26

[Resenha] As Cores da Vida

em segunda-feira, 10 de outubro de 2016
As Cores da Vida
Kristin Hannah
352 Páginas
Editora Arqueiro

As Cores da Vida escrito por Kristin Hannah traz uma linda história sobre família e perdão, escrito por essa autora que sabe expressar todas as emoções em suas tramas. Impossível não se encantar com a delicadeza da narrativa da autora, onde desde o inicio prende a atenção do leitor.

E o que sempre me chama a atenção nas histórias de Kristin é que os personagens são reais, imperfeitos, que sentem o mesmo que nós leitores, e estão tentando encontrar a felicidade. A história tem a sua dose de drama, mas traz uma mensagem positiva que eleva o sentimento dos leitores.

Na trama, conhecemos as irmãs Grey, Winona, Aurora e Vivi Ann, que perderam a mãe cedo e foram criadas por um pai frio e distante. Por isso, o amor que elas conhecem vem do laço que criaram entre si e mesmo com a personalidade distinta, são inseparáveis.

Winona, a mais velha e porto seguro das irmãs, nunca se sentiu em casa no rancho da família e sabe que não tem as qualidades que o pai valoriza. Devido a falta de confiança e pela perda da mãe, ela sempre descontou suas frustrações na comida, o que fez com que se sentisse gorda e feia. E por mais que alguém a elogiasse, ela não conseguia ter uma boa auto-estima. Como é a uma mulher inteligente tornou-se a melhor advogada da cidade, e está determinada a provar seu valor para o pai que nunca a elogiou.

Aurora, a irmã do meio, é a pacificadora. Ela acalma as tensões familiares e se desdobra pela felicidade de todos – ainda que esconda os próprios problemas. Vive em um casamento sem amor, onde tenta disfarçar o sofrimento através de maquiagem e roupas. Ela está infeliz no relacionamento, e não sabe se tem forças para decidir pela separação.

E Vivi Ann é a estrela entre as três. Linda e sonhadora tem o coração grande e indomável e é adorada por todos. É a única que consegue manter uma relação com o pai, e faz de tudo para agradá-lo. Parece que em sua vida tudo dá certo, até que um forasteiro chega à cidade...

Então tudo muda. De uma hora para a outra, a lealdade que as irmãs sempre deram por certa é posta à prova.

Como todo drama familiar, a história traz a rivalidade entre as irmãs, principalmente de Winona com Vivi Ann. Winona sempre sentiu inveja da irmã mais nova por ser mais bela e também a filha preferida do pai. Inconsciente, Winona sempre tentou ser melhor, mas nunca conseguiu se satisfazer com as vitorias que ganhou na vida, sentindo-se ainda mais frustrada. Mas quando qualquer uma das irmãs mais precisava, era para Winona que elas corriam.

E essa rivalidade ganha maiores proporções quando o amor por um homem está envolvido, e Winona decide esconder os seus sentimentos da irmã mais nova, com medo da rejeição. E por mais que ela esteja ao lado, não consegue se sentir feliz.

Por mais que a trama seja das três irmãs, o foco é no amadurecimento de Winona. Alguém que demorou muito para descobrir os verdadeiros sentimentos, e ser fiel com eles. Impossível não se comover com a insegurança e o desejo de ser amada da irmã mais velha que não se sente desejada por ninguém. E são sentimentos tão reais, que o leitor sente que está lendo a história de uma amiga, de alguém próximo.

E Kristin sabe como conduzir a história, como introduzir os elementos de tensão, o romance, o drama, tudo sem se perder na história. Uma trama sobre amor, perdão, rivalidade, inveja, trazendo a tona o verdadeiro significado da palavra família.


Como toda leitora que gosta de drama família, eu me emocionei, sofri, suspirei com a trama, tendo a certeza de que a autora é uma das melhores para contar suas histórias, sempre trazendo uma mensagem positiva em seus enredos. Impossível não se apaixonar um pouco mais pela autora, sempre ansiando para o próximo lançamento.

Nota:



26 comentários:

  1. o mais legal é que é um livro para ser vivido, sentido e que fica com a gente mesmo depois da leitura!
    mais uma vez Kristin arrasou e lacrou, é por histórias assim que ela se tornou uma das minhas autoras favoritas
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu já conheço a escrita da autora e nao tenho dúvidas de que esse livro é otimo. Ela sabe muito bem como trabalhar com a parte emocional né?! Suas impressões me deixaram bem intrigada para querer fazer essa leitura logo. Vou priorizar para adquirir meu exemplar o quanto antes possível.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Oi, Carla. Eu adorei a reflexão que você fez sobre a obra, li o livro recentemente e me encantei tanto quanto você. A maneira como acompanhamos as sensações das irmas para a mesma situação é muito boa e a Kristin sabe mesmo nos contar excelentes histórias. A capa é linda e o que encontramos no interior das páginas também é, gostei muito desse livro.

