12

[Resenha] A Cidade Murada

em terça-feira, 28 de abril de 2015
A Cidade Murada
Ryan Graudin
Editora Seguinte
400 páginas

A cidade murada escrito por Ryan Graudin traz um enredo repleto de ação, onde acompanhamos a fuga de Dai e Jin em uma cidade de labirintos infinitos. A trama foi inspirada em um local que existiu, a Cidade Murada de Kowloon, em Hong Kong. Era um local sem lei, extremamente pobre e dominada por quadrilhas, e esse cenário inspirou a autora na criação da trama.

A Cidade Murada é um terreno com ruas estreitas e sujas, onde vivem traficantes, assassinos e prostitutas.

É também onde mora Dai, um garoto com um passado que o assombra. Para alcançar sua liberdade, ele terá de se envolver com a principal gangue e formar uma dupla com alguém que consiga fazer entregas de drogas muito rápido. E ele tem poucos dias para encontrar esse parceiro para realizar uma tarefa muito importante...

E ele encontra essa parceria em Jin, uma garota ágil e esperta que finge ser um menino para permanecer em segurança e procurar sua irmã, Mei Yee. Desde que o pai vendeu a irmã mais velha, Jin busca-a incansavelmente, na esperança de um dia, poder salvá-la.

Mei Yee está mais perto do que Jin imagina: presa num bordel, sonhando em fugir… até que Dai cruza seu caminho.

A narrativa é em primeira pessoa pelo ponto de vista dos três personagens, onde podemos acompanhar mais detalhes do que acontecem na trama. Os acontecimentos do livro se passam no período de dezoito dias, que é o prazo que Daí tem para realizar sua missão, que só é revelada na metade do livro.

Os três protagonistas são adolescentes que amadureceram rapidamente devido às adversidades que enfrentaram. Mey Yee foi vendida pelo pai para um bordel, onde vive trancafiada em um simples quarto. Como é uma jovem de rara beleza, ela encantou um importante cliente, onde ele paga para ser o único a se deitar com ela.

Jin é uma jovem que teve a vida completamente modificada após a irmã mais velha ser levada para um bordel. Se disfarçando como um menino, ela vive a correr pelas ruas da cidade, tentando sobreviver com o pouco que consegue, na esperança de um dia reencontrar e resgatar a irmã.

Dai é um jovem que busca incansavelmente redenção pelo que aconteceu no passado. O que aconteceu ao jovem é um mistério, onde ele busca uma forma de compensar o que aconteceu.

O livro é recheado de ação, onde é impossível parar a leitura. Diante de tantos perigos e dificuldades, é impossível saber o destino dos personagens, que cada vez parece ter um final trágico. O que me chamou a atenção na trama, é por tratar de um tema atual, mas pouco explorado na literatura: o tráfico de vidas humanas.

Na trama, acompanhamos a história de Mey Lee, que foi escravizada sexualmente, após ser retirada brutalmente da sua família. De certa forma, Mey Lee é uma jovem privilegiada, já que caiu nas graças de um importante cliente, onde ele é o único homem que a pode tocar, isso não diminui o seu drama, apenas que ela não é forçada a viver com os abusos que sofrem diariamente as outras garotas no local. Mey Lee acompanha o drama de cada uma das mulheres com quem convive, principalmente sabendo que é impossível fugir, já que isso significa uma grave e brutal punição.

Outro detalhe que é interessante na narrativa da autora é a dificuldade em classificar o livro. É uma obra ficcional baseada em um local real, classificada como young adult, mas que traz elementos que podem agradar o público adulto. Durante a narrativa, imaginamos se tratar de um enredo distópico, mas faltam elementos para classificar a trama com esse gênero. Além de a autora não determinar a época exata em que a trama acontece, podendo ser um acontecimento atual, como ao histórico.

Em suma, A Cidade Murada é uma história arrebatadora, repleta de ação e diversos perigos que os personagens precisam enfrentar. Um livro que conquista o leitor, impossível de parar a leitura.

Nota:





a Rafflecopter giveaway

12 comentários:

  1. Oie =D

    Adoro livros assim recheados de ação e perigo. Fora que a história parece muito interessante, e o fato da autora ter se baseado em um local que realmente existiu só aumenta ainda mais minha curiosidade. Com certeza vou ler <3 Ótima resenha!

    Beijos,
    Livy
    nomundodoslivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Livy!
      O livro é muito bom! Você precisa conferir!
      bjks!
      http://www.historias-semfim.com/

      Excluir
  2. Oi Carla,
    Não conhecia esse livro, mas já pude perceber que tem adrenalina do início ao fim. Gosto de livros que prendam minha atenção e que a leitura seja de tirar o fôlego, adorei a dica!
    Beijos,

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bárbara!
      Esse livro é ótimo, precisa conferir \o/
      bjks!
      http://www.historias-semfim.com/

      Excluir
  3. Oi Carla que resenha super instigante... Fiquei com muita vontade de conferir o livro.
    Curiosa com o desenrolar desta trama que promete muita adrenalina.
    Acho legal também a autora abordar um tema como o tráfico de seres humanos, algo que infelizmente acontece muito, sendo um assunto bem atual.
    Gostei tanto de suas impressões do livro que resolvi participar do sorteio.
    Boa sorte pra mim.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lia!
      Boa sorte!
      Quem sabe é a ganhadora ;)
      bjks!
      http://www.historias-semfim.com/

      Excluir
  4. Oi!
    Não conhecia o livro. Fiquei super interessada.
    Um enredo recheado de ação sempre me chama bastante atenção. Os personagens parecem ser cativantes.
    Com certeza irei colocá-lo na linha lista de desejados.
    Beijos

    Construindo Estante || Curta a fan page

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Eliana!
      A trama é ótima, não vai se arrepender \o/
      bjks!
      http://www.historias-semfim.com/

      Excluir
  5. Gostei da resenha Carla e o livro me pareceu ser bem interessante, mas não faz o meu tipo de leitura. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nessa!
      Que pena...
      bjks!
      http://www.historias-semfim.com/

      Excluir
  6. oi flor, tenho lido várias resenhas por estes dias e confesso que a cada uma meu coração fica um pouco mais apertadinho! o enredo é super triste!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Thaila!
      Realmente, o enredo deixa o coração na mão ='(
      bjks!
      http://www.historias-semfim.com/

      Excluir

 
Google+