13

[Resenha] Amor Fora do Ar

em quarta-feira, 6 de janeiro de 2016
Amor fora do ar
Jessica Park
Editora Pandorga
368 páginas

Amor fora do ar escrito por Jessica Park traz uma linda história com uma protagonista que tentará ajudar a colar os pedaços de uma estranha família.

Ele era alto, pelo menos 1,80, com cabelos loiros sujos que pendiam sobre os olhos. Sua camiseta dizia “Nietzsche é o meu garoto”. Então, esse era Matt. De quem Julie Seagle gosta. Muito. Mas há também Finn. Que ela ama.

Parece até um complicado triângulo amoroso, mas não se enganem, pois a história é muito mais o que isso.

Julia, uma recém-transferida estudante de Boston e caloura da faculdade, precisa viver junto com a família Watkins, de uma velha amiga da faculdade de sua mãe. Era para ser temporário, até ela encontrar um lugar para alugar. Não estava previsto Julie ser tão importante para os Watkins, nem se apaixonar pelos irmãos Matt e Finn.

Julie conhece o nerd e super inteligente Matt, e os dois sempre estão a travar os mais estranhos diálogos, usando de toda a inteligência para não saírem perdendo em seus debates. Julie também conhece a irmã mais nova de Matt, a inteligente Celeste que tem a estranha mania de andar com o pôster tamanho gigante do irmão mais velho, Finn. E Finn está viajando, vivendo as mais diversas aventuras sem data para voltar, onde Julie o conhece através de conversas no facebook.

E Julie se apaixona por Finn, que ela nunca viu pessoalmente. Finn a entende como ninguém nunca o fez antes. Eles têm uma conexão. Mas esse é o caminho do amor, em todas as suas estranhas mudanças, ele sempre coloca algumas curvas. E ninguém escapa ileso.

Com uma narrativa delicada, acompanhamos a jovem Julie tentando entender o que acontece com a família Watkins. Os pais nunca estão presentes, todas as refeições são compradas, pois ninguém para na cozinha para fazer algo. Até mesmo esses momentos em famílias são estranhos e frios.

Ninguém sabe informar quando Finn irá voltar, e ao mesmo tempo em que ele está presente através do pôster ao lado de Celeste, é um assunto delicado para a família que sempre foge das perguntas feitas por Julie. Celeste está cada vez mais retraída e não consegue manter qualquer contato social com outras crianças, e vive uma constante rotina, sempre a perguntar o que o pôster Finn quer que ela faça. E temos também Matt, que e preocupa com a irmã mais nova, ao mesmo tempo em que se esforça em seus estudos para a faculdade. Julia torna a “cola” que precisa para remendar essa estranha família, tão necessária para traz um pouco de “sanidade” para eles.

Em alguns momentos, a trama torna-se previsível e até podemos imaginar o que realmente aconteceu a cada um dos personagens para agirem daquela maneira. E outros pontos, a autora utiliza de uma determinada repetição de acontecimentos desnecessários que tornam a história um tanto cansativa. Mas é uma trama delicada, com personagens marcantes e excêntricos, que tentam voltar a rotina que tinham, mas parecem cada vez mais fora de rumo.


Confesso que mesmo com esses pontos negativos, a história foi uma agradável surpresa e é uma ótima indicação para quem gosta de trama de superação. É uma história que transmite amor, perdão, superação, coragem, aceitação, tudo dosado perfeitamente em uma família desequilibrada que clama por ajuda. Uma linda história que todos deveriam ler.

Nota:



13 comentários:

  1. Ás vezes é bom a gente ler um livro com a trama previsivel, vez e outra. Mas nem sempre encanta né?
    Gostei da capa dele, acho que iria ler, com certwza, para ter minha opinião mesmo.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    bem pela capa eu não me interessaria pelo livro, achei meio confusa!
    Mas com a sua resenha eu vi que parece ser uma boa história, com alguns pontos negativos mas acho que não seja nada que atrapalhe na leitura, gostei da trama e fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
  3. Essa história parece tirar você do eixo, muita emoção e vontade de prosseguir. Caramba, fiquei mega interessada no livro pela resenha. Mesmo com os pontos negativos eu quero muito ler esse livro.
    Beijinhos
    http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Não conhecia o livro, mas achei a premissa bem legal. O leria em uma tarde chuvosa, com certeza essa leitura fluiria e como os personagens são jovens, com certeza me identificarei com eles.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oieee,

    eu já conhecia o livro, eu até tentei ler, mas por alguma razão, simplesmente não foi. Acho que eu não estava muito no clima do livro, então larguei. Mas eu devo voltar a ler para saber o que acontece, porque fiquei com umas teorias na cabeça ! huhuhu.
    Mesmo não acabando o livro, concordo com você, que é um livro de superação, de lições sobre a vida, e muitas coisas... não só mais um NA.

    =)

    ResponderExcluir
  6. Ola!!!
    Não conhecia a obra e apesar de suas ressalvas eu gostei da premissa, tudo que aborda superação eu acho valido, pois podemos tirar muitos ensinamentos para nós mesmos!!
    Fiquei muito curiosa por não ser mais do mesmo e trazer alguns pontos reflexivos!!
    ótima resenha!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  7. oie...

    que capa estranha e confusa!!! hehe

    Eu não gosto muito do estilo desse livro, pareceu meio triste....ainda assim fiquei curiosa para saber qual destino o autor deu aos personagens.
    é uma dica que com certeza guardei!!!

    ótima resenha...

    bjs

    ResponderExcluir
  8. Oiii!

    Eu gosto de um clichê! Mas precisa ser um clichê bem escrito, porque se não não rola.
    Não conhecia esse livro mas o nome da autora não me é estranho.
    Gostei do enredo em geral, mesmo esse negócio de triangulo amoroso me incomodndo um pouco, eu daria uma chance a leitura!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  9. Ah, eu já li resenhas muito positivas sobre esse livro, e já fiquei curiosa para conhecer a íntegra da história. Acho uma pena que em alguns momentos a trama se torne previsível, mas se você diz que, apesar disso, a história foi uma agradável surpresa, só reforça a minha vontade de ler. Adorei a dica!

    ResponderExcluir
  10. Oi Carla.
    Eu fiquei muito interessada neste livro quando foi lançado e até solicitei para a editora, mas acho que esqueceram de me enviar, sniff, queria tanto ter lido.... Tenho certeza que a trama me agradaria muito.

    Beijo, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá Carla,
    De início, havia ficado com vontade de ler o livro, mas os pontos negativos que você levantou me fizeram desanimar um pouco, mesmo a nota final tendo sido alta :(
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá... Carla, tudo bem??
    Adorei a sua resenha, achei bem legal o modo como a escreveu, destacando os sentimentos de uma família totalmente desunida e que chegou alguém simples e de alguma forma poderá ajudar com que essa união aconteça. Não sei se leria o livro no momento porque ele foge de minha zona de conforto, mas acredito que a leitura é sim inspiradora e carregada de sentimentos... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. OI, já conhecia o livro, gosto da capa dele,rsrsrs.
    Os pontos que destacou me fez ver que não é a leitura indicada p mim, no momento sabe..
    Tô numa vibe diferente.
    abraços.

    ResponderExcluir

 
Google+