4

[Resenha] O Destruidor de Corações

em segunda-feira, 12 de janeiro de 2015
O Destruidor de Corações
MMA Fighter – vol. 01
Vi Keeland
Editora Charme
277 páginas

Destruídor de Corações escrito por Vi Keeland é o primeiro volume da série MMA Fighter, onde em cada volume acompanhamos o sexy romance entre um lutador de MMA e uma mocinha de personalidade forte e decidida.

Existem livros que marca para um leitor. No meu caso, uma "piriguete literária", sempre estou buscando novos mocinhos, e minha preferência estava entre os cantores e os motoqueiros, até que me deparei com um certo lutador de MMA. 

Não importava que o árbitro tivesse considerado que aquele tinha sido um golpe limpo, Nico Hunter nunca mais seria o mesmo.

Elle tem uma boa vida. Um trabalho que ela ama, um apartamento grande, e o cara que ela está namorando há pouco mais de dois anos é um ótimo partido. Mas sua vida é chata... e ela se esforça para mantê-la assim. Muitas emoções são perigosas. Seu próprio passado é a prova viva do que pode acontecer quando você perde o controle.

Então Nico entra no escritório de Elle e tudo muda... para ambos. Mas o que o lindo lutador de MMA, tatuado e com um corpo de tirar o fôlego pode ter em comum com uma advogada muito controlada? Muito mais do que eles esperavam.


Nico é o cara. Um lutador que tenta superar um acontecimento no passado, e ainda busca o momento exato para voltar a lutar. Mesmo com a insistência do treinador e dos irmãos, Nico ainda resiste em voltar para a luta, até que conhece Elle.

Elle tenta viver sua pacata vida, sem se arriscar a nada, principalmente a sentir. Até que conhece Nico, que a faz sentir viva depois de muito tempo. Assim que tem o primeiro encontro, Elle percebe que não pode mais continuar a se enganar e investe tudo nesse novo relacionamento.

Ambos têm um fato no passado que os marcaram, que os transformaram no que são hoje. Mas o relacionamento entre eles não é um amor muleta, e sim, um relacionamento baseado em companheirismo e amizade.

Um detalhe que eu gostei na trama de Vi, é que os personagens não são loucos, desvairados que agem impulsivamente a todos os instantes. Eles são humanos, falham, lutam para encontrar a felicidade e o amor. Quando inicia o relacionamento, aos poucos começam a se abrir e curar as feridas.

Como falei, tem livro que marca o leitor, e Destruidor de Corações fez com que eu iniciasse minha nova paixão com mocinhos lutadores de MMA (risos). A editora Charme está sendo minha perdição, já que me apaixono em cada edição. A editora preservou a capa original, trazendo uma edição e revisão impecável. Como não suspirar com esses romances?

Confesso que não vejo a hora de ler o próximo volume da série, só para me apaixonar ainda mais por esses mocinhos fortes e tatuados. Vai me dizer que não ficar desejando o mocinho da capa? (risos).

Nota:



4 comentários:

  1. Oi Carla!
    Nossa, compraria esse livro só por essa capa maravilhosa *-*
    Ainda não li nenhum livro dessa editora, mas sempre fico com vontade de ler quando vejo as resenhas.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Oi, Carla. Bem realmente a capa deste livro é de uma perfeição, estou ansiosa para lê-lo, pelo visto terei que comprar e incluir em um dos desafios literários que estou participando hehehehe

    Beijos , Lu do Blog: Apaixonada por Romances

    ResponderExcluir
  3. Como comentou, me lembrou muito a série REAL, já leu? Eu não sei se esses livros são pra mim, pois os personagens ficam tão próximos que acabo me irritando ou me apaixonando de vez. Porém, Travis Maddox sempre será o meu personagem bad boy favorito. Nunca tinha lido uma resenha da editora Charme, muito bacana. Gostou da diagramação? É que nunca vi um livro deles físico pra comprar...

    Beijos,

    Amy - http://il-macchiato.com

    ResponderExcluir
  4. "Piriguete literária" hahahahahahahahahah adorei isso! Parabéns pelo blog, muito lindo!
    Baci,
    Bia - Uma Gota no Mundo

    ResponderExcluir

 
Google+