0

[Editora Rocco] Lançamentos - Junho

em sábado, 18 de junho de 2016
Olá, pessoal!

Vamos conhecer os lançamentos de junho da Editora Rocco? Confiram:

Chamar o relacionamento de Anna e Bennet de “um romance a distância” é simplificar demais. Anna vive em Chicago, no ano de 1995, enquanto Bennet é da São Francisco de 2012. Os dois nunca deveriam ter se conhecido, mas Bennet tem a incrível habilidade de viajar no tempo. O tempo não para é a tão aguardada continuação do sucesso O tempo entre nós, de Tamara Ireland Stone. Será que o amor de Anna e Bennet pode sobreviver às dificuldades de uma relação a distância no tempo e no espaço? A jovem autora norte-americana mantém o ritmo do primeiro livro e mostra que sucesso não foi por acaso. Bennet está de volta a Chicago, para surpresa de Anna. Desta vez os jovens tem um plano e vão fazer de tudo para o romance dar certo. Tudo parece que está funcionando. Porém, Bennet usa seu dom para alterar um futuro possível, e as regras mudam quando Bennet tem um vislumbre de um futuro que não deveria ver. As decisões tomadas até aquele ponto podem levar o casal para o futuro que o jovem não deseja? Ao mesmo tempo que enfrenta problemas com seu poder, Bennet tem que decidir entre seu coração e o futuro de Anna. Em O tempo não para, Tamara Stone coloca o leitor dentro da cabeça de Bennet e mostra um pouco mais sobre a história do jovem e sua habilidade. Repleto de referências musicais, usadas para marcar cada época, o romance é uma obra sob medida para leitores em busca de uma bela história de amor e uma prova de que o sentimento pode superar todas as barreiras.

“Se você desistir de alguma coisa por medo de tentar, então eu te criei da forma errada e ficarei muito desapontado comigo.” Quando ouviu essas palavras de seu pai, Amanda teve certeza de que não poderia mais fugir do maior desafio de sua vida. Ainda bem. Depois de tudo que ela vivenciou desde que resolveu passar o Natal com a família paterna em Curitiba, subir ao palco ao lado de Vini e Ricardo e cantar num concurso de bandas em seu último dia na cidade seria não só um grande passo em direção ao seu sonho de fazer música, mas também a superação de um antigo trauma. Novo livro da carioca Luiza Trigo, Uma canção pra você retoma as personagens de Meus 15 anos e Na porta ao lado – as amigas Bia, Carol, Amanda, Pri e Roberta – e gira em torno das aventuras e desventuras de Amanda naquele que seria um fim de ano, no mínimo, intenso. Ela deixou o Rio de Janeiro com a cabeça e o coração mexidos por causa do relacionamento complicado com Igor, e tudo o que precisava era de um tempo para pôr os sentimentos em ordem, além de poder desfrutar da companhia gostosa do pai e do avô. Mas logo que chega em Curitiba a primeira notícia não é das melhores: a saúde do vô não anda nada boa, e ela tem que (re)aprender a lidar com ele, agora fragilizado e ausente, bem diferente daquele que ensinou tantas coisas a ela, entre elas a se interessar por música.Já o reencontro com o primo Vinicius traz muitas novidades e um pedido: ele vai participar de um importante concurso de bandas e conta com Amanda para ajudá-lo. Vini é uma das poucas pessoas que sabem do talento da prima para compor, e quando ela descobre o motivo pelo qual ele quer tanto participar do concurso fica difícil negar ajuda (por mais que ela morra de vergonha de expor suas composições). É através de Vini também que Amanda conhece Ricardo, um garoto charmoso e sensível que faz seu coração disparar a cada troca de olhares. Mas será que ela está pronta para se envolver com alguém? O que ela ainda sente por Igor? Por que é tão difícil terminar com ele de uma vez?A ansiedade pelo concurso, as insistentes mensagens e ligações de Igor, a atração cada vez mais forte por Ricardo, os problemas de saúde do avô... Ainda bem que Bia, Carol, Pri e Roberta estão sempre ao alcance da tela do celular para dividir com Amanda suas alegrias, seus medos e suas angústias. Afinal, quando decidiu viajar para passar o Natal com o pai, Amanda não podia imaginar tudo o que viveria naquele fim de ano louco. Mas ela também não sabia que alguns talentos às vezes precisam justamente de situações difíceis para se manifestar; assim como as melhores surpresas acontecem quando menos se espera.Divertido, cheio de reviravoltas e dicas de música, Uma canção pra você fala de amor, amizade, auto-estima, família, sonhos e tudo o mais que faz parte da vida de todo adolescente, mas também toca em temas delicados, como relacionamentos abusivos e perdas, de forma leve e sensível. Para quem já conhece a autora, o livro mostra mais uma vez o talento de Luiza Trigo para escrever para os jovens; para quem ainda não leu seus livros, o romance é uma surpresa agradável e divertida como um bate-papo entre amigas.