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela resenha Carla! Estou ansiosa para ler As Cores da Vida! Beijo!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. Li apenas um livro da Kristin Hannah e fiquei fascinada pela escrita dela, então, mesmo seu ignorasse todos os elogios que estão fazendo para este livro, eu iria desejar ler da mesma forma. Gosto desta coisa de dramas familiares e acho que me encantarei por mais outra historia da autora.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li esse livro, mas todo livro dessa autora me deixa com um sorriso no rosto porque ela foca em tramas de família como nenhuma outra autora que já li. Muito bonita sua resenha e cheia de sentimento, gostei de saber que fala de amadurecimento. Pretendo ler em breve. beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá
    Eu só li,até o momento, um livro com drama Familiar, e confesso que eu amei de mais o que tinha na obra. Quanto a esse livro,eu estou bem intrigado, pois as resenhas tem sido bem 8ou80, gente amando e gente não amando a obra rsrs. Nunca li nada da autora, mas minha prima já e super me indica, eu que não leio mesmo kkk. Adorei a sua resenha e espero poder conferir a obra em breve. Até mais vê
    Bjks

    ResponderExcluir
  8. Olá amore,
    Não conhecia o livro, mas já curiosa pela leitura.
    Sou igual a você além de adorar dramas familiares, sofro junto, sorrio junto... passo tudo junto com os personagens...
    Dica anotada!
    Beijokas!!!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  9. Uau, acabei de ler uma resenha desse livro, e agora tô divida, porque na outra a pessoa não gostou tanto assim. Claro que é tudo uma questão de gosto, e apesar de você ter adorado, ter te passado tantas sensações boas enquanto lia que me deixou curiosa pra ler, nem tanto a trama, que não me chamou muito a atenção.
    Mas se algum dia eu tiver a oportunidade, lerei. Quem sabe não me surpreenda, né?

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  10. Olá Carla,
    Fico muito contente por saber que você gostou do livro.
    Ainda não li nada dessa autora e morro de vontade de mudar isso, mas não vou começar por esse, pois as opiniões são bem diferentes. Acho muito legal a trama abordar o amadurecimento de uma das irmãs, que sempre pareceu viver às sombras da outra, mesmo que eu sinta que ela não se esforçou para se destacar. Enfim, vou anotar a dica, mas não será o primeiro que lerei da autora.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  11. Oi Carla, tudo bem? Essa é a segunda resenha que leio sobre o livro hoje à sua extremamente positiva e uma extremamente negativa ressaltando que cada livro funciona de uma forna diferente para cada leitor. A premissa não me atrai muito e por essw motivo vou deixar a dica passar.
    Bj

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bom?
    Sou encantada com as tramas familiares que a Kristin desenvolve, mas, esse infelizmente não funcionou para mim. Essa inveja que a Winona sentia da irmã mais nova me incomodou muito, por uma personagem adulta agir como uma adolescente birrenta na maior parte do livro. Outro ponto que me incomodou muito foi Aurora ser apenas isso, a pacificadora, a filha do meio... senti que só pra isso que ela serviu a história inteira sabe? Enquanto várias coisas aconteciam com ela e não tinham o desenvolvimento necessário. Outro que não teve desenvolvimento foi o pai. Tivemos uma fagulha da história dele com a mãe das meninas e nada mais que isso. Acho que precisávamos entendê-lo melhor para que o final fosse satisfatório. Enfim! Fico feliz que tenha funcionado para você ^^

    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  13. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Simplesmente amoo histórias com drama familiar, logo, essa leitura me atariu muito! Seus comentários me deixaram mega ansiosa e o número de resenhas dele também me fez querer ler.
    Acho que toda essa temática em volta da família mostra um pouco de realidade á mais do que nesses romances melosos que encontramos facilmente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. É impressionante como um mesmo livro pode tanto encantar e conquistar um leitor e o mesmo não ocorrer com outro. Li recentemente uma outra resenha em que a obra não havia conquistado, mas ai vejo a sua e vejo uma história profunda que me faz ficar em dúvida... Apesar de sua resenha ser capaz de conquistar e mostrar de forma profunda a obra, ainda sim não acho que seja a leitura certa para mim. Gosto da temática dos personagens reais, mas ainda sim, não sei! Fico feliz que você tenha se apaixonada e tenha te tirado lágrimas e te emocionado.
    Beijos
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  15. Adoro histórias sobre família e perdão, e sou super fã da autora, então claro que estou curiosíssima para conferir essa. Amo quando uma obra me traz uma mensagem positiva, se eu me emocionar, sofrer e suspirar, melhor ainda. Mal vejo a hora de ler.

