1

[Resenha] Confissões de Uma Garota Excluída, Mal - Amada e (Um Pouco) Dramática

em sexta-feira, 8 de julho de 2016
Confissões de Uma Garota Excluída, Mal - Amada e (Um Pouco) Dramática
Thalita Rebouças
Páginas: 272
Editora Arqueiro

Confissões de Uma Garota Excluída, Mal - Amada e (Um Pouco) Dramática escrito por Thalita Rebouças traz uma trama voltada para o público jovem, protagonizada por uma jovem que lembra muito de nós na adolescência, devido ao seu jeito peculiar.

Tetê (apelido carinhoso para Teanira, nome que ela odeia) acaba de se mudar com a família toda para Copacabana, no Rio de Janeiro, para a casa dos avós. O lindo e espaçoso apartamento da Barra da Tijuca em que morava teve que ser vendido, pois com a crise o pai foi demitido e o resultado é que a vida dela virou de cabeça para baixo. Além de perder a privacidade, tendo que dividir o espaço com cinco parentes malucos que brigam o tempo todo, ela perdeu todas as suas referências. A única coisa que a deixa feliz é cozinhar. E, claro, comer as delícias que faz.
Tetê vive a driblar as constantes críticas dos parentes que insistem em afirmar que ela é uma jovem depressiva, pois vive a ouvir músicas tristes e não tem nenhum amigo. Eles também ficam a criticar a sua falta de vaidade, já que ela não quer mudar o corte de cabelo, ou até mesmo depilar o buço (motivo de grandes discussões na família).

Mas agora Tetê terá muito que avaliar, pois está para entrar em novo colégio, e teme também ser rejeitada igual antigamente.

O lado bom foi se livrar do antigo colégio, no qual sofria bullying por causa de seu jeito peculiar. Sem contar sua desilusão amorosa... O problema é que ela está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola, e sem conhecer ninguém. E morre de medo de ser excluída ou de sofrer bullying novamente.

Ela está bem mal, para dizer a verdade. Ou talvez seja um pouco de drama, porque já no primeiro dia as coisas parecem ser um pouco diferentes... Pelo jeito, tudo vai mudar, e para melhor.

Logo Tetê faz alguns amigos, que aos poucos, a fazem notar que não é errado ter um pouco de vaidade e querer mudar alguns dos aspectos físicos. E sem esperar, Tetê conhece o jovem Erick, onde ela se apaixona instantaneamente, mas como ele está comprometido, ela logo se afasta. Aos poucos com o seu jeito companheiro, meigo e até mesmo atrapalhado (já que sempre ela fica nervosa e sem saber como agir perto de Erick), Tetê conquista essas novas amizades e começa a desabrochar.

A leitura da história foi bem leve e envolvente e em muitos momentos, senti que fui uma Tetê na adolescência, pois sempre me atrapalhava quando ficava nervosa e demorei para me importar com aspectos do meu físico, tornando-me vaidosa.

Mesmo com uma trama voltada para o publico jovem, a protagonista conquista com o seu jeitinho atrapalhado em falar antes de pensar, de não saber como agir diante de um garoto lindo, e até mesmo com os problemas que vive, como o bulliyng e os problemas familiares. É uma história despretensiosa, que envolve e entretém o leitor da primeira a ultima página. E de bônus, temos algumas receitas culinárias para testar e experimentar.

É o primeiro livro que leio da autora e agora entendo o motivo de ser uma das queridinhas do público jovem. A narrativa é contagiante, você não consegue parar, e sempre quer ler mais e mais.  Com uma linda e delicada edição, a Editora Arqueiro traz um presente para todos. Impossível não ser conquistado por essa adorável protagonista.

Nota:



Um comentário:

  1. Vou confessar, tenho certa birra com a Thalita Rebouças. Acho ela forçada demais, então, por isso, nunca quis ler nada dela. Porém achei a premissa deste livro bem legal. Até dei de presente de 16 anos pra uma prima. Talvez até leia, quem sabe?

    bjs!

    Thaís;)

    Uma Conversa Sobre Livros

    ResponderExcluir

 
Google+