclando momentos divertidos, fofos com aquela pitadinha de drama e reflexão.

Bea é uma personagem que traz um pouco de cada um de nós, aproximando o leitor do enredo. É impossível não se indentificar nos momentos onde a jovem acredita na amizade das supostas amigas, mesmo que a lógica diga para não acreditar. Entre erros e acertos, Bea vai se descobrindo, amadurecendo suas atitudes e opiniões, mostrando sua feminilidade e inteligência, julgando por si o que é o certo e o errado.

Toph é um fofo! Par perfeito para Bea! É inegável a atração que existe entre eles quando se conhecem, mas não querem se envolver, tentando disfarçar as emoções que sentem. Toph cuida de maneira carinhosa de Bea quando estão sozinhos, deixando os leitores na expectativa para eles concretizarem o romance.


A edição da Galera está perfeita, principalmente pela escolha da capa belíssima. Com uma narrativa fluida e envolvente, acompanhamos os tropeços de Bea nas descobertas da vida, onde é impossível não ficar a torcer pela jovem da primeira a última página. Leitura indicada para os leitores que gostam de história leve e reflexiva, com personagens humanos, imperfeitos e sensíveis, conquistando o leitor desde a primeira página.

Nota:



5 comentários:

  1. Oi Carla!
    A capa desse livro é tão linda!
    Só por ela já fico com vontade de ler o livro.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Já estou na torcida dela encontrar o pai, e que seja um encontro legal, mas principalmente ela consiga encontrar o equilíbrio entre o que a mãe espera e ser o "livre", mas me conte o porque Ruby queria a menina?

    bjs

    ResponderExcluir
  3. Curiosidade é o que me define!!! Uma menina que era super protegida e controlada, ninguém se importava com ela e de repente está diante de suas próprias escolhas e opiniões, tendo a oportunidade de se transformar totalmente.. Amei!!!! Parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
  4. Oinn, eu tô com o meu exemplar aqui esperando para ser lido e eu espero de coração que isto ocorra logo, hiuahiua. Estou doida para me encantar tmbm.

    Beijo, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Nossa eu vi essa capa la no meu skoob quando vi já mi apaixonei é muito lindaaa. E também tem uma sinopse bem legal do tipo que eu vou amar a historia. Só espero um coisa que a Bea encontre seu pai e que ele não seja um estupido que não quer saber da filha. Bom e certamente já torço pelo casal que certamente vão ficar juntos mais sempre torço por um drama fica mais interessante a historia. :D
    ....Curiosidade porque Ruby os doidinhos dos amigos dele queria Dea para viajar juntos com eles, eles vão aprontar com ela??? o.O
    Só lendo para descobrir agora :P

    ResponderExcluir

 
Google+