2

[Resenha] A Arma de Um Jedi

em quinta-feira, 17 de março de 2016
Olá, pessoal!

A resenha de hoje é por conta da Beta do Literatura de Mulherzinha, vamos conferir?

Como muitos e muitas de vocês devem saber, o Oscar aconteceu no dia 28 de fevereiro. Sei que pra muita gente não muda em nada. Sei da polêmica - de novo - na cerimônia, que não teve atores e atrizes negros e negras indicados (o que é mais um reflexo de uma situação existente na sociedade moderna). E eu gosto de acompanhar, para ter dicas de filmes para assistir e de livros para ler.

Sim, como muitos e muitas devem ter notado, muitos filmes são inspirados em - ou inspiram - livros.

Um deles é uma saga que voltou aos cinemas no fim de 2015 com força para arrebentar bilheterias, reavivar paixões e inspirar diversas histórias paralelas. Alimentando o desejo de pessoas como eu, uma das leitoras padawans de Star Wars! Claro que ainda estou muito longe dos mestres na sabedoria da série, mas, pouco a pouco, eu chego lá!

Abrindo a série de posts sobre indicados ao Oscar, temos uma trama ligada à série “Jornada para Star Wars: O despertar da Força”. O sétimo filme concorre nas categorias: melhor edição, melhor trilha original, melhores efeitos visuais, melhor edição de som e melhor mixagem de som. O texto foi escrito originalmente para o Livrólogos e a Rosana liberou para o Literatura de Mulherzinha - muito obrigada :D

Star Wars: A arma de um Jedi - Jason Fry – Seguinte
(The weapon of a Jedi – 2015 – LucasFilm Ltd)
Personagens: Luke Skywalker

Após voltar de mais uma missão pela Aliança, Luke Skywalker é escalado para uma missão de espionagem. No entanto, uma manifestação da Força faz com que ele pare em Devaron. Um país de agricultores onde o passado foi destruído pelo Império e que atualmente vive da exploração da caça. Luke é guiado até um templo proibido onde poderá aprender mais sobre como ser um Jedi... se sobreviver aos perigos que o aguardam lá.

Comentários:

- A trama de A Arma de um Jedi está situada entre os episódios IV (Uma nova esperança) e V (O Império Contra-Ataca). Vamos acompanhar Luke avançando no aprendizado Jedi, já que Bem teve pouco tempo com ele e ele ainda não encontrou Yoda. Portanto, como é dito no livro, ele é um “Padawan sem Mestre”, com um sabre de luz e cheio de dúvidas sobre o que deveria fazer e como aprender para se tornar um Jedi.

- Para “sorte” dele, a Força decide guiá-lo. Para “falta de sorte”, ele ainda não está um craque na arte de interpretar as mensagens para saber o que a Força – que se manifesta em sonhos, intuições e pressentimentos – quer que ele faça. Desta forma, ele suspende a missão de espionagem sob a desculpa de um conserto na nave e fica em Devoran, onde a Força o queria e ele ainda não entendia como, onde e por quê.

- Acompanhamos Luke montando o quebra-cabeça dos desejos da Força para ele, com uma ou outra ajuda de Ben. E aprendendo mais um pouco, aprimorando o uso do sabre de luz. As respostas não são fáceis nem imediatas. No entanto, ele dará um passo adiante no aprendizado fulminante que precisa ter como Jedi. 


- É uma história curta, não tão complicada para os recém-iniciados ou Padawans (como eu). Além das habituais (será que são) pistas sobre “O despertar da Força” (afinal de contas, faz parte de uma série que antecipa o sétimo episódio), apresenta novo planeta, personagens e um vilão daqueles. Teremos a sensação de que não será a última vez que ouviremos falar deles. 

- Qualquer coisa que eu disser, pode soar como spoiler, portanto fico quieta por aqui e que venha o próximo livro!



2 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    Já li a obra e gostei, mas não entrou nos meus favoritos. Como já estou no universo Star Wars faz bastante tempo, acabei achando o livro bem rasinho. Porém, a boa escrita e as dicas para o sétimo livro valeram a pena.
    Ótima resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha Beta. COnfesso que não sou muito fã deste tipo de livro, mas não deixa de ser uma dica interessante. Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir

 
Google+