1

[Resenha] O Papel de Parede Amarelo

em sábado, 16 de abril de 2016
O papel de parede amarelo
Charlotte Perkins Gilman
Editora José Olympio
112 páginas

O papel de parede amarelo é clássico da literatura feminista que foi publicado originalmente em 1892. O conto foi escrito pela norte-americana Charlotte Perkins Gilman.

O conto narra em primeira pessoa a história de uma mulher forçada ao confinamento por seu marido e médico, que pretende curá-la de uma depressão nervosa passageira. Para o marido, ela estava sofrendo de uma leve histeria, e decidem se afastar da cidade por uns tempos, para que o ar puro do campo possa curá-la.

Proibida de fazer qualquer esforço físico e mental, a protagonista fica obcecada pela estampa do papel de parede do seu quarto.

Ela tenta conversar com o marido, mas o mesmo sempre a trata com um tom de infantilidade, onde ele apenas quer que ela melhore para dar o carinho que ele merece quando volta para casa. Ele não se preocupa em ouvi-la, apenas em deixá-la sem fazer nada na casa. Até mesmo a cunhada que está próxima para cuidar dela, faz com que ela se sinta inferior, pois sabe cuidar da casa enquanto a esposa quer fazer algo além de apenas ficar esperando a doença passar.

O livro traz de forma singela, o quanto a mulher é inferiorizada, sendo que nem podia expressar seus anseios, que era considerado como sinal de histeria. Ela não queria ficar parada, queria escrever, mas poucos davam verdadeiro sinal de que querer ajudá-la.

A história mostra a luta interna e externa de uma mulher contra o papel simplório da mulher na sociedade, onde ela se sente consumida em não fazer nada, perdendo a sanidade devido a forte depressão.


O livro traz uma rápida leitura, mas com um conteúdo intenso e atual, onde traz uma pequena demonstração de como a mulher era tratada naquela época, sem direito a nada, apenas por ter nascido mulher.

Nota:



Um comentário:

  1. Olá... estou vendo muitas críticas positivas sobre "o papel de parede amarelo"... gostei muito da sua resenha e estou pensando seriamente em comprar para ler ....

    Parabéns !
    Bjks
    Keyla Vilela - http://www.blogleituraterapia.com.br/

    ResponderExcluir

 
Google+