3

[Resenha] 826 Notas de Amor Para Emma

em sexta-feira, 7 de novembro de 2014
826 Notas de Amor Para Emma
Garth Callaghan
Editora Leya

826 notas de amor para Emma escrito por Garth Callaghan traz de forma singela, a luta de um pai em fazer parte de todos os momentos da filha, enquanto trava uma batalha incansável contra o câncer. 

Garth Callaghan ficou conhecido mundialmente pelos recados que deixava diariamente para a filha em guardanapos de papel. Algumas frases de incentivo, outras, simples declaração de admiração, Garth estava sempre a pensar de uma forma de aproveitar mais o tempo com a filha, e os recados foram uma simples forma de incentivá-la para onde ela fosse.

Pouco depois de a filha completar 12 anos, Garth descobriu que tinha câncer de rim. Determinado a fazer do tempo que lhe restava relevante, ele compilou diversos valores para auxiliar sua filha até a formatura do Ensino Médio. De forma simples, ele começou a escrever simples frases em guardanapos quando Emma ainda estava nos primeiros anos de escola. À medida que a filha foi crescendo, suas notas tornaram-se mais significativas. E a jovem sempre esperava pelas frases, e quando não as tinha, cobrava do pai, já que aquilo passou a ser algo importante para ela.

No início de cada capítulo, Garth apresenta um dos recados de guardanapo para, em seguida, compartilhar uma história ligada àquela mensagem e à sua própria vida. Alternando entre fatos do passado, ilustrando algo significativo para Emma, e o presente, onde ele narra sua batalha contra o câncer, acompanhamos a luta desse homem que nunca desistiu de lutar para ter mais tempo na vida.

Garth passa pelo primeiro câncer no rim; depois, descobre o câncer na próstata, e enquanto tentava um tratamento, um novo câncer no rim. A vida não deu folga para ele e sua família, mas com a ajuda de amigos, familiares, vizinhos, muita fé e oração, Garth extrai o de melhor que pode viver naquele período. Como tinha a sensação de que a vida logo poderia ser tirada durante o tratamento, Garth começa a escrever frases significativas para filha, onde acaba sendo conhecido mundialmente por seu simples ato.

A vida é muito curta para se prender a bens materiais, e podemos notar isso conforme Garth narra tudo o que precisa vender para pagar as contas, ao mesmo tempo, nota-se que o mais importava para ele era ter mais tempo com a família. A história é triste devido a realidade do que aquela família viveu. Mas traz uma linda história de amor, perseverança, confiança, solidariedade, abnegação. 

Se pudéssemos deixar um recado, uma nota em um guardanapo de papel, entre tantas, para mim seria:
A vida é muito curta para se viver na insegurança de errar. A diferença entre o possível e o impossível está na ousadia de se arriscar.


Sempre temos medo de agir, de falar... de mudar. Passamos horas a fio a pensar nas consequências dos atos que ainda não fizemos, e quando percebemos, perdemos um tempo precioso e no final, não fizemos nada. Independente do resultado, bom ou ruim, é melhor viver na certeza de que arriscamos, do que passar uma vida pensando nas oportunidades perdidas.

Nota:


3 comentários:

  1. Oi Carla!
    Já conhecia essa história, mas não sabia da existência do livro... A iniciativa desse pai foi muito linda, com toda certeza me emocionaria muito durante a leitura, ainda mais se houverem outras mensagens lindas como essa que você escolheu.
    Bjs
    sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oii!
    Acho interessante que o amor entre pai e filha seja passada em um livro porque é algo tão difícil de ser retratada não sei porque, é algo tão lindo *-*
    Fiquei louca para ler esse livro, parece ser o tipo de livro que faz a gente pensar e que toca na gente sab..
    beijoss
    Sublimar-me

    ResponderExcluir
  3. O livro parece ser muito lindo, não sabia que era baseado em uma historia real,
    esta doença é uma coisa horrivel, eu não sei se vou ler o livro pois não gosto de historias tristes(motivos pessoais rs) prefiro livros que falem de outros assuntos, mas vejo o valor desta historia e acho super valido para quem curte um livro mais realista,
    beijos.

    ResponderExcluir

 
Google+