25

[Resenha] Sob o Céu do Nunca

em quinta-feira, 28 de janeiro de 2016
Sob o céu do nunca
Never Sky – vol. 01
Veronica Rossi
Rocco Jovens Leitores
336 páginas

Sob o céu do nunca escrito por Veronica Rossi é o primeiro volume da série Never Sky, onde acompanhamos uma trama distópica em um mundo destruído por tempestades de Eter. Metade da população vive em cidades encapsuladas, conhecidas como Núcleo, e passam a viver a vida em uma realidade artificial através de uma lente que lhes permite conectar a diversas realidades. E a outra metade da população praticamente voltou a era medieval, passando fome, entre brigas, disputando poder e conquistando alianças para alimentar o povo.

E é nesse mundo artificial que conhecemos a jovem Aria, ex-moradora de Quimera, um núcleo de civilização protegido por um domo e sem qualquer contato com o mundo exterior. Após um acontecimento com seus amigos, Aria é exilada no mundo fora dos núcleos, sabendo que tem poucas chances de sobrevivência.

Quando Aria se depara com Perry, o Forasteiro responsável pelo seu exílio, ela descobre que ele é um bárbaro violento, mas o único que pode manter a sua sobrevivência.

Perry é um exímio caçador e vê Ária como uma menina frágil, mimada, que não conhece nada da vida real, tudo o que se pode esperar de uma Ocupante. Mas Perry precisa da lente de Aria para resgatar o sobrinho que foi seqüestrado.

Eles não têm nada em comum, vem de mundos totalmente diferentes, mas precisam se tolerar para alcançar o que tanto buscam e necessitam. Seus destinos se cruzam numa improvável aliança pela sobrevivência, que selará o destino de todos os que vivem sob o céu do nunca.

Aos poucos, Perry nota que a jovem falante e que sempre viveu em um mundo artificial, é determinada, forte, que mesmo diante das intempéries enfrentadas, não ficou parando ao longo do caminho a chorar por tudo. E Ária descobre que Perry é muito mais que o bárbaro que imaginou que ele era, e ela nota o quanto ele se importa com as pessoas com quem ele gosta.

Com uma narrativa fantástica e envolvente, acompanhamos dois personagens de personalidades fortes que precisam unir forças para a sobrevivência. E a autora soube desenvolver um enredo crível, com uma jornada que prende a atenção do leitor do começo ao fim em uma trama bem construída. E o que me chamou a atenção é que a autora pouco revela desse novo mundo, dando poucos detalhes do lugar que eles se encontram e o que aconteceu para o mundo estar dessa forma.

A narrativa e dividida entre Aria e Perry, onde no desenrolar da história, podemos visualizar o amadurecimento de Ária e a desconstrução emocional de Perry. Ela, não sabia viver no mundo real, mas se adapta as situações sem reclamar. Ele, sempre se manteve afastados de todos sem se importar, e começa a ter sentimentos por alguém que não imaginava gostar. E a química do casal é incrível, principalmente com o choque cultural entre eles, onde rendem as melhores brigas e discussões, preparando o coração dos leitores para que vem em seguida.


Eu praticamente devorei a leitura dessa história e não vejo a hora de ler a continuação que já está a venda. Uma leitura obrigatória para os leitores que buscam enredos inovadores, tramas envolventes, e um casal que conquista desde o primeiro instante. Sob o céu do nunca, tornou-se leitura favorita do ano.

Nota:



25 comentários:

  1. Oi, Carla!
    Uau! Leitura favorita do ano...
    Eu sempre via a sinopse desse livro, mas não entendia muito bem sobre o que se tratava.
    Adoro quando alternam os pontos de vista. Dá uma visão geral e melhor da história.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Nossa, deve mesmo ser muito bom para já ter entrado na lista de favoritos, eu confesso que já gostei da capa, é linda e só de olhar pra ela eu já leria o livro, sem dúvida.

