12

[Resenha] Zac & Mia

em terça-feira, 17 de novembro de 2015
Zac & Mia
A.J. Betts
Editora Novo Conceito
288 páginas

Zac e Mia escrito por A. J. Betts traz um livro emocionante sobre dois jovens que precisam voltar a se adaptar no mundo, após passar por um tratamento para curar o câncer.

A última pessoa que Zac esperava encontrar em seu quarto de hospital era uma garota como Mia - bonita, irritante, mal-humorada e com um gosto musical duvidoso. No mundo real, ele nunca poderia ser amigo de uma pessoa como ela. Mas no hospital as regras são diferentes. Uma batida na parede do seu quarto se transforma em uma amizade surpreendente. Será que Mia precisa de Zac? Será que Zac precisa de Mia? Será que eles precisam tanto um do outro?

A história é narrada pela perspectiva dos dois personagens, mas não alternadamente. A primeira parte é narrada apenas por Zac, a segunda é por ambos, e a terceira apenas por Mia. Dessa forma, conhecemos de forma ampla todo o que passaram no tratamento, assim como está a vida deles após a cura.

A narrativa da autora é envolvente, onde o leitor se vê torcendo pelos protagonistas conseguirem superar tudo o que precisaram passar no tratamento. Zac recebeu um transplante de medula de um alemão desconhecido, e transforma essa situação em uma brincadeira. Mia não aceita perder os cabelos para o tratamento, e se desespera quando descobre que perderá a perna para que consiga ficar curada.

O que fez perder o brilho da trama, é que encontramos mais um enredo com adolescentes com câncer. Não vou diminuir a narrativa da autora, ou até mesmo sofrimento dos personagens, algo que envolveu profundamente. Apenas que estou estafada desse gênero, pois existem tantas formas de surpreender e os autores usam apenas a mesma fórmula.

Em suma, Zac e Mia é um livro envolvente, emocionante, trazendo assunto como esperança diante das mais diversas dificuldades. Por mais que eu esteja cansada do gênero, é um livro que eu indico para os leitores que gostam desse gênero.

Nota:



12 comentários:

  1. Oi Carla, tudo bem?
    Uma ótima resenha como sempre. Eu não curto livros nesta temática, salvo um que li por conta de parceria e acabei gostando. Mas, você tem razão, ultimamente as tramas dos livros em geral estão muito repetitivas e isto com certeza cansa os leitores.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu estava tão empolgada para ler este livro mas acabou que até agora não peguei ainda...Comecei a ver algumas resenhas um pouco negativas e fui desanimando... quam sabe mais pra frente...

    Beijo, Vanessa Meiser - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, eu ainda não li esse livro e mesmo estando saturada desse estilo eu estou louca para ler, talvez eu me canse da leitura mas acho provável que não, pela sua resenha eu percebi que o livro é bem o que eu espero mesmo e acho que vou gostar da leitura.

    ResponderExcluir
  4. Sabe... eu achei a capa do livro tão fofa e estava com vontade de ler... Até ler a sinopse e ter a mesma sensação que você comenta na resenha: mais um livro de adolescentes com cancer.
    Como você disse, não que isso desmereça a narrativa da autora, mas eu preferia algo fora da formula. Se é para ler mais do mesmo, prefiro continuar com os romances NA...rs

    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  5. Amiga eu li esse livro e gostei bastante, mas sinceramente eu tenho que confessar que tive o mesmo sentimento que eu tive com Eleanor e Park. Deixou um pouco a desejar para mim, porque queria aquele final de dar emoção sabe? Mas seilá, senti um vazio. Mas o livro super vale a pena e acho que todos deveriam fazer a leitura com toda certeza.

    1 - http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/11/resenha-aprendiz-do-amor.html

    ResponderExcluir
  6. Olá, Carla!
    Entendo plenamente sua revolta. Embora eu goste bastante deste gênero, (ainda não li livros suficientes para me sentir cansada deles), compreendo que hoje há muita falta de originalidade. Basta um gênero fazer um baita sucesso para outros mil livros iguais pipocarem. Isso é bem irritante. Está cada vez mais raro eu ler um livro e pensar "puxa, que história diferente!". Espero que essa realidade comece a mudar, gosto de ser surpreendida!
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oiiie
    Que bom que indica para quem curte o gênero pois eu amo e estou mega curiosa pela leitura, espero poder ler e gostar, sua resenha está ótima e essa cpa é lindinha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi,

    Já li algumas resenhas desse livro, mas eu não consigo ler o próprio de jeito nenhum...já no início quando vejo a palavra Câncer, pronto...acabou pra mim... mesmo que a doença já tenha ido embora como diz a sinopse e tal.... coisa de louca né? é que eu vivi isso tudo e senti na pele...

    mas tua resenha está leve, passa a impressão de que o livro é assim também....o que é muito legal.

    ótima dica para quem gosta de gênero...

    bjs

    Eu Pratico Livroterapia


    ResponderExcluir
  9. Oi Carla, tudo bem?
    Ao contrário de você eu gostei muito do livro. Sei que temos muitos livros com o tema no mercado, mas Zac & Mia aborda muito mais que a doença de ambos, aborda toda a problemática que envolve a família e o próprio paciente ao passar por uma situação assim.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  10. Tivemos basicamente as mesmas ressalvas quanto a esta leitura, Carla! Também achei muito envolvente, mas previsível. Fiz a leitura em poucas horas, mas esperava um pouquinho mais, pois adoro o gênero. A Mia me irritou profundamente!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Carla, tudo bem?
    Eu não curto livros de Sick lit... não costumo ler e sinceramente eles não me atraem. Eu acho a capa deste livro muito feia e o título me arremete uma repetição de vários livros lançados da temática, portanto... não pretendo ler este... uma pena que a leitura não foi muita coisa que desejou e que essa temática que tem uma extensão bem grande para se trabalhar, sempre fica na mesma mensagem batida... de qualquer forma o lado bom é que conseguiu finalizar e que a leitura foi fluida.. Xero!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá. Vejo muitos comentários desse livro e mesmo sendo bem comentado, não tenho curiosidade de ler. Primeiro porque já li muitos comentários sobre ele e não gosto de saber da maior parte da história quando eu nem li ainda e também a premissa não parece ter algo de diferente, mas enfim, pode ser apenas impressão. Não darei uma chance agora, mas quem sabe futuramente.
    Beijos.

    ResponderExcluir

 
Google+