20

[Resenha] Amor em Jogo

em segunda-feira, 24 de outubro de 2016
Amor em Jogo
Amor em Jogo – vol. 1
Simone Elkeles
360 Páginas
Globo Alt

Amor em jogo escrito por Simone Elkeles é o primeiro volume da série de mesmo nome, onde temos um romance YA contemporâneo, com personagens que tem como característica o amor ao futebol americano, além dos problemas familiares. Sempre leio comentários positivos sobre a narrativa da autora e até então ainda não tinha lido nenhum dos seus livros. E fui surpreendida com o que eu encontrei e senti durante os acontecimentos dessa trama.

Com uma narrativa envolvente e que vicia o leitor, acompanhamos a história de Ashtyn e Derek, pessoas de personalidades diferentes, mas que se completam totalmente. Impossível não rir com algumas das situações provocadas pelo casal, que devido a personalidade forte de cada um, sempre estão a querer mostrar quem é o mais forte e que não cederá diante da atração que estão sentindo.

Ashtyn Parker já está acostumada a ser abandonada, e aprendeu a não se deixar envolver demais em nenhum relacionamento. Foi abandonada pela mãe, a irmã foi embora como namorado, e o pai pouco se importa com ela. Até mesmo o namorado não demonstra muitos sentimentos com ela, preocupando-se apenas com ele.

Quando sua irmã mais velha volta para casa, depois de dez anos, com um enteado a tiracolo, ela não quer saber de nenhum dos dois. O que Ashtyn não esperava é que o tal garoto mal-encarado e sem nenhum limite seria também... Irresistível.

Depois de ser expulso do colégio interno em que estudava, Derek Fitzpatrick não teve outra escolha senão ir morar com a esposa de vinte e poucos anos de seu pai, que está viajando pela Marinha. Além de ter que aturar a madrasta, ele recebe a notícia de será obrigado a se mudar da Califórnia para sua cidade natal, Illinois. A vida não tinha mesmo como ficar pior... Ele não quer se mudar, mas não tem escolha, pois a madrasta colocou a casa para alugar e ele não tem onde ficar. Só não imaginava que a casa onde iria morar tivesse tantos problemas familiares.

Ashtyn se esconde atrás de uma fantasia da vida perfeita: boa aluna, a única menina – e capitã! – do time de futebol americano da escola e namorada do quarterback promissor. Tudo parecia um conto de fadas. Ainda assim, ela se sente deslocada, e tem um plano para deixar tudo pra trás e correr em busca da bolsa de estudos em alguma faculdade bem longe de sua vida atual. Ela quer que sinta orgulho dela, mas ele está trancado em seu próprio mundo de amargura e pouco se importa com a filha mais nova. Os únicos que ela pode contar são com os companheiros do time, que tornaram-se os seus melhore amigos.

Tudo o que Derek menos quer é participar de mais um drama familiar – já bastam os seus. Agora, ele se vê preso a uma casa estranha, com pessoas que não conhece e em uma cidade bem diferente do que está acostumado. O que ele não esperava era que aquela garota briguenta e fã de junk food seria capaz de mexer tanto com seus sentimentos. Ainda mais ele, tão acostumado a descartar meninas por aí. Ele não quer um relacionamento, mas começa a pensar nisso conforme vai conhecendo Ash, onde deseja ser aquele que vai protegê-la, sempre estando presente para todos os momentos.

 E que história fofa! Por um lado, temos uma jovem que vive uma vida de fachada, enquanto que internamente teme nunca ser amada por ninguém, e ser sempre abandonada pelas pessoas que se importa. Por outro lado, temos um jovem que sofre pela perda da mãe e pela falta do convívio do pai, e não quer se envolver com ninguém, pois ainda não se decidiu pelo futuro.

E para viverem o relacionamento, precisam amadurecer emocionalmente, e encarar todos os medos e insegurança que cada um tem. Ela tem medo de se apaixonar e demonstrar que sente algo por alguém que não quer nada; ele espera qualquer sinal de ela também está atraída, mas tem medo de se apegar demais. Com essa insegurança, acompanhamos todo relacionamento deles, desde os diálogos provocantes e ácidos, até mesmo os momentos fofos entre eles.


Com certeza, foi uma leitura envolvente onde não consegui parar até chegar a última página. Amor em jogo é o livro indicado para os leitores que buscam romance, com momentos de drama, diversão e amadurecimento do casal. Leitura inesquecível.

Nota:



20 comentários:

  1. Oi Carla. Eu sou apaixonada por esse livro. Lembro que li sem pretensoes, e quando percebi já estava completamente envolvida no cenário e com os personagens. Concordo que é uma leitura inesquecível, e suas impressões conseguem expressar bem as minhas próprias opiniões. Sem dúvida, é uma história fofa demais!
    Beijos, Fer - www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    É muito bom saber que a leitura foi tão envolvente desde a primeira até a última página.
    Quero muito conferir porque você diz ser uma leitura inesquecível e também conferir todo esse drama familiar que envolve os personagens.
    Desconhecia a obra e já anotei a dica.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Que capa mais fofa!
    Eu anão conhecia o livro mas a trama me agradou e fiquei curiosa. Acho esses dramas muito interessantes em uma leitura e pelo que li na sua resenha, o livro parece mesmos ser envolvente. Deve ser uma leitura muito gostosa e daqueles livros que quando a gente termina, fica relembrando os momentos da leitura.

