8

[Resenha] Starling

em quarta-feira, 15 de abril de 2015
Starling
Starling – livro 01
Lesley Livingston
Editora Jangada
288 páginas

Starling escrito por Lesley Livinsgton, é o primeiro volume da trilogia de mesmo nome, onde encontramos um romance sobrenatural, recheado de ação, com o pano de fundo as divindades nórdicas.

Mason Starling é campeã de esgrima da equipe da Academia Gosforth, mas nunca teve de lutar por sua vida. Mason é superprotegida pelo pai, onde qualquer sinal de perigo deixa-a afastada da academia. Após um incidente na infância onde tem pouca memória do que aconteceu, Mason sofre com a claustrofobia.

Em uma noite, quando uma violenta tempestade sobrenatural assola Manhattan, aprisionando Mason e seus colegas de equipe dentro da escola, a jovem se vê obrigada a lutar. Mason é atacada por criaturas horrendas, com forma vagamente humana mais aterrorizantes que os trovões e raios, enquanto a tormenta traz para a vida dela um perigoso desconhecido: um jovem que não se recorda de nada além de seu nome - Fennrys, o Lobo.

A chegada desse garoto misterioso faz em pedaços o mundo de Mason, ao mesmo tempo em que uma atração inegável surge entre eles. Juntos, eles tentam desvendar os segredos da identidade de Fenn, enquanto forças estranhas e sobrenaturais se adensam à volta deles.

Quando descobrem que a família de Mason, com sua obscura ligação com antigos deuses nórdicos, é a chave de todo o mistério, Fennrys e Mason subitamente se veem diante de um futuro catastrófico: o Ragnarök - ou o fim do mundo, como o conhecemos.

Com uma narrativa fluída, acompanhamos o primeiro volume de uma trama que tem tudo para dar certo, onde temos a história de divindades nórdicas como tema principal.

Mason é uma jovem que pouco precisou se esforçar na vida, já que sempre teve tudo ao se alcance. A esgrima é o esporte onde ela luta com todas as forças para se destacar, e ser a melhor. Ela tem tudo para ser uma mocinha fraca, mas acaba mostrando diversas facetas, e tem muito a crescer na trama.

Fui atraída na leitura por ter deuses nórdicos, algo que até agora não vi nos romances sobrenaturais. A narrativa é alternada pelo ponto de vista de vários personagens, onde é possível visualizar mais detalhes sobre os acontecimentos da trama. A construção de cada personagem é bem delineada, onde podemos visualizar seus medos e anseios, fazendo com que eles tornem-se os mocinhos ou os vilões.

Por se o primeiro volume de uma trilogia, alguns pontos são falhos e até confusos. Mas podemos visualizar que a trama tem muito a evoluir, onde precisamos aguardar a publicação do próximo volume. 


O volume acaba de uma forma onde precisamos do segundo urgente, para saber o que será do destino de Mason, assim como de toda a humanidade. Agora é aguardar a publicação que ainda não tem previsão.

Nota:



8 comentários:

  1. Li semana passada Os filhos de Odin, e estou na vibe de literatura nórdica, pois não conheço muito bem. Quero muito ler esse livro, me arrependi de não ter solicitado ele ainda. :/
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dessa!
      Eu gostei da história, estou esperando a publicação do segundo \o/
      Bjks!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei a sua resenha
      dica anotada

      Excluir
    2. oi Silvana!
      Muito obrigada pela visita \o/
      Bjks!

      Excluir
  3. Oie =D

    Adorei sua resenha!
    Este livro está na minha wishlist e com certeza vou ler!
    Sua resenha me fez ter mais vontade ainda de lê-lo logo! Aliás, adoro mitologia nórdica, então já começa por aí kkk.


    Beijos,
    Livy
    nomundodoslivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Livy!
      Você vai gostar! A história é muito boa \o/
      Bjks!

      Excluir
  4. Caraca! Deuses nórdicos? Estou encantada! Obrigada por essa resenha linda, já vou providenciar essa leitura.

    arosadoprincipe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 
Google+