Quando Matt e seus amigos, descendentes de Thor e dos demais deuses nórdicos, descobrem que estão destinados a evitar o apocalipse, lutando contra outros deuses, trolls e uma serpente gigante, eles acham que a situação não pode piorar. Corvos de Odin é o segundo volume das Crônicas de Blackwell, de K. L. Armstrong e M. A. Marr, e continua a incrível saga de Matthew Thorsen e os descendentes. Nesta nova aventura, os garotos precisam ir ao inferno, reino de Hela, a deusa nórdica da morte e tia de Laurie e Fenn, para resgatar Baldwin envenenado por Astrid.  Esta é primeira parada na jornada para reunir todos os descendentes, encontrar o martelo de Thor e salvar o mundo. Uma viagem repleta de surpresas e desafios onde cada jovem descobre uma nova habilidade que os transformarão em lendas. E além de todos os adversários tem que encarar os segredos da família Thorsen. A viagem se mostra muito atribulada e perigosa que eles pensavam. Com a ajuda das Valquírias e dos bodes mágicos de Thor, Matt vai juntando as peças do quebra-cabeça e descobre quem é seu verdadeiro adversário e o destino do martelo Mjolnir.  Corvos de Odin é um livro perfeito para os fãs dos mitos e heróis da mitologia nórdica e segue o caminho pavimentado por Rick Riordan e seu Percy Jackson. K. L. Armstrong e M. A. Marr apresentam uma sequência épica para Lobos de Loki, com ação explosiva, aventura e ainda mais lendas e deuses. 

Kacey Cleary “morreu” quatro anos atrás. Um ano de reabilitação física e depois um  mergulho no mundo de drogas e álcool para tentar lidar com uma perda irreparável. Assim é Kacey, a protagonista de Respire, primeiro da série Ten Tiny Breaths, de K.A. Tucker, que a Rocco publica pela coleção Curti, do selo Fábrica231. A Kacey de agora não chora, não suporta o toque das pessoas. Canaliza sua energia para treinos intensos de kickboxing. E tudo a faz lembrar do momento mais terrível de sua vida quando um acidente de carro fatal tirou a vida dos pais, da melhor amiga, Jenny, e do namorado, Billy. Apenas Kacey sobreviveu naquele carro. Do outro lado, um grupo de jovens embriagados e um único sobrevivente também.  Desde então, ela tenta seguir o conselho da mãe: “Apenas respire. Dez respirações curtinhas... Prenda o ar. Sinta-o. Ame-o.” Pesadelos diários reproduzem a cena: o último suspiro da mãe, e a sensação desesperadora de ser atingida por um jato de água que a enche por dentro. Chegou ao fundo do poço por conta dos vícios. Mas por Livie, a irmã caçula, reavaliou tudo e deixa para trás o período de trevas. Após o acidente, as duas são criadas pela tia Darla, uma típica fanática religiosa, e seu marido, Raymond. Elas deixam Grand Rapids, em Michigan, e fogem para Miami depois que o tio alcoólatra tenta abusar de Livie. O acidente traz grandes traumas para Kacey e a construção de um verdadeiro muro para impedir qualquer relação. Justamente em função dos últimos momentos com o namorado, que ficou de mãos dadas com Kacey já desacordado e preso às ferragens, a jovem de cabelos vermelhos não suporta o toque. O simples gesto é capaz de provocar as piores sensações. Mas, no novo condomínio, ela e Livie conhecem Storm, uma loura lindíssima que trabalha numa boate de stripper para criar a filha, Mia, e viram grandes confidentes. Há também o morador do apartamento 1D, que não passa despercebido.  Depois de um encontro inusitado na lavanderia, Kacey não resisite à beleza de Trent, e todos os seus pensamentos são direcionados a ele. Como um invasor, Trent consegue abrir uma brecha e invadir a área de segurança de Kacey. A confirmação vem depois que ele toca em suas mãos e Kacey não se “afoga”. Respira pela primeira vez depois de ficar embaixo d’água durante anos. Mas fantasmas do passado voltam à tona, e ela, que há alguns anos já havia sido diagnosticada com transtorno de estresse pós-traumático, tem sua vida virada de cabeça para baixo novamente. Respirar torna-se uma missão quase impossível. Mas ela não é do tipo que desiste fácil. Como uma boa lutadora, vai precisar nocautear de vez o passado para seguir em frente, viva e respirando. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
Google+