    Beijo, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Carla!
    Faz tempo que eu queria saber mais sobre esse livro! Gostei da sua resenha e agora tenho ainda mais vontade de ler, adoro distopias e essa parece ser ótima.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  4. Confesso que distopia não faz meu estilo, mas sua resenha me deixou curiosa. Adoro essas histórias em que os personagens são fortes e acreditam na sua verdade!
    http://www.notinhasderodape.com.br

    ResponderExcluir
  5. Choque cultural em um mundo distópico, ótima forma de abordar as diferenças entre as pessoas e de desconstruir estereótipos sem ser clichê.

    Valeu pela dica!

    Beijos,
    Mariana Baptista
    umavidaporlivro.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Olha estou com o primeiro livro na minha estante e sinceramente achei a capa linda sabia? E agora lendo a sua resenha fiquei bastante interessada em fazer a leitura. Me parece ser um livro realmente envolvente e com personagens ainda melhores. E gostei de saber que é uma distopia. Eu não sabia rs
    Mas espero que a estória me envolva como te envolveu e que eu goste bastante também. Mas antes de ler o primeiro vou ver se compro o segundo e assim leio de uma vez só. =]

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/01/resenha-ps-ainda-amo-voce.html

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem? :)
    Esse livro também já foi lançado aqui em Portugal, achei a capa bonita, como não sabia nada sobre ele deixei lá quietinho, agora fiquei arrependida. A história parece ser o tipo de livro que eu amo, sem falar dos personagens: a-do-ro, quando os protagonistas chocam e odeiam-se no início. Há sempre aquelas discussões super hiper meha engraçadas. Quero <3
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  8. Oi.

    Apesar de não ser muito fã de distopia, a história para mim pareceu ser muito interessante, já tinha visto o livro, mas nunca cheguei a ler nada sobre ele. Fico com receio de não gostar do livro. Vou anotar o nome e ver se consigo ler.

    Beijos
    www.leitoracompulsiva.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Carla, tudo bem?
    Eu amo distopias então fiquei bem interessada nesse livro que tem uma premissa bem interessante.
    Gostei do fato de ambos os personagens serem fortes, pois não tenho muito de personagens que ficam chorando e se arrastando pelos cantos.
    Adorei saber que a narrativa é envolvente e a história é bem construida.
    Quero ler em breve!

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  10. Uau!
    Esse é um livro que com certeza quero ler!
    Não o conhecia mas adorei a premissa e fiquei bastante curiosa para ver como a autora desenvolveu a história e qual será o destino de Aria.
    Melhor ainda é saber que possui uma narrativa envolvente.
    Espero que a leitura me agrade tanto quanto lhe agradou.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Nossa... Esse livro te conquistou mesmo heim?
    A sinopse é legal, gosto de distopias.
    A civilização tá sempre segregando as pessoas, nada civilizado isso.
    Amo casais desse estilo, por mais que sejam um pouco clichê rsrs.
    bjs
    diariodeumapsicopedagoga.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi
    Apesar de não gostar muito desse estilo de livro, fiquei curiosa com as aventuras e a adaptação de Arrya e como a química do casal acontece. Também acho legal esse lance de segregação, tornam as distopias melhores.
    Realmente, pelo sua empolgação, vale a pena add na lista.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  13. Olá Carla,
    A leitura favorita do ano? Mas, o ano mal começou :o
    Só de ter lido isso, senti necessidade de ler o livro. É quase uma certeza universal de que vou amar essa leitura, que parece ter tudo o que mais me encanta.
    Gostei muito da sua resenha e sou muito grata por você ter me apresentado a esse livro!
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Ual, leitura favorita do ano? Então deve ser o máximo. Amo distopias e com esse não a parece ser diferente. O enredo é exatamente o que eu gosto, em que os personagens são fortes e não "babacas" rsrs Esse casal parece ser bem amorzinho. Entrou pra lista.Sem contar essa capa né ?

