20

[Resenha] Além-Mundos

em segunda-feira, 4 de julho de 2016
Além-Mundos
Darcy escreve sobre o outro lado. Lizzie vive nele.
Scott Westerfeld
Galera Record
546 páginas

Além-mundos escrito por Scott Westerfeld traz uma trama que mescla fantasia e realidade, onde o leitor acompanha duas tramas interligadas de forma que o leitor não pode imaginar.

Darcy Patel é uma jovem escritora que acaba de escrever o primeiro livro em um mês. Não muito tempo depois, se mudou para Nova York, para realizar o sonho de viver de escrever. Lá ela divulgará a sua primeira publicação, Além-Mundos.

Lizzie se prepara para mais uma viagem de avião, até terroristas invadirem o aeroporto e começarem a atirar em todos. Desesperada, Lizzie se joga no chão. No fim, está tão convencida de pertencer ao lugar dos mortos que acaba atravessando a fronteira do além-mundo. Após esse acontecimento, Lizzie começa a interagir com os mortos, e a viajar para o local onde eles vivem.

Darcy criou Lizzie. A menina de Além-mundos é sua protagonista.

Enquanto Lizzie se vê cada vez mais envolvida nos assuntos dos mortos e do submundo, Darcy luta para se manter no paraíso do YA, na Big Apple, e quanto mais Darcy aprende e amadurece, mais a história de Lizzie também cresce.

A história é narrada alternadamente pelo ponto de vista de Darcy e Lizzie. Uma no mundo real, vivendo a dificuldade para a publicação de um livro. A outra, na ficção, vivenciando momentos de paranormalidade após um acontecimento marcante.

A história de Darcy traz os bastidores da indústria literária americana, como funciona o agenciamento, direitos autorais e a até a compra/venda de manuscritos. Outro detalhe na trama, é que o autor inspirou vários personagens em escritores de verdade, onde torna-se divertido reconhecer essas referências no decorrer da história.

A história de Lizzie traz um romance paranormal como os leitores já conhecem, com um mocinho que conquista desde o primeiro instante. Após o acontecimento traumático que sobreviveu, Lizzie precisa lidar com essa nova “habilidade” que adquiriu depois de conhecer o Além-Mundo.

O que me chamou a atenção na história é como o autor demonstra o quanto o resultado final do livro pode ser influenciado conforme a história é reescrita. As decisões que Darcy toma durante a escrita influenciam a vida de Lizzie, e é interessante acompanhar a dimensão dessas escolhas. 


Confesso que me surpreendi com esse livro, onde temos duas histórias distintas, mas interligadas de maneira única, deixando um leitor grudado as páginas do começo ao fim. Além da trama envolvente, o leitor pode conhecer mais sobre os bastidores da publicação de um livro, e tudo o que ocorre desde a criação até o momento da divulgação.

Nota:



20 comentários:

  1. Oi Carla!
    Desse autor eu já li Feios e gostei. Ainda não conhecia esse livro, a história parece ser bem interessante!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  2. Oi Ka, tudo bem?
    Não sei o que acontece, não me animo a ler nada do que esse autor pública.
    Sua resenha está muito boa. Mas mesmo assim não vai ser dessa vez q vou ler nada do autor heheh
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Me parece um livro bem escrito, desses que o leitor entra na história e acompanha junto com os personagens o que vai acontecer.
    Nunca li nada de Scott e tenho até vergonha disso.

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha Carla. Uma amiga minha estava lendo esse livro recentemente e achei a trama atraente, principalmente por revelar o que acontece nos bastidores da produção editorial. Beijo!


    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. oi

    sabe que eu ganhei esse livro para resenha e passei pra outra pessoa só por causa do autor??? eu li Feios e gostei, mas os outro...ecaaa....hehe

    depois de ler algumas resenhas, vi que era bom....fazer o que né???

    ótima resenha!!!

