0

[Editora Jangada] Lançamentos

em domingo, 20 de setembro de 2015
Olá, pessoal!

Vamos conhecer alguns dos lançamentos da Editora Jangada e Editora Pensamento? Confiram:

Este é o segundo volume da série Starling. A última coisa de que Mason Starling se lembra é do trem cruzando uma ponte. Uma explosão, uma luz ofuscante, e então a escuridão. Agora ela está só, perdida em Asgard e a única maneira de voltar para casa é encontrar a Lança de Odin, uma poderosa relíquia deixada por deuses já desaparecidos. Fennrys, o Lobo, sabe tudo sobre Asgard.
No passado ele esteve preso lá. E vai fazer o possível para encontrar e trazer de volta a garota que roubou seu coração. Mesmo que isso signifique ter de descer ao traiçoeiro Mundo dos Mortos. Mas o tempo está se esgotando, e Fenn sabe algo que Mason desconhece: se ela empunhar a Lança, dará início a uma profecia terrível. E ela não apenas retornará a seu mundo. Ela o destruirá.

Nesta obra você vai conhecer os bastidores e os segredos de uma das maiores bandas de todos os tempos e descobrir como seus integrantes se tornaram os "campeões do mundo" da música. Apesar da morte de Freddie Mercury, em 1991, o Queen ainda é uma das bandas de rock mais populares do planeta. Contudo, a história completa de seu extraordinário sucesso jamais havia sido contada - até agora. Após o aniversário de 45 anos do Queen, o jornalista Mark Blake recuperou antigas entrevistas que fizera com a banda e realizou quase cem novas entrevistas com produtores e ex-integrantes da mesma, além de assistentes particulares e ex-colegas de escola, para produzir um relato abrangente da ascensão da banda - dos subúrbios londrinos para a fama e o reconhecimento mundial.

Reunindo descobertas forenses inéditas - que incluem provas fundamentais de DNA - e incorporando um trabalho de investigação histórica, este livro revela com exclusividade a verdadeira identidade de Jack, o Estripador. Em 2007, o empresário Russell Edwards comprou um xale que supostamente teria sido deixado junto ao corpo de Catherine Eddowes, uma das vítimas do serial killer. Ele sabia que, se fosse genuíno, o xale seria a única prova de evidência ainda existente do local do crime. Para Russell, foi o começo de uma busca extraordinária de sete anos, a qual ele não tinha ideia de que sua jornada o levaria tão longe. Depois de um intenso exame forense, realizado pelo Dr. Jari Louhelainen, especialista de renome mundial, provou-se que o xale não apenas era legítimo, mas que também continha traços do DNA do assassino - evidência que permitiu a Russell finalmente desvendar o nome de Jack, o Estripador.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Google+