    ResponderExcluir
  4. Olá amore,
    Curiosa pra ler esse livro, parece ser uma fofura... e muito envolvente pelo que li em sua resenha – dica anotada aqui já!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oi
    Adoro histórias nesse tom. Estou esperando esse livro chegar aqui em casa para começar a ler. Gosto desse tom de drama que você menciona e já sinto que vou me envolver com a obra.
    Adorei a dica.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  6. Olá. Que resenha fofa. Fofa assim como parece ser esse livro. Amo histórias de mocinhas certinhas e bad boys, principalmente quando se passam nesse ambiente escolar. É tão gostoso ver as primeiras experiências e analisar como a história se desenvolve. Ver o amadurecimento deles. Com certeza vou querer ver esse livro sim! Beijos

    ResponderExcluir
  7. Que livro bacana!!!
    gosto de leituras assim, mais leves e tals!!!
    Já vi esse livro em promoção algumas vezes na Saraiva, mas nunca consegui comprar porque estava financeiramente sem vontade rsrsr
    Mas é um livro que pretendo comprar!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi Carla. Tudo bom? Apesar de tee todo um drama familiar inserido na história peko que vi da sua resenha parece uma leitura super leve e que dá para ler em apenas um dia. Vou anotar a dica pois realmente estou em busca de leituras leves.
    Bj

    ResponderExcluir
  9. Oi Carla, me lembrei do enredo de outro livro, que inclusive nem li ainda. Acho que o diferencial é o drama familiar que ambos carregam. Gostei da dica, e vou deixar anotado
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Olá Carla,
    Adorei sua resenha. Fiquei encantada com a premissa do livro e achei muito bacana o que você disse sobre a obra. Senti um pouco de empatia pela personagem que tem uma vida de fachada e que pensa que nunca será amada. Gostei disso.
    Anotei a dica e espero gostar tanto quanto você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Adoro YA e achei esse muito interessante, além de realmente parecer uma história muito fofa. Fiquei muito curiosa para conhecer um pouco mais sobre os personagens e com certeza vou adicionar na minha lista de leituras.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. OI Carla,
    eu amo YA, são livros leves, divertidos e com a carga emocional na medida certa. Amor em Jogo parece ser tudo de bom, fiquei curiosa sobre como as personalidades da Ashtyn e do Derek vão se contrastar. Parece ser um livro muito fofo, os outros livros da série são continuações desse ou outras histórias distintas?
    Ótima resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oi Carla!!
    Eu quero muito ler esse livro sabia? Me apaixonei pela escrita da Simone quando li o Química Perfeita e eu simplesmente me apaixonei!!!
    Esse livro tenho certeza que deve ser tão incrível quanto sem contar nessa história que parece ser realmente linda!!!

    Já quero!

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  14. Olá =)
    Não conhecia o livro, a capa está muito fofa e a história realmente também parece ser. Sua resenha está ótima, mas fiquei na dúvida se leio ou não. Gosto mais de fantasia e não romance dramático. Beijos'

    ResponderExcluir
  15. Oi, tudo bem?
    Eu adoro romances e confesso que fiquei animada com esse logo de cara. A premissa é interessante e os personagens parecem ser ótimos, além disso gosto de histórias que me fazem rir.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Já tinha o visto o livro por aí e, apesar de gostar da capa, nunca parei pra ver do que se tratava e fiquei muito animada pra ler e ver como essa história se desenrola, já vou colocar nas próximas leituras! Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir
  17. Olá Carla,
    A trama parece interessante e envolvente, gosto muito quando os personagens amadurecem, se parece mais com a vida real. Além é claro da diversão e fofura de um início de relacionamento.
    Boa dica.

    Beijos,
    Anne
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  18. Olá,
    Não sou muito fã de Young Adult, acho que vários por ai tem o mesmo clichê presente. Porém esse me chamoupersonagens que crescem junto com o seu amor, por isso daria uma chance.

    ResponderExcluir
  19. Ahhh, eu amo histórias fofas, e a capa também é, então é tipo um combo. Gostei da saber a sua opinião, principalmente ler a respeito da escrita envolvente e do enredo familiar. Esse livro parece ser tudo de bom, o único ponto negativo é que faz parte de uma série e eu tenho corrido de livros que não sejam únicos. Mas se eu tiver a oportunidade algum dia, com certeza lerei.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi, Carla

    Eu achei o enredo muito clichê, sabe? Eu até gosto de clichês, mas eles têm que trazer ao menos um diferencial, coisa que não conseguiu identificar aqui.
    Imagino mesmo que seja uma história envolvente, livros assim geralmente são, mas posso pensar em ao menos meia dúzia de personagens parecidas com Ashtyn e mais meia dúzia parecidos com Derek. Rs'
    Em todo caso, fico feliz em saber que gostou da leitura e que ela tornou-se inesquecível!

    Beijos

    ResponderExcluir

 
Google+