    ResponderExcluir
  16. Oi oi querida,
    Eu já li algumas resenhas desse livro, mas nenhuma falou de algo tão profundo que o leitor iria encontrar na história.

    A personalidade de Winona é um diferencial no livro. Mesmo com tantos acontecimentos em sua vida, ela se mantém a medida do possível. E as suas irmãs são ótimas, cada uma parece ter uma característica que faz o leitor se apaixonar por elas. Isso me deixou intrigada para conhecer o livro e mais um livro da Kristin.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  17. Olá,

    Eu gosto muito dos livros da autora e com esse parece que não vai ser diferente, fiquei curiosa para ver como é a relação dessas irmãs e qual será toda a problematização da história. A Winona parece ter uma personalidade bem diferenciada e isso me intrigou muito. Ainda este ano pretendo fazer essa leitura.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  18. Oi Carla, ando bem curiosa sobre esse livro. Já pude conferir outras resenhas sobre ele, e a histórias das três irmãs parece ser bem interessante. Além disso, também acho a capa linda! Com certeza já entrou na minha lista de desejos, ainda mais que todas as resenhas que li até agora são bem positivas. Abraços

    ResponderExcluir
  19. Olá tudo bem? Já li algumas resenhas do livro e acho incrivel como todos que leram se encantaram pelos personagens e pelo enredo. Gostei de autora ter se feito uma personagem amadurecer tanto durante os acontecimentos, ficamos assim mais proximos deles.

    ResponderExcluir
  20. Oi Carla!
    Eu sempre ouço as pessoas falando super bem da escrita da Kristin Hannah e de suas histórias. Tenho em casa o "Jardim de Inverno" e sempre que penso em ler ele eu desisto da leitura - não sei porque...
    E a sinopse desse livro parece ser mais interessante do que o "Jardim...". É provável que eu leia esse antes do que o que tenho em casa, rsrs.
    Gosto quando a autora consegue construir personagens tão parecidos com a gente. Faz com que nos aproximamos mais com a leitura.
    Gostei da sua resenha. Parabéns!
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/2016/10/a-traicao-do-sapato-novo-conto-1-dos.html

    ResponderExcluir
  21. Oi, tudo bem?
    Acredita que eu ainda não li nada da autora? Mas tenho alguns livros dela e sei que vou ser conquistada pelas historias. Esse livro eu ja li alguns comentários sobre e fiquei bem animada, acho bacana a premissa e toda essa rivalidade entre irmãs. Além disso, eu gosto muito de dramas que trazem boas mensagens pra gente. Enfim, espero um dia ler esse livro também, acredito que vou gostar muito.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  22. Oi, Carla

    Como a literatura é interessante, não? Pois acabei de ler uma outra resenha desse livro e a blogueira se decepcionou com a história. Acho muito bacana as reações diferentes que um livro pode causar.
    Eu nunca li nada da autora, mas esse livro em particular chama minha atenção por causa dos conflitos familiares. Acho que pode ser interessante acompanhar os desdobramentos do relacionamento dessas irmãs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Olá =)
    Eu gosto de saber que cada uma ter uma personalidade mais são bem unidas. E como sempre, tem que passar por teste da vida. O livro parece ser bom. Não li nenhum livro da autora, mas vontade não falta. =) Beijos'

    ResponderExcluir
  24. Olá, tenho visto várias resenhas sobre esse livro e confesso que a sua é a primeira que eu vejo que diz coisas realmente positivas sobre esse livro, na maioria das vezes leio várias críticas sobre ele, nunca li nada da kristin hannah então não posso comparar a escrita desse livro com os outros da autora, mas com certeza um dia irei ler algo dela

    ResponderExcluir
  25. Olá Carla,
    Eu particularmente amo um bom drama familiar, e esse com certeza chamou a minha atenção. Fiquei bastante curiosa sobre esse homem que chega e muda o comportamento entre elas. Fiquei feliz em saber que Winona cresce no decorrer da trama, das três, foi a personagem que mais me chamou a atenção. Espero conhecer mais a obra futuramente.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  26. Oi Carla
    Sou suspeita, pois amo Kristin Hannah
    Tento ler todos os seus livros assim que são lançados e a história desses três irmãs foi sincera e apaixonante. O crescimento das personagens é nítido e o fato de ter história dentro de história também encanta.
    Amei suas impressões.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir

 
Google+