2

[Resenha] Rendição

em quarta-feira, 12 de novembro de 2014
Rendição 
Trilogia Surrender - Livro 01
Maya Banks
Editora leya

Rendição escrito por Maya Banks é o primeiro volume da trilogia erótica Surrender, onde cada livro acompanhamos um romance envolvente sobre submissão e dominação.

Aviso antecipadamente que é se trata de um romance carregado de emoção e cenas eróticas, envolvendo o tema submissão/dominação. Como sei que alguns leitores não gostam do tema, já aviso antecipadamente para não se frustrar durante a leitura.

Josslyn encontrou perfeição uma vez, e ela sabe que não vai encontrá-la novamente. Viúva, ela procura a única coisa que seu amado marido, Carson, não pôde dar a ela: dominação. Solitária e em busca de uma saída para seu luto, Joss encontra um clube exclusivo, que recebe pessoas a fim de realizarem suas fantasias mais hedonistas.

Após três anos vivendo luto, Joss decidiu que era o momento de deixar a tristeza para trás e voltar a encontrara a felicidade. Ela nunca imaginou que encontraria no único homem que tem sido, por muito tempo, sua fonte de conforto: o melhor amigo de Carson. 

Dash viveu uma situação insustentável por anos, apaixonou-se pela esposa de seu melhor amigo, mas reprimiu essa atração. Tudo começa a mudar quando ele encontra Joss em um clube dedicado aos mais obscuros limites do desejo.

Por que ela estaria num lugar como aquele?

Ela faz alguma ideia de onde estaria se metendo?

Mas Joss sabe exatamente aquilo que quer e precisa! 

Para Dash só resta uma alternativa: se ela quer dominação, ele é o único homem que vai guiá-la por este mundo. O único que vai tocá-la, apreciá-la, amá-la... E o único a quem ela vai se submeter para sempre!

A narrativa de Maya é carregada de emoção, sentimentos, mostrando o que os protagonistas desejam profundamente. Não é um jogo, um amor muleta, ou optaram por isso devido a uma tragédia do passado. A dominação/submissão é algo que eles gostam, e estão em busca do que os satisfazem.

Joss amava o marido e era correspondida. Mas como Carson tinha um passado trágico, ela nunca conseguiu cobrar dele a dominação. Isso não foi um empecilho para ela não encontrar a felicidade, tanto que ela apenas procurou por isso anos após o falecimento do marido.

Dash sempre foi apaixonado por Joss, mas negou esse sentimento em respeito ao melhor amigo. Ele nunca se insinuou ou deixou demonstrar os sentimentos que tinha, e apenas decide se declarar após encontrar Joss no clube.

Esse foi um dos pontos diferencias na trama: o mocinho já está apaixonado! Sim, queridos leitores, mesmo com as dúvidas que Joss tem sobre a iniciação, é Dash que é o inseguro da relação. Ele não consegue superar o fantasma do falecido amigo, e mesmo dando de tudo para Joss, sempre fica aquela pequena dúvida: será que sou o suficiente?

Mesmo se tratando de um romance erótico, a autora dedica uma atenção especial ema evidenciar os sentimentos dos personagens, assim como, evidenciar que a submissão/dominação é o que lhes dá prazer. Confesso que em alguns momentos, a atenção da autora em mostrar os sentimentos é tanta, que fiquei cansada durante a história.

Os próximos casais protagonistas dos próximos volumes são apresentados, e estou na expectativa para saber como será o romance deles. Apenas espero não me decepcionar com a continuação, como fiquei na trilogia Breathless. Mais uma vez, fui surpreendida pela narrativa de Maya, e para os amantes dos romances eróticos, ficarão ávidos durante a leitura.

Nota:



2 comentários:

  1. Oi Carla!
    Os livros dessa autora fazem bastante sucesso, mas ainda não consegui ler nenhum. Mais um para a lista de desejados!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Esta autora é muito bem recomendada no quesito livros adultos rs,
    eu não tenho proiblema com livros mais quentes, mas gosto quando tem um romance junto e não apenas pegação rs.
    E esta autora sempre coloca romance junto com o teor mais erotico, eu pretendo ler, ja tenho ele aqui na minha estante rs,
    beijos.

    ResponderExcluir

 
Google+