1

[Resenha] Legend

em quarta-feira, 17 de dezembro de 2014
Legend – A verdade se tornará lenda
Trilogia Legend – vol. 01
Marie Lu
Editora Rocco Jovens Leitores
255 páginas

Legend escrito por Marie Lu é o primeiro volume da trilogia distópica de mesmo nome, onde conhecemos a história do casal desafortunado June e Day.

Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda.

O que outrora foi o oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação eternamente em guerra com seus vizinhos, as Colônias.

Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Obediente, entusiasmada e comprometida com seu país, ela está sendo preparada para o sucesso no círculo da elite da sociedade.

Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. Ninguém sabe o rosto de Day, e toda a semana uma nova imagem é divulgada com o intuito de capturá-lo, mas sem sucesso. Junto com a melhor amiga, Tessa, Day vive a fugir em Los Angeles, desafiando as autoridades.

De mundos diferentes, June e Day não têm motivos para se cruzarem – até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Preso num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias.

Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos.

Em um ritmo alucinando, iniciamos uma nova trilogia distópica, onde conhecemos dois personagens improváveis, que o destino acabou unindo. Em uma sociedade onde o futuro das crianças se baseia na pontuação de uma prova, conhecemos Day, um jovem que foi reprovado, e June, a jovem promissora da República. Ambos são de espirito inquieto, adoram um desafio, não seguem as regras, e quando decidem fazer algo, obtém êxito nos resultados. Mas vivem em mundos opostos, e apenas a tragédia faz com que o caminho deles se cruzem.

O livro é recheado de ação, onde cada página precisamos segurar o fôlego para não perder nenhum detalhe da trama. Como é o primeiro livro, pouco é explicado sobre o que aconteceu com a sociedade americana para eles estarem vivendo dessa forma, deixando o leitor ainda mais curioso com os mistérios da trama.

É leitura obrigatória para os leitores fanáticos por enredos distópicos, e tenho certeza que Marie Lu entrará para a lista das autoras queridinhas. O livro foi publicado primeiramente pela Prumo, mas a Editora Rocco fez uma nova edição, alterando detalhes da capa e da diagramação. Só posso dizer que gostei mais dessa segunda edição do livro (risos).

Nota:





Um comentário:

  1. Oi Carla gosto muito de distópicos e com certeza vou querer conhecer o enredo deste.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir

 
Google+