2

[Resenha] Onde Está Elizabeth?

em segunda-feira, 25 de julho de 2016
Onde Está Elizabeth?
Como resolver um mistério sem se lembrar das pistas?
Emma Healey
308 páginas
Editora Record

Onde está Elizabeth? escrito por Emma Healey traz uma delicada história mesclado a um thriller que deixa um leitor duvidoso se conseguirá descobrir o mistério da trama.

Maud tem 80 anos e está ficando cada vez mais esquecida. Sua própria filha e sua casa lhe parecem irreconhecíveis, e ela escreve bilhetes para si mesma na tentativa de lembrar-se do cotidiano. As tarefas mais simples mostram-se cada vez mais complexas, pois ela não se lembra do que precisa fazer. Ela fala muitas vezes sobre o mesmo assunto, compra o mesmo produto todos os dias no mercado, deixa a comida no fogo, pois esquece que o acendeu.

Um dia, um dos bilhetes informa que sua amiga Elizabeth está desaparecida. Embora todos lhe assegurem que ela está bem, Maud embarca numa missão para encontrá-la. E ela se lembra de Elizabeth, da amizade que as duas tinham, mas ninguém entra em detalhes de como ela está. A filha não gosta de falar do assunto e parece sempre desconversar, não dando a devida importância para a preocupação de Maud.

A iniciativa, no entanto, acaba se confundindo com a história de Sukey, sua irmã mais velha, desaparecida desde o fim da Segunda Guerra Mundial. Maud se lembra de todos os detalhes do que acontecera com a sua irmã, e se recente por não descobrir o que aconteceu a ela. Será que fugiu? Será que foi assassinada? Perguntas que ainda assombram a mente de Maud, deixando-a ainda mais confusa com o que está acontecendo no presente.

Confesso que a narrativa desse livro me deixou angustiada, pois eu sentia a confusão de Maud por não se lembrar dos acontecimentos. Ela se esforçava, mas as memórias eram como areia a escapar entre os dedos. E isso a desesperava, ela estava tentando, mas não conseguia se lembrar. E as lembranças de sua irmã Sukey a confundiam com os acontecimentos no presente, fazendo com que as pessoas não se importasse com o que ela falava.

Conforme os detalhes do passado de Maud e Sukey são revelados, assim como o esforço dela em tentar encontrar a amiga que está desaparecida, o leitor fica tentando adivinhar o que realmente está acontecendo na trama. Será que Elizabeth está realmente desaparecida? O que as pessoas estão escondendo de Maud? E quanto a Sukey, ela ainda está viva?

E mesmo com diversas teorias sobre os acontecimentos, fui surpreendida com o final. A autora trouxe de forma única, uma história que mesclou a memória do passado da protagonista, com o presente onde ela pouco consegue se lembrar do que está fazendo. Com isso, o leitor sente a mesma confusão de Maud tentando entender tudo o que está acontecendo.


Onde está Elizabeth? traz uma leitura diferente dos últimos livros que li ultimamente, que me deixou angustiada com a situação da protagonista, e ansiosa querendo saber tudo o que estava acontecendo. Uma leitura obrigatória para quem busca história única que saia da zona de conforto das histórias que estamos acostumados a ler.

Nota:


2 comentários:

  1. Opa, Maud tem 80 anos e vai sair em busca da amiga desaparecida? Isto sim é o que eu chamo de livro diferente e isto quer dizer que me chamou muito a atenção, não resisto a um livro diferente, ainda mais se tiver drama...

    Bj, Van - Retrô Books
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi!

    Eu vi esse título mas nem imaginava do que se tratava. Achei a premissa bem original e diferente.

    bjs!


    Thaís

    ma Conversa Sobre Livros

    ResponderExcluir

 
Google+