12

[Resenha] Corvos de Odin

em quarta-feira, 10 de maio de 2017
Corvos de Odin
Crônicas de Blackwell vol. 02
Kelley Armstrong, M. A. Marr
304 Páginas
Editora Rocco Jovens Leitores

Corvos de Odin escrito por K. L. Armstrong e M. A. Marr é o segundo volume da trilogia Crônicas de Blackwell, onde acompanhamos uma trama de aventura com descendentes dos deuses nórdicos. Assim, como no volume anterior, a história é muito envolvente e quando percebemos, já estamos ansiando pela publicação do próximo volume.

O jovem Matt Thorsen sempre soube que era descendente de Thor, o deus do Trovão, mas nunca deu muita bola para isso, até as runas revelarem que o Ragnarök, o apocalipse nórdico, estava próximo e ele tinha uma missão a cumprir para evitar isso. Depois de se juntar a seus primos Fen e Laurie Brekke, com o objetivo de encontrar outros descendentes capazes de lutar contra o fim do mundo, o trio sofre um golpe que vai levá-los ao Submundo, onde eles enfrentarão novos e perigosos desafios. Será que Matt, Fen e Laurie conseguirão encontrar o Martelo de Thor e salvar a humanidade do fim?

A união do trio é praticamente impossível, mas situações fazem com que eles precisem ficar lado a lado para impedir a Ragnarok. Após tudo o que vivenciaram no volume anterior, eles agora são uma equipe, evidenciando o amadurecimento dos personagens. Até mesmo as diferenças que existiam entre eles foram deixadas de lado, para enfim poderem impedir a Ragnarok.

Com uma narrativa envolvente e com ação de tirar o fôlego, Corvos de Odin traz uma história envolvente, com muitos detalhes da mitologia nórdica, para agradar os leitores que gostam de trama de aventura com detalhes mitológicos.

O livro é voltado para o público jovem, mas como toda trama de aventura e de antigas lendas, o enredo agradará todas as idades. Os personagens são imperfeitos, imaturos, e muito tem a amadurecer para poderem dizer que são descendentes dos deuses nórdicos. A edição é repleta de desenhos, detalhando o momento da aventura dos protagonistas, trazendo um tom mais leve ao livro. Confesso que ficava na expectativa para acompanhar a trama e descobrir o que a imagem estava dizendo no momento, e fiquei a reparar em todos os detalhes.

A edição da Editora Rocco está perfeita, e não vejo a hora de poder ler a conclusão da história. Depois desse final, como não ficar ansiosa para ler o próximo livro?

Nota:



12 comentários:

  1. Oi Carla, concordo com você sobre a trama de aventuras agradar todas as idades de leitores, eu mesma, fico caçando coisas do gênero para ler. Amei a sua resenha e á quero ler o livro.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Oie! Tudo bem?

    Primeiramente que capa mais linda é esse? Meu Deus quero esse livro só por ela kkk Mas falando da trama sem ler já amei a história e tenha certeza que no momento que eu realizar a leitura irei realmente gostar da obra!

    BJss

    ResponderExcluir
  3. OOi
    Parece mesmo ser uma história envolvente, porém, não chamou muito minha atenção, acho que por conta da temática. haha Ainda assim, acho que daria uma chance por conta das lendas que citou que há. :)

    ResponderExcluir
  4. Oiii tudo bem??

    Não conhecia o livro e a capa me lembrou muito versões de Harry Potter e Percy Jackson. Bem legal, apesar de ja ter lido ambos, não sei se leria mais livros desse estilo. É mesmo pro publico Jovem.
    Adorei a Resenha.
    Bjus Rafa

    ResponderExcluir
  5. Olá,

    No momento, estou lendo Magnus Chase e a espada do verão, que tem uma premissa no mesmo universo desse livro. Não conhecia nada sobre a mitologia nórdica, porém estou gostando muito de conhecê-la melhor. Até já tinha ouvido falar no primeiro livro dessa série, mas é a primeira resenha que leio a respeito e me deixou muito curiosa. Espero poder fazer essa leitura também.

    ResponderExcluir
  6. A capa do livro é linda, já tinha dado uma olhada antes, pois adoro mitologia Nórdica e por mim leria tudo lançado com essa pegada, mas como sei que é um livro para jovens e que estou com certo ranço de livros voltados para eles - prefiro só imaginar como seria do que pegar para ler e só passar raiva. Imaturidade é normal em qlqr idade, o que estraga é o excesso que alguns autores pões no livro, ai cansa e pra mim, não dá.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  7. Olá, Carla.
    Logo pela capa dá para perceber a que público o livro se destina, mas você tem razão, livros com essa trama servem, de fato, para todas as idades.
    Espero que você possa fazer a leitura do próximo volume em breve.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem? Sou doida por livros de mitologia Nórdicas e estou tem tempos querendo ler ele, mas estou a espera do lançamento de todos os volumes. De fato fantasia ao meu ver não tem idade, nem barreiras e eu amo. Adorei e com certeza dica anotada <3
    Beijos,
    http://diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá Carla,
    Sempre que vejo um livro voltado para público jovem que acho que tem uma premissa bacana, mudo meu cérebro para "jovenzinha" e pego o livro para ler. Adoro mitologia e esse livro parece ter muita coisa legal que vai acrescentar para o leitor.
    Dica anotada, sem sombra de dúvidas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Que edição linda! É maravilhoso ler um livro tão bem feito. Adorei a proposta do livro e vou ler com certeza! Obrigada pela dica!
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Amei essa capa! Conforme fui lendo sua resenha, fiquei encantado em conhecer um pouco mais do livro. Ah! Legal também de ter essa pegada histórica da cultura Nórdica. Dica anotada!

    ResponderExcluir
  12. Que livro lindo? amei a capa! E adoro o estilo, mas eu não conhecia esse livro ainda, acredita? Adorei a dica, está anotadinha!!!

    ResponderExcluir

 
Google+