12

[Resenha] Ninguém Nasce Herói

em quinta-feira, 13 de julho de 2017
Ninguém Nasce Herói
Eric Novello
384 Páginas
Editora Seguinte

Ninguém Nasce Herói escrito por Eric Novello, traz uma trama que mescla realidade com ficção, onde é impossível não se lembrar do momento em que estamos vivendo no pais atualmente. Desde que fiquei sabendo sobre o livro no Encontro de Blogueiros na Bienal de SP, estava curiosa para conferir a história, e posso dizer que fui surpreendida.

Estamos em um futuro onde o Brasil é liderado por um fundamentalista religioso, o Escolhido, o simples ato de distribuir livros na rua é visto como rebeldia. Ser gay é um pecado, ser diferente não é permitido, e se opor ao Escolhido, ou discordar do que é religioso. Mais uma vez o Brasil vive em um momento de opressão, onde o que não se enquadra naquilo que o Escolhido propõem, é repreendido pela Guarda Branca.

O nosso protagonista, Chuvisco, descobriu uma maneira de se opor a esse regime ao distribuir livros tentando mudar a sua realidade um pouquinho que seja: ele e os amigos entregam exemplares proibidos pelo governo a quem passa pela praça Roosevelt, no centro de São Paulo, sempre atentos para o caso de algum policial aparecer. As milícias urbanas perseguem diversas minorias, algumas vezes espancando, outras matando.

E em dia, Chuvisco encontra esse grupo espancando um garoto nos arredores da rua Augusta, que obriga o jovem a agir como um verdadeiro super-herói. Claro que não sai como espera, e Chuvisco percebe que terá de fazer mais do que apenas distribuir livros se quiser mudar seu futuro e o do país.

O início da leitura foi um pouco mais complexo, pois ao mesmo tempo em que estamos nos situando a esse Brasil "futurista", o protagonista vive algumas fantasias que ele mesmo cria, onde demorei a me situar no que estava acontecendo. Essas geradas por Chuvisco se misturam diversas vezes com a realidade em que ele estava vivendo, onde algumas vezes, precisei voltar a leitura para me situar em tudo o que estava acontecendo.

Depois que o leitor conhece mais sobre a realidade em que o protagonista está vivendo, a leitura flui de forma onde não conseguimos mais parar, querendo saber mais de cada um dos personagens que começam a se arriscar mais na trama. E o grupo de amigos de Chuvisco é unido, e mesmo diante dos problemas e brigas que acontecem, eles procuram resolver tudo, expondo o que estão sentindo fortalecendo a amizade que existe entre eles.


E o autor traz um final para a história, sem se estender ou optar em escrever séries ou trilogias. Assim a história termina deixando uma semente no coração dos leitores, onde mesmo diante de tanto ódio, violência e opressão, podemos escolher resistir a essas ideias de hostilidade, lutando pelo que é certo.

Nota:



12 comentários:

  1. Oi, Carla!
    Eu amei a sua resenha e fiquei curiosa para ler o livro que você resenhou! Com certeza, vai ser uma leitura maravilhosa e de muita reflexão!
    Abraços,

    Drica.

    ResponderExcluir
  2. Carla que resenha linda!
    Apesar de não ser meu estilo de leitura, fiquei muito curiosa.
    Obrigada pela dica!
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  3. Achei mto atual a premissa do livro, parece ate a gente aqui no Brasil e a atual epoca politica que estamos vivendo.
    A capa ficou mto moderna e bonita, animei de ler logo que vi e depois de saber mais da historia aqui, ja vi que vou amar tb.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Achei incrível a premissa do livro Carla, confesso pra ti que realmente adoraria ter a oportunidade de realizar a leitura do mesmo, ao filme dá-se para fazer uma otima reflexão.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Carla
    Achei a ideia do livro interessante. Não só pelo momento que vivemos no Brasil, mas no mundo. Gostei da dica, só não sei se leria agora, quem sabe futuramente. Ótima resenha.

    Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  6. Oi, Carla! Nossa, parece ser um livro muito interessante, ainda mais por misturar realidade com ficção. Fiquei bastante curiosa para saber como será o desenrolar dessa história. Essa capa está simplesmente linda e sua resenha está ótima. Espero conferir essa história um dia, bjss!

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Nossa pela resenha parece o tipo de livro que irei chorar mt, afinal os doi sofreram grandes perdas. Também tenho o mesmo receio que você quando vejo dois autores, mas que bom que nesse não deu para sentir a diferença da forma de escrever!! Vou deixar a dica anotada!
    Bjs!
    Fadas Literárias

    ResponderExcluir
  8. Olá Carla! Só de imaginar uma situação assim, novamente, me causa arrepios. De para perceber que é uma história bem intensa, que deixa o leitor bem emocioando mesmo. Obrigada pela dica, beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Carla.
    Gosto do fato do livro misturar realidade e ficção. Infelizmente, dá para perceber que mesmo que o livro se passa no futuro, estamos vivendo muito dele atualmente.
    Acho que a ideia do Chuvisco distribuir livros é uma boa forma de conscientizar a população. A literatura nos torna mais críticos.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  10. Olá ♥
    Não conhecia o livro, mas a premissa é bem interessante. Creio que esse inicio me incomodaria, pois não gosto de não saber bem onde estou em um livro. A estória parece ser bem intensa e gosto bastante disso. Vou deixar a dica anotadinha, beijos!

    ResponderExcluir
  11. Que linda sua resenha;
    Já tinha visto a capa do livro rondando por aí, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha e fiquei encantada. Que premissa maraaaaa.
    Não consigo nem imaginar um Brasil futurista, acho que o livro vai ser interessante para mim só fiquei um pouquinho receosa sobre ser um pouco complexo. Mas dica anotada.

    ResponderExcluir
  12. Dependendo de como as coisas aconteçam no próximo ano, pode ser que o segundo paragrafo da sua resenha se torne realidade :/
    O livro parece ser bem interessante e provavelmente leve o leitor a refletir sobre o tema, mas é uma pena saber que o começo é um pouco confuso, felizmente esse sentimento passa e vc conseguiu superar isso.
    bjos

    ResponderExcluir

 
Google+