6

[Resenha] O Pintassilgo

em sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015
O pintassilgo
Donna Tartt
Companhia das Letras
719 páginas

O pintassilgo escrito por Donna Tartt é um livro envolvente emocionante, onde o leitor acompanha a história de um jovem que precisou enfrentar as mais diversas provas da vida.

Theo Decker, um nova-iorquino de treze anos, sobrevive milagrosamente a um acidente que mata sua mãe. Abandonado pelo pai, Theo é levado pela família de um amigo rico. Desnorteado em seu novo e estranho apartamento na Park Avenue, perseguido por colegas de escola com quem não consegue se comunicar e, acima de tudo, atormentado pela ausência da mãe, Theo se apega a uma importante lembrança dela - uma pequena, misteriosa e cativante pintura que acabará por arrastá-lo ao submundo da arte.

Já adulto, Theo circula com desenvoltura entre os salões nobres e o empoeirado labirinto da loja de antiguidades onde trabalha. Apaixonado e em transe, ele será lançado ao centro de uma perigosa conspiração.

Com uma narrativa intensa, acompanhamos as memórias de um jovem de 27 anos, que vai contando todos os acontecimentos desde a morte prematura da mãe. Todo o sofrimento, a solidão que precisou enfrentar quando se viu sem a única pessoa que amava.

Fui surpreendida com a narrativa da autora, onde senti que estava acompanhando a história de velhos acontecimentos, e quando antigos personagens ressurgem na trama, a sensação era que estava reencontrando velhos amigos. A autora não retrata os personagens como heróis ou vilões, mas como pessoas imperfeitas, que acabam errando dependendo daquilo que cresceram acreditando que era certo.


É uma obra única, onde leva o leitor a sentir os mais diversos sentimentos. Só posso dizer que é um livro indicado para os leitores que procuram algo que difere do cotidiano ou do que está acostumado a ler.

Nota:



6 comentários:

  1. Parabéns pela resenha Carla! Estou ansiosa para ler O Pintassilgo! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  2. Vi o livro quando foi lançado, mas fiquei um pouco receosa pelo tamanho. Mas só tenho lido resenhas positivas, e estou animada para ler agora! *-*

    Beijos! || ape56.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Eu já li muitas críticas positivas sobre o livro em questão, e tenho muita vontade de conhecer a história. Apesar de não ser a maior fã de arte, o livro tem um ar misterioso e ao mesmo tempo dramático que me atrai bastante, espero que a oportunidade de leitura surja em breve.

    ResponderExcluir
  4. Ultimamente ouvi falar muito sobre este livro, não o conheço e nem tinha lido a sinopse, jamais passaria em minha cabeça que fosse este tipo de enredo, fiquei bem curiosa...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Quando este livro saiu eu fiquei bem curiosa, mas não tinha visto nenhuma resenha sobre ele (só alguma matéria no jornal)...até agora! Já vai pra lista de desejados!

    bjs!

    Thaís:)

    ResponderExcluir
  6. Olá Carla...Nossa li sua resenha e depois fiquei curiosa em relação ao números de páginas, parece ser uma historia bastante envolvente e confesso que ainda não conhecia o livro , mas somente de ler a resenha dela me deixou intrigada pois parece ser um livro que nos prende a historia. Adorei conhecer ele e conferir sua resenha!!

    ResponderExcluir

 
Google+