3

[Resenha] Apenas um Dia

em sábado, 17 de janeiro de 2015
Apenas um Dia
Trilogia Apenas um Dia – vol. 01
Gayle Forman
382 páginas
Editora Novo Conceito

Apenas um Dia escrito por Gayle Forman é o primeiro volume da trilogia de mesmo nome, onde acompanhamos o romance entre Allyson e Willem. Após a leitura de Se Eu Ficar e Para Onde Ea Foi, confesso que estava com as expectativas altas com o livro, e não me decepcionei.

A vida de Allyson Healey é exatamente igual a sua mala de viagem: organizada, planejada, sistematizada. Filha única, ela sempre procura atender as expectativas dos pais, sem realmente fazer algo que lhe agrade. Depois de um episódio aos treze anos, Allyson sabe que vai cursar a faculdade de medicina, para ser igual ao pai.

Então, no último dia do seu curso de extensão na Europa, depois de três semanas de dedicação integral, ela conhece Willem. De espírito livre, o ator sem destino certo é tudo o que Allyson não é. Willem a convida para adiar seus próximos compromissos e ir com ele para Paris. E Allyson aceita.

Sem ouvir os conselhos da melhor amiga, Allyson viaja para um lugar totalmente desconhecido ao lado de uma pessoa que conheceu por algumas horas. Mas ela não se importa, ela precisa viver esse momento de loucura. Ela é outra pessoa, outra adolescente que se deixa viver essas horas ao lado de um garoto lindo e espirituoso.

Essa decisão inesperada a impulsiona para um dia de riscos, de romance, de liberdade, de intimidade: 24 horas que irão transformar a sua vida. Um dia mágico, onde ela se apaixona perdidamente por um garoto que ela não sabe nem o sobrenome.

Mas tudo é lindo e maravilhoso, até que esse dia acaba e ela precisa voltar para a realidade...

Com uma narrativa intensa, o livro fala sobre amor, mágoa, escolhas, destinos, sobre a busca da própria identidade, mostrando que, às vezes, para nos encontrarmos, precisamos nos perder primeiro.

Confesso que não consegui largar a leitura, e quase tive um surto quando li a última página. Inclusive esse é o único problema no livro: o final. Como assim a autora termina o volume dessa forma? O que custa mais cinco páginas?

Não vejo a hora de ler o próximo livro e descobrir o que aconteceu a Willem e Allyson. E antes que alguém me fale que estou soltando algum spoiler, não estou soltando nada. O livro é muito mais que apenas as 24 horas que eles vivem, e como toda autora que gostar de deixar os leitores com o coração na mão, Gayle cria uma trama intensa e emocionante.


Atendendo todas as minhas expectativas, Apenas um Dia é um livro único e brilhante, sobre a busca de identidade de uma jovem que foi criada para ser certinha, mas que descobre que tem muito a aprender sobre si própria.

Nota:


Livro maravilhoso!


3 comentários:

  1. Olha, como comentei em uma resenha que li do livro, eu achei o livro muito mais legal que o If I Stay, a leitura flui, a expectativa aumenta... a trama se passa em Paris, tudo converge pra que a leitura seja perfeita. É um livro que faz o leitor refletir um pouco sobre si e o que está fazendo com sua vida. Eu estou mega animada com Apenas um ano...
    beijos,

    Amy - Macchiato

    ResponderExcluir
  2. Oi Carla, a autora parece bem saber como prender e emocionar não é mesmo? Gostei muito desta capa, pena mesmo que ainda não li o livro.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela resenha Carla! Estou ansiosa para ler Apenas Um Dia! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir

 
Google+