    Beijos
    www.apaixonadaporleiturass.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Eu amei esse livro! Fiquei chateada quando não saiu logo o segundo, porque a trama é incrível! É uma leitura muito rápida mesmo, é difícil querer largar. Eu adorei esses dois juntos! ♥ Que bom que a Rocco relançou, e o segundo já está saindo!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  16. eu acho que a autora não deu muita coisa sobre o porquê de tudo pra deixar mais explicado num próximo livro, já que se trata de uma série...
    até que curti a proposta mas sinto cheiro de que vai pintar romance entre os personagens, por isso o meu desânimo... acho que a distopia funcionaria melhor por si mesma sem a necessidade de um casal se formar... dessa forma deixa a trama 'mais do mesmo', por isso não me empolguei pra ler...
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Oi Carla, só pelo fato do livro ter se tornado o melhor para você, já desperta minha curiosidade, parece ser uma obra das boas mesmo e com uma trama envolvente, ele já entrou para a minha lista de 2016!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  18. Oi Carls, nossa você falou tão bem do livro que me deixou curiosa. Eu ainda não conhecia mas gostei da capa e principalmente da história. Pelo que li na tura resenha, acho que seja mesmo envolvente e quero ler pra saber se vou mesmo gostar do casal de cara kkkk pela resenha eu já gostei, imagina lendo :)

    ResponderExcluir
  19. Oiee ^^
    Já tinha visto a capa desse livro inúmeras vezes, e até sabia que era uma distopia, mas não sabia como era a história *-* Fiquei bastante curiosa para ler, principalmente quando você disse que foi a melhor leitura do ano. Estou doida para ver esses dois juntos também ♥
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br/2016/01/nova-parceria-philippe-alencar.html

    ResponderExcluir
  20. Oooi! Tudo bem?

    Flor, pulei sua última resenha por se tratar do último de uma trilogia e eu ter horror a spoilers. No momento não estou planejando ler aquela série, mas vai que um dia eu mudo de ideia... Sobre esse livro aqui, eu já ouvi falar muito. Não estou acostumada a ler histórias nesse estilo mais sci-fi, e por isso tenho um pé atrás, por mais elogiado que ele seja. É besteira, eu sei, mas acabo indo para gêneros mais da minha zona de conforto, e esse vai sendo empurrado mais pro fim da minha lista de futuras leituras. Mas vou tomar vergonha na cara e deixar isso de lado, acho que já está mais do que na hora.

    Beijinhos, te espero lá no http://amendoasefelpices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Olá... Carla, tudo bem??
    Menina do céu... eu vi esse livro na livraria e desde então não paro de pensar nele e agora vendo sua resenha... não vejo a hora.... de tê-lo para ler... sabe que só não o comprei porque ele estava 43,00e achei muito salgado esse preço, mas olho os sites para tentar pegar uma promoção... adorei o enredo proposto... a editora Rocco sempre trazendo distopias maravilhosas para gente... xero!!!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Não sou fã de narrativas em primeira pessoa, mas adoro quando as personagens se alternam na voz. Acho que a narrativa fica muito mais rica quando o autor usa isso. Eu gosto muito de distopias, mas tive umas decepções com algumas contemporâneas, então estou realmente com muito medo de me arriscar em novas leituras desse gênero. E pra variar, é uma série :/, aí o medo aumenta exponencialmente.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  23. é isso que eu procuro uma distopia com casais com braços fortes, cansei de ler muito mimimi, quero algo que me cative a ler mais e mais e gostar cada vez mais dos personagens só li coisas possitivas do livro como a narração que é a mais importante fora o jeito a qual os personagens tem que viver e e sobreviver, o envolvimento dos dois e lindo esse livro parece que vai me surpreender

    ResponderExcluir
  24. Oba! O ano mal começou e você já encontrou um favorito! Adorei. Eu fiquei até curiosa, pois esse livro já não foi publicado antes com o título Never Sky? Eu não lembro, mas acho que o tenho por aqui. A Rocco adquiriu os direitos depois? Hmmmm. Enfim, adorei o enredo e curto bastante ficção científica com essa pegada jovem. Com certeza, lerei.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Li esse livro ainda quando era da Prumo e fiquei apaixonada pela estória. Comecei a acompanhar em inglês mesmo porque logo a editora fechou e ficou um tempão sem a continuação. Ainda bem a Rocco vai lançar, quero reler e agora acompanhar em português. =)

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir

 
Google+