4

[Resenha]A Lâmina da Assassina

em quinta-feira, 9 de abril de 2015
A Lâmina da Assassina
Trono de Vidro – 0,5
Sarah J. Maas
Galera Record
406 páginas

A Lâmina da Assassina escrito por Sarah J. Maas, reúne seis contos que precedem a série Trono de Vidro, onde conhecemos mais sobre o passado de Celaena quando era a protegida pelo rei dos Assassinos.

O caminho da assassina foi pavimentado com sangue, lágrimas e suor. Implacável, sedutora, letal. Poucos conhecem seu rosto, menos ainda sobrevivem à sua fúria.

Não é à toa que Celaena Sardothian é sinônimo de morte. Suas lâminas são certeiras, assim como seu estranho código de honra e seu aguçado senso de justiça. Mas como uma menina, encontrada agonizando pelo rei dos Assassinos de Adarlan, se tornaria a campeã do rei? Disputada pelo capitão da guarda real e o próprio príncipe herdeiro? No centro de intrigas políticas?

Na trama, acompanhamos Celaena vencer um lorde pirata e toda sua tripulação; o encontro com uma curandeira; seu treinamento com o Mestre Mudo, senhor dos assassinos silenciosos, nas dunas do deserto Vermelho; a prisão nas Minas de Sal de Endovier; ou, ainda, sua luta contra o mais escorregadio e traiçoeiro dos adversários — o próprio coração.

Por trás de toda aquela atitude fria e meticulosa, existe uma jovem que sonha em ser amada, e vive cada sentimento com intensidade. Através dos contos, conhecemos sobre o primeiro amor de Celaena, o quanto ela demorou a admitir o que sentia, e o que estava disposta a fazer para protegê-lo.

O que me atrai para a série, é que Celaena é uma protagonista durona, que não esmorece diante dos perigos. Ela é inteligente, mortal, e mesmo diante de toda a frieza, tem um senso de justiça único, onde ela aceita enfrentar qualquer consequência, se isso significa que terá justiça.

Através dos contos, podemos notar a conturbada relação que tem com Arobynn Hamel, o rei dos Assassinos, que a criou e treino para ser a melhor entre os assassinos. Ele a protege como um pai, a treina como um mestre, e atende todos os seus desejos como um amante. Mas ele é frio, a mantém distante sem se decidir o que realmente vai ser: pai, mestre ou amante. Ao mesmo tempo, é o segundo melhor assassino, Sam Cortland, que aos poucos, começa a roubar o coração da assassina, a ponto dela desistir de tudo o que conhece para ficar com ele.


Para quem acompanha a série, o volume é leitura obrigatória para entender mais essa complexa protagonista, que conquistou tantos fãs devido ao fato de não ser uma donzela indefesa, mas sim uma mortal assassina. Com toda certeza que assim que terminei o livro, minha ansiedade para ler o terceiro livro da série aumentou exponencialmente, e não vejo a hora da Galera Record publicar o volume. 

Nota:



4 comentários:

  1. Hummm, como eu ainda não li a série, apesar de ter o primeiro livro, será que posso ler este antes? Que capa linda hein.

    Beijo, Vanessa Meiser
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Van!
      Pode sim! Os acontecimentos são antes da série \o/
      Bjks!

      Excluir
  2. Gostei da resenha Carla. Essa série realmente é ótima e mal posso esperar para ler este volume complementar. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nessa!
      Você vai gostar! É muito bom!
      Bjks!

      Excluir

 
Google+