8

[Resenha] A Irmã da Tempestade

em segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016
A irmã da tempestade
As sete irmãs – volume 2
Lucinda Riley
Editora Arqueiro
528 páginas

A irmã da tempestade escrita por Lucinda Riley é o segundo volume da série As Sete Irmãs, onde cada volume é baseada na mitologia das Sete Irmãs de Plêiades, a conhecida aglomeração de estrelas no famoso cinturão de Órion. Neste volume, acompanhamos a história Alcíone, ou Ally, a segunda irmã. Na trama acompanharemos as vidas de duas grandes mulheres separadas por gerações se entrelaçam numa história sobre amor, ambição, família, perda.

Ally D’Aplièse é uma grande velejadora e está se preparando para uma importante regata, mas a notícia da morte do pai faz com que ela abandone seus planos e volte para casa, para se reunir com as cinco irmãs. Lá, elas descobrem que Pa Salt – como era carinhosamente chamado pelas filhas adotivas – deixou, para cada uma delas, uma pista sobre suas verdadeiras origens.

Apesar do choque, Ally encontra apoio em um grande amor. Um homem que assim como ela, é apaixonado pelo mar, e a apóia sempre para velejar. E juntos, eles estão decidindo o futuro, querem viver juntos e assim continuar com o relacionamento que começara.

Porém mais uma vez seu mundo vira de cabeça para baixo, então ela decide seguir as pistas deixadas por Pa Salt e ir em busca do próprio passado. Ela não sabe como continuar a viver, e vai buscar no passado, a força para encarar o futuro.

Nessa jornada, ela chega à Noruega, onde descobre que sua história está ligada à da jovem cantora Anna Landvik, que viveu há mais de cem anos e participou da estreia de uma das obras mais famosas do grande compositor Edvard Grieg. E, à medida que mergulha na vida de Anna, Ally começa a se perguntar quem realmente era seu pai adotivo.

Impossível não se impressionar com o talento da autora em criar uma trama intrincada e complexa, com personagens tão reais, que é como se você conhecesse a história, e ela fizesse parte do passado de algum amigo.

E a história de Ally é tão intensa quanto a de Maia, onde é difícil dizer qual é a melhora história até agora. E autora tem um cuidado em trazer os detalhes de cada lugar em que as protagonistas viajam, sempre trazendo a certeza dos modos e costumes de cada um dos países.


Lucinda mais uma vez consegue intercalar o passado com o presente, onde a história de Anna influencia as decisões de Ally no presente. É uma trama de se emocionar e marcar na memória de muitos. A Irmã da Tempestade é uma continuação a altura, onde deixa um leitor curioso para próximo volume da série.

Nota:



8 comentários:

  1. Oiii, nossa 5 estrelas que incrível, fico feliz que tenha gostado do livro a capa apesar de simples e bem bonita. Infelizmente nao e atrai tanto. quem sabe na próxima.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Oi Carla
    Achei bem interessante usas as pleiades e fiquei curiosa para saber se mais fo mito delas sera usado na históra, adoro mitologia. Mas por momento estou dando um tempo em séries que sabe no futuro.
    Beijos

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Carla,
    Sempre que penso na Lucinda, imagino uma trama completa e cheia de acontecimentos incríveis. E acho que Irmã da Tempestade é assim.
    Ainda não li o primeiro volume, mas gostei muito da premissa desse segundo e acho que o primeiro deve ser igualmente bom!
    Você conseguiu me instigar!
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ai Deus, mais sete livros para a minha lista de compras. Eu ainda não conhecia a série mas como amo histórias que envolvam mitologia já me encantei. E essa capa também é apaixonante.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  5. Olá

    Eu estou com As Sete Irmãs um bom tempo na estante e ainda não li. Sempre acabo adiando e com essas ainda não li nada da Lucinda também. Preciso mudar isso.
    Sua resenha ficou ótima, me empolgou de começar a série. Amo mitologia.
    A capa é linda.

    Bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Não consigo gostar desse livro, mas que bom que gostou da premissa. Ainda não li nada da Lucinda, mas quem sabe eu dê chance a escrita dela? Mas não seria com esse livro...

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi!!

    Só posso dizer que a história parece maravilhosa, me encantei com o fato da série baseada no cinturão de Órion, adoro versões mitológicas baseadas na astrologia, adorei mesmo.


    Beijos e até a próxima.

    ResponderExcluir
  8. Oi

    sabe que eu adoro essa capa? acho tão linda!

    queria ler o livro pela capa, e nunca tinha lido uma resenha dele, agora que li a sua mesmo que quero ler, os dois!

    adorei sua resenha,

    bjs

    ResponderExcluir

 
Google+