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Oii Carla, tudo bem? Eu acho essa premissa tãaao maluca e confusa, mas pelas resenhas que ando lendo acho que irei gostar bastante viu! Espero ter a oportunidade de ler. Sua resenha ficou ótima!! <3
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oii Carla, como vai?
    Confesso que eu gostei bastante desse livro, porém a capa achei tão sem graça HAHAUAHUAAHUA leria só porque você gostou da leitura, mas se visse em um lugar e se fosse para comprar sem ler a sinopse, pularia. Dica anotada.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Olá
    É a primeira resenha desse livro que leio, e que bim que eu li,por qye essa frase falando do livro anterior do autor estava ne afastando desse livro, achei a premissa muito boa, me lembrou até um filme que assiste faz tempo que mostrava para onde ia as idéias rejeitadas dos escritores, era um fime de suspense/terror oriental bem interessante. Dica anotada.

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Confesso que fiquei temerosa com essa leitura pois não gostei muito das obras anteriores desse autor, mas agora com a sua resenha fiquei até mais tentada a um dia aderir essa leitura.

    Grande Abraço
    oblogcaentrenos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Nunca li nada do autor mas estou louca para ele esse livro e conhecer a escrita do autor. O livro tem uma premissa bem interessante, assim que puder irei lê-lo. Adorei a sua resenha. =)

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Eu descobri esse livro no mochilao da Record aqui em Brasília e confesso que fiquei curiosa e sua resenha só deixou mais ainda curiosa. Parabéns pela incrível resenha. Só me deixou mais curiosa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Conheço o autor por causa do livro Feios. Nossa, deve ser bom, viu? Essa coisa de ter histórias paralelas que são ligam de certo modo é uma ótima premissa. Vou ler com certeza! E fiquei bem interessado em ver essa lado da escrita e publicação de um livro. Tem tudo para eu gostar.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Oi Carla...
    Eu to com o livro aqui e ainda não realizei a leitura. A sua resenha é a primeira que eu leio do livro e me deixou empolgada. Espero conseguir lê-lo em breve. Para te ser sincera, eu achei que esse negocio de intercalar as histórias em capítulos distintos poderia ser problema, vamos tentar!

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Eu conheci esse livro no Mochilão da Record desse ano, eles até levaram a Darcy, mas explicaram muito mal o livro. Ele é um pouco confuso, mas parece bom. Quando eu diminuir minha lista, pretendo dar uma chance a ele.

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Eu sou fã do autor e sempre tive vontade de ler esse livro, pois achei fantástica essa trama dividida entre autora e personagem, por isso fiquei em êxtase quando ele foi lançado aqui. Ainda não pude o ler, mas fico cada vez mais ansiosa a cada resenha elogiosa que leio, e a sua me animou ainda mais.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Nossa, gostei muito de saber que falam sobre a indústria literária, parece ser bem bacana e é uma coisa que sempre me deixa curiosa, querendo saber direitinho como tudo funciona. Curti! ;)

    ResponderExcluir
  17. Sabe que eu acho que fui com muita empolgação na leitura desse livro? Porque eu não curti tanto quanto gostaria e agora, lendo sua resenha acho que foi por causa das altas expectativas e talvez um pouco por não ter gostado tanto da Darcy. Acho que é que eu também gostei muito da Lizzie e só a história dela já daria um livro incrível. Mesmo assim, o Scott tem alguma coisa que me conquistou e teve seus pontos positivos e é bom ver que teve leitores que gostaram mais da leitura :)
    Beijinhos,
    Lica

    ResponderExcluir
  18. Meu colaborador resenhou esse livro no meu blog e eu achei sensacional o enredo. Já li outros livros do autor e sou muito fã da sua escrita.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Confesso que não conhecia o livro, mas achei trama interessante e envolvente. Os personagens parecem ser bem construídos e a história bem fluída. Se tiver oportunidade quero ler o livro e conhecer mais de perto os personagens.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  20. Menina, também gostei muito dessa leitura. Concordo contigo, fiquei impressionada de como as obras podem ser modificadas para melhor durante a revisão. Cada vez que eu lia algo e percebia que era uma modificação pós correções e dicas ficava ainda mais impressionada. E o final oficial da obra ficou muitíssimo legal, mas senti falta de ter ideia de como ele era antes. Bateu aquela curiosidade, sabe?rs

    ResponderExcluir

 
Google+