3

[Resenha] O Campeão de Lady Isobel

em sexta-feira, 14 de novembro de 2014
O Campeão de Lady Isobel
Carol Townend
Editora Harlequin
284 páginas

O Campeão de Lady Isobel escrito por Carol Townend traz um romance histórico medieval envolvente.

Aos onze anos de idade, Lady Isobel foi prometida para o Conde D’Aveyron, mas os anos se passaram, e o casamento nunca se concretizou. Durante os longos anos no convento esperando por seu prometido, Isobel transformou o conde em uma fantasia – o homem que iria resgatá-la, protegê-la e amá-la. Mas, quando os dias transformaram-se em anos, ela percebeu que foi esquecida, sem nunca saber o motivo.

Quando finalmente retorna para buscar sua noiva, Isobel percebe que ele é uma pessoa de contradições, e que esconde seus desejos mais obscuros. Assustada por ter vivido tantos anos reclusa, mas desesperada para usufruir de sua liberdade, Isobel deve descobrir se é somente o dever que prende o conde a este casamento, ou se ele é realmente o marido de seus sonhos.

Lucien Aveyron sabe que traiu a confiança de Isobel quando se casou com outra mulher, e fez com que sua prometida esperasse nove anos para concretizar o casamento. O envolvimento com outra mulher é um segredo que ele guarda a sete chaves, e não imagina como contar para sua futura segunda esposa o que aconteceu no passado. Ele apenas deseja uma jovem obediente que queria lhe ter filhos. Mas não é o que ele encontra em Isobel.

Dotada de uma personalidade marcante e impetuosa, Isobel quer sentir a liberdade, quer saber que é amada pelo mesmo homem que um dia a abandonou. Ela desafia a tudo e todos para poder se sentir livre, desconcertando Lucien com seu jeito impulsivo.

O romance entre o casal acontece de forma gradativa, através da confiança que começam a conquistar um com o outro. Isobel sente-se traída e abandonada por ter esperado nove anos para enfim se casar com seu prometido, e com isso, se nega a deixa se envolver com ele. Lucien não teve uma boa experiência com a primeira esposa, e apenas deseja uma esposa calma e obediente.

Ambos têm personalidade marcante, não querendo se render a paixão que cresce entre eles. Mas aos poucos, a confiança começa a surgir entre eles, e assim, se iniciam os momentos fofos do romance.


O Campeão de Lady Isobel é aquele típico romance em que você lê em poucas horas, devido a narrativa envolvente e aos personagens carismáticos e marcantes. Algumas das explicações foram corridas, o que seria interessante se tivesse mais algumas páginas para a história, assim como o momento que se declaram apaixonados. É o primeiro livro de uma trilogia, e estou curiosa para ler os próximos volumes. 

Nota:



3 comentários:

  1. O que mais me chamou atenção no livro de cara foi o nome "campeão". Já imagino Lucien um super guerreiro, forte, honrado, que não perde uma... Me surpreendi com a resenha, de fato. É uma história nova pra mim, que eu acho que conseguiu fugir um pouco dos clichês de romances medievais. Mas tudo bem, pois eu amo esses clichês! Não vejo a hora de conseguir esse livro em minhas mãos *-*

    ResponderExcluir
  2. Carla não conhecia, aliás, primeira resenha que leio e fiquei mega interessada! Confesso que já fiquei bronqueada, como assim ele já casou com outra? Vou ter que ler e ver se mato ou desculpo...
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Adoro estes livros historicos, este ainda não li mas ja tenho aqui rs,
    coitada da protagonista ficar esperando anos enquanto o cara estava casado com outra..quero ver como a autora resolve isso, não sei se eu iria perdoar..sei sim, NÃO perdoava rsrs.
    beijos.

    ResponderExcluir

 
Google+