3

[Resenha] Redimida

em quinta-feira, 21 de maio de 2015
Redimida  
House of Night – vol. 12 
P.C. Cast e Kristin Cast 
Editora Novo Século 
384 páginas 

Redimida escrito por P.C. Cast e Kristin Cast é o último volume da série House of Night, onde acompanhamos a derradeira batalha entre Zoey e Neferet. 

Zoey está em apuros. Tendo dado a pedra da vidência para Aphrodite, e rendendo-se à Polícia de Tulsa, ela se isola de seus amigos e mentores, determinada a enfrentar a punição que merece – mesmo que isso lhe custe a vida. Só o amor das pessoas mais próximas poderá salvá-la da escuridão em seu espírito. Um mal terrível emerge das sombras, mais poderoso do que nunca... 

Neferet finalmente se revela aos mortais. Coroando-se Deusa das Trevas, ela está desencadeando o mal e escravizando os cidadãos de Tulsa. Os vampiros da Morada da Noite aliam-se à polícia, juntando suas últimas forças, mas sabem que nenhum deles é forte o suficiente para vencê-la.  

Apenas Zoey é herdeira de tal poder... contudo, está incapacitada de ajudar por causa das consequências do uso da magia antiga.  

É com aquele sentimento de saudades que terminamos essa série que nos acompanhou no passar de alguns anos. Zoey, Aphrofite, Stevie Rae e seus amigos nos conquistaram desde o primeiro volume, onde acompanhamos suas alegrias, tristezas, paixões e perdas. Cada página virada sentimos a despedida dos personagens na série, que nos deixa com o coração na mão sabendo da iminência do fim. 

Gradativamente no decorrer do último volume, as autoras resolvem todas as pontas soltas que restaram na trama, deixando para as emoções finais, a batalha entre o bem e o mal. Mais do nunca, Zoey e seus amigos precisam estar em sincronia para vencer essa mortal inimiga, e eles estão dispostos a tudo para conseguirem esse feito. 

Mesmo gostando da série e dos personagens, é impossível não comentar que as autoras se estenderam nas publicações, onde não havia necessidade de publicar doze volumes para uma mesma trama. Sim, eu li todos os volumes, pude acompanhar os altos e baixos da série, o amadurecimento de cada personagem, me despedi daqueles que se foram entre os volumes, ri com eles, chorei com suas perdas. Mas senti que muito foi esticado na série, onde acredito que muitos deixaram de acompanhar devido a isso. 

Desde o início a Editora Novo Século manteve o padrão das capas, onde os leitores podem adquirir os volumes com as capas preta, ou esperar o lançamento do box, com a capa comemorativa. Ambas as edições são belíssimas, impossível de escolher a preferida.  Com aquele gostinho amargo da saudade, nos despedimos dos personagens que nos conquistaram desde o início com suas incertezas, birras e imperfeições. House of Night deixará saudades. 

Nota:



3 comentários:

  1. Gostei da resenha Carla. Infelizmente esta série não me chama a atenção, tanto pela temática já tão saturada quanto pela extensão gradativa de seus volumes. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nessa!
      Foi uma pena ter tantos volumes....
      Bjks!
      http://www.historias-semfim.com/

      Excluir
  2. Concordo com seus pontos de vista, são bem parecidos com os meus. Achei que a autora fechou bem a série, mas esta se estendeu demais e ficou bastante cansativa. Até o último livro teve muitas partes sem necessidade e foi rápida em pontos que mereciam mais atenção. Mas enfim, acabou.
    Abraços,
    Gisela
    @lerparadivertir
    Ler para Divertir

    ResponderExcluir

 
Google+